21 out 14
costura
Os problemas mais comuns na costura a máquina
por Andrea

IMG_8357_amarela

O post de hoje é dedicado a aqueles que estão dando os primeiros passos no mundo maravilhoso das costurices à máquina!

Imagine a cena. Você chega toda animada com os materiais para um novo projeto, senta na máquina e do nada…. ela se rebela. Não quer te obedecer de jeito nenhum. Trava, embola a linha, faz pontos horríveis. Bate a vontade de chorar, desligar a máquina e ir fazer outra coisa. Nãaaaaao faça isso. Te digo que a maioria dos problemas tem simples solução. Às vezes basta repassar a linha. Outras, respirar fundo e (re)ler o manual (eu sei é chato, eu detesto) para resolver o imbróglio costureiro.

Por isso criei uma lista dos cinco problemas mais comuns, para você conseguir resolver sem ter que abrir o manual. Lembre-se que tudo é uma questão de costume e experiência com a sua nova maquininha. Conforme vocês forem convivendo certeza que irão se tornar amigas. Daquelas íntimas, daquelas que só de ouvir um barulho estranhos outra já sabe na hora qual é o problema.

Mas enquanto esta intimidade não chega eu te dou alguma dicas para melhorar o relacionamento:
POnto_embolado_atras

1) Pontos irregulares e linha embolada no verso

Este problema é super comum!  E escreva o que estou dizendo: noventa por cento dos problemas das costureiras novatas são devido a linha mal passada na máquina ou na bobina. Eu mesma no início, sofri muito com a passagem e linha.

Quando o ponto fica embolado no verso do tecido, geralmente o problema está na passagem da linha na parte de cima da máquina.  Para resolver retire a linha e passe novamente desde o retrós, não esquecendo de nenhum ponto de passagem.

 

IMG_8401 copy

2) Pontos irregulares na frente

Quando os pontos ficam irregulares ou embolados na frente geralmente o problema está na passagem da linha ou encaixe da bobina (parte de baixo). Cheque se sua bobina está encaixada corretamente.

bobina

Na minha máquina (bobina com encaixe frontal) a bobina deverá sempre ser colocada na caixa com a linha se desenrolando no sentido horário. A linha fica firme, ao segurar a linha dentro da caixa de bobina ela deve sustentar e não desenrolar. Veja como é a colocação correta na sua máquina.

IMG_8394 copy

3) Pontos irregulares muito soltos ou muito apertados (mas não chegam a embolar)

Para resolver, isso ajuste a tensão do ponto.

IMG_8375

Toda máquina tem um regulador de tensão, na minha fica na parte superior esquerda e tem números de 0 a 9. O número 5 é a tensão padrão e serve para a maioria dos pontos. Mas dependendo do tipo de tecido que estiver costurando e o ponto você pode ter que ajustá-la. Caso queira diminuir a tensão abaixe de 4 a 0. Para aumentar aumente de 6 a 9.  Antes de começar a costurar a peça pra valer teste sempre os pontos e ajuste a tensão num retalhinho extra.

O ponto  com boa tensão é fluído e bem distribuído tanto na frente como atrás. Ele não enruga o tecido.

 

4) Máquina fazendo um barulho estranho ao costurar, falha o ponto e ou emperra

O barulho pode ser causado por vários motivos.

a) Verifique se a sua AGULHA

– Não está torta ou danificada

– Está colocada corretamente no prendedor de agulha

– É de numeração apropriada para o tecido que está costurando

b) Verifique se a sua MÁQUINA ESTÁ LIMPA E LUBRIFICADA

Para limpar e lubrificar a maquina siga os passos a seguir:

 

IMG_8380
IMG_8381_seta
IMG_8382
IMG_8383
IMG_8384_seta
IMG_8386-seta
IMG_8387_seta

– Antes de tudo desligue a máquina e levante a agulha.

– Deite a máquina na mesa e abra o compartimento da bobina. É bem mais fácil!

– Abra as duas travas que seguram a lançadeira

– Retire as duas peças que ficam aí, a lançadeira e sua cobertura

-Com uma escovinha, limpe a lançadeira retirando poeira e restos de linha

-Coloque tudo de volta alinhando com o pino da parte inferios.

-Pingue uma gota de óleo no pino central (use sempre óleo próprio para máquina de costura)

-Feche as duas travas laterais

Ta-dá!

