04 nov 08
craft touroutros bla bla blas
Tem homem bordando no pedaço
por Claudia

Homens também fazem ponto-cruz

Se fazer crafts aqui na Inglaterra já há muito tempo deixou de ser coisa de senhorinha também está pouco a pouco deixando de ser coisa só de mulherzinha. Ler sobre homens que fazem crafts de peito aberto com orgulho o não é mais novidade por estas bandas. Mesmo assim, Programas de TV, blogs e jornais ainda dão o maior destaque  quando aparecem moços prendados se aventurando em técnicas manuais.
Mês passado, em um dos meus passeios por East London encontrei em uma feira os moçoilos da foto acima, no estande da Random Monkey Design. Eles começaram a fazer ponto-cruz há quatro meses e gostaram tanto que não pensam em parar. Mas que nada de bordar ursinhos queridos e florzinhas mimosas – os motivos que eles escolheram são urbanos e de street art.

Cross stitch - Banksy Cross stitch - Banksy

O Ramdom Monkey Designs comercializa os bordados prontos e enquadrados ou kits DIY para homens. Os kits vêm completos com tela, bastidor, agulha e linhas para bordar imagens como as duas aí de cima. Segundo eles, os desenhos mais populares da coleção são os que reproduzem graffitis do Banksy. Para quem não conhece, Banksy é o pseudônimo de um “artista de rua” da Inglaterra. Ele se mantêm anônimo, mas fez sua fama grafitando imagens bem humoradas que satirizam temas da política, a cultura e sociedade – uma das mais famosas sao dois guardas se beijando.

Imagina se esta moda pega aqui no Brasil ? Seria legal ver os moços engravatados da Paulista sentarem numa mesa de happy hour,  tirarem o bastidor e a linha da bolsa e tic tic tic…. Bordar pode ser uma solução para o stress de um dia duro de trabalho e chefe chato, já pensaram nisso ?

Vou terminar com um pedido: meninos-leitores do Superziper, deixem um sinal de vida. Estamos curiosas para saber se vocês existem e quantos são !  Faso, já contamos você, tá ?  :P

Para saber mais:
. Urban Cross Stitch, by Random Monkey Design
. Wikipedia para ler mais sobre Banksy, seus graffitis e interferências urbanas, como a cabine telefônica sangrando.

* * * * * * * * * *
Também no Superziper: Eu e a Andrea registramos a nossa visita a exposição de recife de corais hiperbólicos de crochê, que aconteceu em junho deste ano em Londres. Vale a pena conferir aqui.

42 ZigZags
  1. Anonymous disse:
    04 de novembro de 2008 às 15:48

    Respondendo ao apelo, directamente de Lisboa, Ana Maria. Curiosa destas artes de crafts e com imensa vontade de experimentar. Ah, e adoro ponto cruz e todos os pontos de bordar (não sei como se chamam). E aprendi sozinha :o)

    Responder
  2. Anonymous disse:
    04 de novembro de 2008 às 15:48

    Respondendo ao apelo, directamente de Lisboa, Ana Maria. Curiosa destas artes de crafts e com imensa vontade de experimentar. Ah, e adoro ponto cruz e todos os pontos de bordar (não sei como se chamam). E aprendi sozinha :o)

    Responder
  3. Anonymous disse:
    04 de novembro de 2008 às 15:50

    ooops, enganei-me. Li à pressa… O apelo era para meninos e eu respondi. Mas pronto, assim ficaram a saber que têm uma leitora no outro lado do oceano, heeh
    beijinho e continuação do excelente trabalho

    Responder
  4. Anonymous disse:
    04 de novembro de 2008 às 15:50

    ooops, enganei-me. Li à pressa… O apelo era para meninos e eu respondi. Mas pronto, assim ficaram a saber que têm uma leitora no outro lado do oceano, heeh
    beijinho e continuação do excelente trabalho

    Responder
  5. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:08

    Ana Maria, hehehe o comentário está aberto para meninos e meninas. legal sabermos que temos leitoras de Lisboa :D ! beijos

    Responder
  6. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:08

    Ana Maria, hehehe o comentário está aberto para meninos e meninas. legal sabermos que temos leitoras de Lisboa :D ! beijos

    Responder
  7. emy disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:23

    oh, claudia, que fofurinhas esses gajos! meu marido tb costura que é uma beleza e ainda faz a manutenção das minhas máquinas! E digo uma coisa: homem q faz trabalhos manuais é um partidaço! besitos

    Responder
  8. emy disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:23

    oh, claudia, que fofurinhas esses gajos! meu marido tb costura que é uma beleza e ainda faz a manutenção das minhas máquinas! E digo uma coisa: homem q faz trabalhos manuais é um partidaço! besitos

    Responder
  9. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:39

    emy!! uau, o senhor tofu studio costura ??? queremos entrevistá-lo por favor :D !!!

    beijos

    Responder
  10. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 16:39

    emy!! uau, o senhor tofu studio costura ??? queremos entrevistá-lo por favor :D !!!

    beijos

    Responder
  11. 04 de novembro de 2008 às 17:09

    Gente, coitado do faso, virou figurinha repetida! hahahaha
    (mals, .faso!)

