30 set 08
craft tourtricô e crochê
Tem gente fazendo tricô tamanho MXG
por Claudia

Tricô gigante

Esta semana não conseguimos parar de falar sobre tricô. Espia só os objetos que estão na mesa da foto acima. São agulhas de tricô tamanho mega-extra-grande. Vi pela primeira vez durante o festival Wool ‘n’ Dance, aquele que as pessoas dançam em cima da lã, lembram ?

Bom assim que cheguei no evento, de longe já se via o estande com as agulhas MXG, chamando atenção da multidão. Registei para mostrar aqui para vocês. As agulhas são feitas artesanalmente em madeira, por uma pequena loja aqui em Londres mesmo, chamada Fabrications. O modelo que se vê na foto tem 1 m de comprimento com ponta de 20 cm e 3cm de diâmetro – imagine a largura do ponto. Custa 25 libras (aproximadamenteR$ 75) o par, com frete à parte.

Para tricotar, você precisa ficar em pé ou sentada e apoiá-las no chão. Se quiser arriscar tricotar à maneira tradicional, vai fazer levantamento de peso. Quem disse que tricô é um hobby sedentário ? Não necessariamente .
Se tudo isso ainda soa surreal, eles fizeram uma opção mais ‘compacta’: 65 centímetros (R$ 68, com frete não incluso).

puff

Eu que faço tricô com agulhas de tamanho ‘ normal’ fico me perguntando que tipo de projeto exigiria agulhas de tamanho MXG além de pullover do Godzilla  e meias para o King Kong. Piadas à parte imagino que sirvam para fazer peças grandes e objetos de decoração como tapetes, redes, mantas e pufes. Vejam uma moça em ação montando pontos nas agulhas gigantes para fazer pufes de tricô. Mais fotos aqui e aqui.

As maiores agulhas de tricô que eu já tinha visto até então foram no livro Craftivity. Ele ensina, entre outras coisas, a tricotar uma rede usando cabo de vassoura e corda.

 

29 set 08
ateliê craftcosturaoutros bla bla blas
Crafiteiras ♥ latinhas
por Andrea

Há tempos atrás li este post da Solange no querido blog Mon Tricot que mostrava o uso de latinhas para guardar apetrechos miúdos de tricô como marcadores, protetores de ponta de agulha e outros . De cara me indentifiquei porque também sou fanzoca de latinhas para armazenar meus badulaques, não só de tricô como de costura em geral. Uma marca de balas que vêm por tradição em latinhas bacanas é a britânica Altoids. Sempre que vejo alguém oferecendo balas da marca já vou logo perguntando “Se você não quiser a latinha , posso ficar com ela ?“. Foi assim ganhei a primeira, há anos atrás da minha atual chefe, que na época não era chefe. Desde então os Altoids viraram para mim sinônimo de bala azeda/forte que vem numa latinha incrível. Hoje sempre que passo pelo duty freenão resisto e acabo comprando alguns Altoids só para guardar latinhas :).
Aqui vai a foto das minhas latinhas, abertas e fechadas:
kansashi 005
kansashi 006

Quatro delas são de Altoids – reparem na variedade de formatos, acho o máximo. A exceção é a azulzinha, no canto inferior à esquerda, que é a mais antiga e, diga-se de passagem, a favorita. Ela veio como brinde há mais de dez anos atrás num pacote daquele chazinho americano Celestial Seasonings. Alguém mais chegou a colecionar estas latinhas na época ? Lembro que havia modelos diferentes, seria legal ver os outros.
Juro que não arrumei o conteúdo das latas para tirar as fotos. Cliquei do jeito que estava, no estilo a vida craft nua e crua. Ainda bem que as latinhas me ajudam a ser organizada.
Então se você também usa latinhas para guardar apetrechos de tricô e costura (ou qualquer outra coisa interessante) já sabe : mostra ! mostra !
((((Ficou encafifada com algum apetrecho que está dentro das latinhas ? Clica nas fotos para ver a descrição do conteúdo :) )))))
***********************************
PS: O tecido de poá vintage ( ou será vintade de poá) veio de Minas Gerais, presentinho especialíssimo da Maria Carolina. Adorei Carola ! Vai virar roupa de boneca logo logo. Muah !

28 set 08
outros bla bla blas
Preview: acessórios outono 2008
por Claudia

Accessorize - outono'08 (1)

Achei que vocês iam gostar de como as vitrines da rede Accessorize estão decoradas para este outono de 2008 – cheias de botões tamanho família, fitas, pedras e enfeites de metal. Cores predominantes: dourado velho, vermelho queimado, azul, turquesa. Estava tudo tão convidativo para uma foto, que mesmo não tendo muito texto, coloquei aqui. Acho que para um fim de domingo, friozinho chegando, está bom demais! Espero que achem legal.

Accessorize - outono'08 (2) Accessorize - outono'08 (3)

* * * * * * * * * *
Também no Superziper: Uma meia-calça inusitada pode fazer toda a diferença no seu look. Leia o que escrevemos sobre este acessório aqui.

26 set 08
blogueira convidadafashion
Sartoriando ou buscando a moda pra valer
por Andrea

sartorialist

Por Emy Kuramoto, blogueira convidada do Mês.
Todas as fotos do blog The Sartorialist

Estilo é uma daquelas coisas que não dá para comprar, não dá para encomendar ali na esquina e nem pegar emprestado da amiga. Ponto. Mas olha, dá para se inspirar e se deliciar em muitos lugares: revistas, sites, blogs e mesmo nas ruas e isso é um dos aspectos mais legais da moda, ainda mais em tempos de internet. É lógico que bom senso nessa hora é essencial. Creio fortemente que conhecer e aceitar nosso corpo, nossa rotina, personalidade e estilo de vida já é um atalho e tanto, que nos faz avançar várias casas na direção do tão desejado e aclamado bom gosto. E sim, o danado do bom gosto é relativo, controverso, tem várias caras, feições e é muito discutível.