 

IMG_8399

5) Agulha quebrando ou furando demais o tecido

O problema pode ser a própria agulha. Se a agulha está furando demais ou de menos cheque se está usando a agulha certa para o tipo de tecido que está costurando. Recomenda-se trocar de agulha a cada 12 horas de costura ou 6 horas quiltando, para garantir que a ponta esteja afiada. Cheque também se a agulha está devidamente encaixada e presa firmemente no suporte de agulha. Lembre-se que ela deve sempre ficar com a parte chata da haste virada para trás.

 

Espero que estas cinco dicas tenham ajudado as costureiras de primeira viagem. Conforme você for ganhando prática e se acostumando com a máquina vai ficando cada vez mais fácil solucionar probleminha técnicos que venham a acontecer no seu dia a dia costureiro.

Tem mais alguma dica? Conte-me nos comentários, vou adorar saber :).

18 out 14
inspiração
Referência: etiquetas de roupa na Anthropologie
por Claudia

Etiquetas favoritas

A Anthropologie é uma loja feminina de roupas e também de coisas para casa que tem nos EUA, Inglaterra e também na internet.

Não vou mentir pra vocês, é uma loja cara! Mas se tiver uma por perto, vale a pena entrar para conhecer e ver o que eles têm por lá. Sempre muito inspirador. Como diz um amigo, é um lugar para fazer “window shopping”, olhar e não necessariamente comprar.

Para entender melhor o espírito da loja, vale clicar nos dois posts que já escrevemos sobre o assunto em 2009 e 2011.

“Mas vale um terceiro post?”, vocês podem estar se perguntando. Digo que sim! Porque desta vez estive na loja de San Francisco com a missão específica de fotografar as etiquetas das roupas. Sendo uma loja multimarcas, achei muita coisa legal e diferente.

Detalhes tão legais a ponto de dar vontade de comprar a roupa só por causa da etiqueta – esta do envelope de carta me pegou em cheio!

Etiquetas favoritas

Vocês vão reparar que muitas das roupas são feitas na China, claro. O país é o primeiro no mundo em manufatura têxtil, seguido pela Índia. Acho difícil mudar isso. E não conheço a loja para julgar como contratam fornecedores e etc. Mas acho que usar etiquetas diferenciadas e muito bem trabalhadas ajuda a tirar um pouco o foco deste assunto.

Tags 2
Etiquetas favoritas

Etiquetas são itens promocionais e ajudam no marketing e comunicação do produto. Muitos dos exemplos aqui tem apliques de pespontos, costuras à màquina em pontos diferentes e coloridos, fontes de máquina de escrever, ilustrações fofas – quase beirando uma produção mais artesanal. Vê-se que investiram em design, está tudo muito bem pensado.

Etiquetas favoritas

Os materiais usados na confecção de etiquetas (base, tecido, impressão, aplique) eram diferenciados, alguns nunca vi no Brasil. De novo, parece ser uma área que está em constante desenvolvimento e em busca de novidades para chamar a atenção na loja e diferenciar as marcas. Gostei de muita coisa, principalmente 1) quando a etiqueta é costurada em uma base estampada que combina com o tecido 2) quando são costuradas com linha colorida e 3) quando tem um pingentinho de metal :) Ou seja, detalhezinhos que fazem diferença!

Etiquetas favoritas

A loja segue este estilo de “os detalhes fazem a diferença”. Tirei mais algumas fotos que não são de etiquetas, mas revelam mais um pouco desta mentalidade.

1. tag em papel com foto antiguinha para pendurar brincos e colares
2. colar de penas “manchado” com tinta dourada
3. bolso interno de calça jeans com tecido fofo
4. tag em papel para botão adicional
5. cinto de couro com poás (adorei e dá para copiar, vou fazer em casa!)
6. fita listrada nas costuras internas da jaqueta jeans
7. botão diferentão na calça estampada
8. costura zigzag com linha pink na camisa fina (e botão costurado com cor diferente)
9. echarpe de bolinhas irregulares, feitas com tinta prateada

Etiquetas favoritas

Último detalhe, o “organizador de fila” que estava perto do caixa era feito com tranças de tecidos variados. Pirei! Quero fazer algo parecido para minha casa. Não para organizar filas, haha, mas com alguma outra finalidade. Ficou muito bonito.

Etiquetas favoritas

 

Fico feliz que tenha conseguido tirar todas essas fotos sem nenhum problema, aproveitem as ideias e inspirações!