    Pô, muito legal isso! (na idéia) Lembra o Sublime Stitching, que foge dos bordados convencionais e brinca com as modernices.

    Mas, ó, du vi de o dó dos engravatados da paulista arregaçando as mangas para uns pontinhos no bastidor!!! :)

    Responder
  12. 04 de novembro de 2008 às 17:09

    Gente, coitado do faso, virou figurinha repetida! hahahaha
    (mals, .faso!)

    Pô, muito legal isso! (na idéia) Lembra o Sublime Stitching, que foge dos bordados convencionais e brinca com as modernices.

    Mas, ó, du vi de o dó dos engravatados da paulista arregaçando as mangas para uns pontinhos no bastidor!!! :)

    Responder
  13. 04 de novembro de 2008 às 17:54

    opa. Leitor do Superziper, presente! ;)

    Responder
  14. 04 de novembro de 2008 às 17:54

    opa. Leitor do Superziper, presente! ;)

    Responder
  15. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 18:27

    YAY! Mateus, prazer em conhecê-lo ! Só um post como este para animar a ala masculina :)

    Responder
  16. andrea disse:
    04 de novembro de 2008 às 18:27

    YAY! Mateus, prazer em conhecê-lo ! Só um post como este para animar a ala masculina :)

    Responder
  17. 04 de novembro de 2008 às 22:40

    obrigado, andrea. o prazer é meu. :)

    Responder
  18. 04 de novembro de 2008 às 22:40

    obrigado, andrea. o prazer é meu. :)

    Responder
  19. andrea mello disse:
    04 de novembro de 2008 às 23:50

    olá meninas do superzíper,
    vou viajar para os states agora em novembro e gostaria de saber se vocês podem me dar dicas de lugares legais para comprar material e livros craft.

    eu desenvolvo acessórios para cabelo em feltro e tecido mas pretendo me iniciar no mundo das bolsas no próximo ano =]

    meu e-mail é deaflor@uol.com.br
    e vou passar pelas cidades de nova york e miami.

    muito obrigada =]

    bjoca,
    dea

    Responder
  20. andrea mello disse:
    04 de novembro de 2008 às 23:50

    olá meninas do superzíper,
    vou viajar para os states agora em novembro e gostaria de saber se vocês podem me dar dicas de lugares legais para comprar material e livros craft.

    eu desenvolvo acessórios para cabelo em feltro e tecido mas pretendo me iniciar no mundo das bolsas no próximo ano =]

    meu e-mail é deaflor@uol.com.br
    e vou passar pelas cidades de nova york e miami.

    muito obrigada =]

    bjoca,
    dea

    Responder
  21. Psonha disse:
    05 de novembro de 2008 às 11:50

    Estou APAIXONADA pelo SuperZiper!

    Grande iniciativa e a única coisa que me entristece é não ter achado esse blog antes! Vou voltar sempre, toda hora a todo momento! Seguir alguns tutoriais e me divertir!

    Parabéns mesmo! Todos os posts são incríveis e uma fonte de inspiração para quem ama trabalhos manuais! Deu até vontade de voltar a fazer minhas bugigangas, coisa que infelizmente tive que largar devido a falta de tempo!

    Realmente vcs me fizeram repensar as minha prioridades!

    Foi paixão a primeira vista! hahaa

    Responder
  22. Psonha disse:
    05 de novembro de 2008 às 11:50

    Estou APAIXONADA pelo SuperZiper!

    Grande iniciativa e a única coisa que me entristece é não ter achado esse blog antes! Vou voltar sempre, toda hora a todo momento! Seguir alguns tutoriais e me divertir!

    Parabéns mesmo! Todos os posts são incríveis e uma fonte de inspiração para quem ama trabalhos manuais! Deu até vontade de voltar a fazer minhas bugigangas, coisa que infelizmente tive que largar devido a falta de tempo!

    Realmente vcs me fizeram repensar as minha prioridades!

    Foi paixão a primeira vista! hahaa

    Responder
  23. .faso disse:
    05 de novembro de 2008 às 23:04

    Ok! Ok! A população masculina de crafts está aumentando (3 indivíduos) e eu não estou gostando de perder a exclusividade (risos).