E já que estou falando de moda, internet e de quão múltiplo e multifacetado os guarda-roupas podem ser, uma dica bacana e amiga é passear pelo blog The Sartorialist, tocado – com muito sucesso, diga-se de passagem, pelo publicitário norte-americano Scott Schuman.

Como a maioria das grandes idéias, a coisa é simples, lindamente minimalista e funciona assim: Scott sai às ruas com uma máquina fotográfica e clica pessoas comuns com looks interessantes. Ok, são interessantes para ele, mas o rapaz tem olhinhos muito bem treinados. Ele é formado em marketing de moda e trabalhou 15 anos com grifes de calibre, entre eles Valentino e Jean-Paul Gaultier. Desde 2005, quando lançou o blog, Scott protagoniza uma daquelas histórias inspiradoras e fulminantes de pessoas que “fazem” seus próprios empregos. Foi a partir do blog e de todo o bafafá em cima dele, que Scott hoje colabora para a revista GQ e para o site Style.com e, vez ou outra, expõe suas fotos em galerias de arte e clica editoriais de moda para algumas grifes. Nada mau para quem começou um blog sem muitas ambições.

Todo esse interesse se explica em números: são mais de um milhão de visitantes por mês e em março deste ano, o Sartorialist figurou numa lista dos 50 blogs mais poderosos do mundo. Os fatos e números que o cercam são tão democráticos como meteóricos, afinal, em que outra época uma idéia tão simples e blasé, de baixíssimo custo, veiculada numa mídia tão barata como um blog ganharia tanto espaço tão rápido na grande imprensa? Pois é, são os tempos modernos…

E ó vou dizer: só as fotos do The Sartorialist em si já valem o click, pois são esplêndidas e têm aquele climão próprio. São retratos muito bem compostos, na maioria das vezes em tomada frontal, tudo muito franco, limpo, às vezes até etéreo e despretensioso, uma herança muito bonita de grandes fotógrafos de rua e retratistas americanos do passado.

Bem, mas o mais bacana do blog é acompanhar um desfile diário de pessoas de verdade (não necessariamente celebridades e/ou modelos). Dândis, nerds, peruas e moderninhas se revezam com muito charme, gente com terninhos muito bem cortados,paletós displicentemente amassadinhos ou com um look bem 80’s, beirando o cafona, de spencer, calça pregueada e cinto dourado. É uma delícia ver o que cada pessoa escolhe usar e como elas se mostram seguras e confiantes com as roupas que elegeram!

Ao fazer uma pesquisinha básica para redigir este post, descobri que o Scott Schuman começou o Sartorialist por observar que o que a indústria da moda oferta não tem nada a ver com o que as pessoas usam nas ruas e eu achei o máximo (é nessa hora que eu necessito levantar a mão e declarar que eu também tenho meus dias de angústia, em que me sinto incompreendida, excluída e abandonada pela indústria da moda!). O blog acabou se tornando referência para muitos estilistas que, segundo o Scott, sentiam muita falta de um canal que os aproximassem da moda real, pra valer, que se usa no dia-a-dia. Daí a gente começa a entender por que o blog deu tão certo e se tornou uma fonte democrática de inspiração para tantas pessoas, dentro e fora do mundinho da moda.

Vou terminar elegendo meus looks favoritos! Na verdade, fiz um apanhado de uma pequena tendência recorrente no blog e que eu adoro: pessoas com um quê nerd e quadradinho, visual esse que já apareceu em várias passarelas ultimamente e, quem diria, tem se tornado cool e hype! Anyway, acho tão cuti-cuti que separei alguns modelitos:

Sartorialist1

 

sartorialist2

Daí que todo esse papo sobre internet, blogs e moda me fez pensar naquele filme os A vingança dos nerds, da época em que os CDFs, incluindo esta que vos fala, eram criaturas tacanhas e difamadas. Hoje é legal ser nerd! O filme não poderia ser mais premonitório, né não!?

 

Em tempo: “Sartorialist” vem de sartorial, que remete tanto a um músculo que temos na coxa, chamado de “sartório” ou “alfaiate”, como a um objeto feito com muito esmero, de ótimo acabamento.

***************************

Pitaco da Andrea: Foi graças a Emy virei fã do The Sartorialist pois foi ela quem me abriu os olhos para este blog, num post que escrveu no blog do Tofu, há alguns meses atrás. Segundo ela a dica era manjada, mas pra mim era nova. Fui checar e pirei no blog, na beleza e simplicidade da proposta. Eu fiquei tão groupie que até bookmarquei o site no meu celular e vou lá conferir as fotos obsessivamente, toda manhã. Brinco de eleger o meu look favorito, aquele que eu quero tentar imitar. O escolhido desta semana é este :) !

***************************

UPDATE !: Já que o assunto é ” como você se veste” não deixem de conferir o blog brasileiro Hoje vou assim . É lá a Cris registra, há mais de um ano, os seus looks diários. Especialmente indicado para as de figurino mignon ! Obrigada [dea] por nos lembrar deste blog bacanérrimo :)

Página 1 de 512345