16 out 14
outras técnicasoutros bla bla blas
Aula de tear e bonecas de pano
por Andrea

IMG_8666 copy

Você reparou que quem gosta de craft sempre está atrás de uma nova técnica para aumentar o repertório? Comigo é assim, sou curiosa e sempre acho um  novo conhecimento que complementa o outro.  Nossas amigas do Ateliê Rainhas da Costura, que apesar do nome, não por sinal não é só de costura, estão com uma agenda vários cursos craft em técnicas variadas. Vale a pena conhecer a agenda do mês e ver se tem alguma nova técnica que faz seu coração bater mais forte, além do super conhecido curso de costura básica. Hoje vou mostrar dois cursos bacanas, o de bonecas de pano clássicas e de tear. Vem ver!

IMG_8667

No curso de bonecas você vai aprender diferentes tipos de boneca em tecido com a professora Ana Paula de Morais.

A popularidade das bonecas de pano vem crescendo muito nos últimos anos, né? Até eu tive minha fase ‘bonequeira’, anos trás cheguei a fazer algumas dolls a partir de moldes de revistas japonesas traduzidas ( ufa, dava um trabalho) já que na época não havia nenhum curso por aqui que ensinasse a técnica. Hoje aprender a ‘bonecas’  está bem mais fácil e acessível, com aulas e uma professora experiente ao seu lado. Bonecas artesanais são projetos super legais para quem gosta de presentear, para quem quer vender e também como decoração de quartos infantis e festas.

IMG_8660

Quando visitei as alunas estavam aprendendo a costuras os braços. Ao contrário da costura ‘normal’, você sabia que para fazer  os membros das bonecas bonecas tudo é riscado em um tecido cru, costurado e só depois a margem de costura é recortada?

IMG_8668

O make da doll tem técnicas a parte. Nas aulas você aprende a usar vários apetrechos como canetas e tintas especiais para pintar o rosto. E a partir do modelo básico de boneca é possível para colocar o seu estilo próprio diferenciando o make, o cabelo, roupinhas, etc e até transformá-las em bichinhos.

IMG_8662

IMG_8659

São muitos os modelos de bonecas possíveis de serem criados a partir de simples retalhos de tecido, desde as estilo Tilda até as mais estilizadas. Aaprender as técnicas dos modelos clássicos possibilita ir além e começar a criar suas próprias dolos, com suas características e assinatura.

IMG_7479

Uma outra aula bem legal que está rolando todo sábado é o de tear manual com o professor/ artista têxtil João Villares. A arte do tear voltou com tudo, tenho visto bastante este resgate em muitos blogs gringos e por aqui também. Pegando o embalo até ensinamos a fazer um tear de papelão aqui no blog, para quem quer começar a tecer em casa mesmo, do jeito autodidata.

professor e alunas
No curso do João Villares as alunas aprendem a tecer usando o famoso tear de pente liço. Sim, aquele tear clássico, grandão e de madeira, lindo! Ao longo das aulas além de ir se familiarizando com as técnicas também poderão tecer suas próprias peças utilitárias como cachecóis e golas.

IMG_7481

E olha só que delícia, as aulas de tear podem rolar ao ar livre, no quintal do ateliê, se São Pedro ajudar com um tempo bom :D. As aulas têm acompanhamento individual pois assim cada aluno pode aprender no seu tempo.

IMG_7471

As aulas de tear e bonecas rolam durante a semana e aos sábados (cursos livres que podem ser iniciados a qualquer momento) lá no Ateliê Rainhas da Costura.  Para saber mais detalhes sobre a aula de bonecas clique aqui, para a aula de tear aqui. Ou mande um email para contato@rainhasdacostura.com ou ligue para  11 3063-5956.

O Ateliê Rainhas da Costura fica na R. Cardeal Arcoverde, 1668 – Pinheiros – São Paulo-SP

16 out 14
outros bla bla blas
Convite: Dia 18 tem Oficina Estamparia DIY
por Andrea

convite_oficina_estamparia_2

Oba! Lembra da nossa oficina de estamparia em tecidos?  Pois ela terá uma segunda edição neste mês de Outubro! Olha só a chance de passar uma tarde super bacana estampando tecidos manualmente.

Para esta oficina vamos reunir um pequeno grupo para colocar a mão na massa e explorar as possibilidades da estamparia DIY. Nossa estamparia terá tem como base carimbos handamade que faremos com materiais simples e acessíveis a todos, com resultados surpreendentes!

Ao final, cada um levará para casa um ecobag com a própria estampa, criada durante a oficina :D.

Quando: 18/10 (sábado) das 14h00 as 18h00

Onde: Ateliers – R.Humberto I – 298 C salão – V.Mariana – Próximo ao metrô Ana Rosa

Inscrições  e informações: mande um email para super_ziper@yahoo.com.br

Aguardamos você!

Página 1 de 27212345...Última