    Homens! Não tenham medo de falar! Fazer craft não é coisa de menininha!!! O mais legal de tudo é você dar um presentinho para a sua namorada e ela falar para as amigas: “foi o meu amor que fez!!!” – certamente você passará a ser visto como um homem maravilhoso, prendado e que prefere tricotar ao lado da amada que ir jogar uma pelada com aquele bando de homens suados! XD

    E viva ao male craft!!! \o/

    Abraços,

    tio .faso

    Responder
  24. .faso disse:
    05 de novembro de 2008 às 23:04

    Ok! Ok! A população masculina de crafts está aumentando (3 indivíduos) e eu não estou gostando de perder a exclusividade (risos).

    Homens! Não tenham medo de falar! Fazer craft não é coisa de menininha!!! O mais legal de tudo é você dar um presentinho para a sua namorada e ela falar para as amigas: “foi o meu amor que fez!!!” – certamente você passará a ser visto como um homem maravilhoso, prendado e que prefere tricotar ao lado da amada que ir jogar uma pelada com aquele bando de homens suados! XD

    E viva ao male craft!!! \o/

    Abraços,

    tio .faso

    Responder
  25. Tatiana disse:
    06 de novembro de 2008 às 06:17

    Ola pessoal!
    Meu trabalho manual preferido e o ponto cruz, aprendi na minha adolescencia.
    Na epoca eu ensinei para algumas amigas e tambem para um amigo e um primo. Trocavamos graficos e bordavamos juntos, era muito legal.
    Se passaram mais ou menos 12 anos e alguns deles que matenho contato ate hoje ainda bordam. O meu amigo ja bordou pra sua esposa quando namoravam, depois de casado e pro filho que eles tiveram.
    Acho que muitos homens tem talento e gosto para o artesanato, mas o preconceito e a falta de meios para se aprender nao deixam eles se descobrirem.
    Vamos promover a inclusao masculina no mundo craft!!!
    Abracos!

    Responder
  26. Tatiana disse:
    06 de novembro de 2008 às 06:17

    Ola pessoal!
    Meu trabalho manual preferido e o ponto cruz, aprendi na minha adolescencia.
    Na epoca eu ensinei para algumas amigas e tambem para um amigo e um primo. Trocavamos graficos e bordavamos juntos, era muito legal.
    Se passaram mais ou menos 12 anos e alguns deles que matenho contato ate hoje ainda bordam. O meu amigo ja bordou pra sua esposa quando namoravam, depois de casado e pro filho que eles tiveram.
    Acho que muitos homens tem talento e gosto para o artesanato, mas o preconceito e a falta de meios para se aprender nao deixam eles se descobrirem.
    Vamos promover a inclusao masculina no mundo craft!!!
    Abracos!

    Responder
  27. 06 de novembro de 2008 às 10:03

    Maravilha! Bom não consigo imaginar meu marido craftando… Adoraria que ele se “engajasse”, pois passaríamos mais tempo juntos. Será que também não temos um certo preconceito em achar que eles são meio desajeitados pra esse trabalhos delicados?

    Responder
  28. 06 de novembro de 2008 às 10:03

    Maravilha! Bom não consigo imaginar meu marido craftando… Adoraria que ele se “engajasse”, pois passaríamos mais tempo juntos. Será que também não temos um certo preconceito em achar que eles são meio desajeitados pra esse trabalhos delicados?

    Responder
  29. 06 de novembro de 2008 às 15:00

    Ola Claudia!
    Adoro seu blog, sempre posts super interessantes e tutoriais que nos desperta vontade instantânea em correr para a máquina e costurar…
    Adorei o tema desse post e fico feliz em saber que homens tem quebrado o tabu de que crafts são coisas de mulherzinha…
    Meu maridon me ajuda sempre que pode nas minhas costuras e adora!
    A avó dele fazia tricot e crochet e ele sempre a ajudava também.
    Um viva a todos os crafters homens!! (e a nós mulheres tb!)

    beijos, PAXandLOVE

    Desirée

    Responder
  30. 06 de novembro de 2008 às 15:00

    Ola Claudia!
    Adoro seu blog, sempre posts super interessantes e tutoriais que nos desperta vontade instantânea em correr para a máquina e costurar…
    Adorei o tema desse post e fico feliz em saber que homens tem quebrado o tabu de que crafts são coisas de mulherzinha…
    Meu maridon me ajuda sempre que pode nas minhas costuras e adora!
    A avó dele fazia tricot e crochet e ele sempre a ajudava também.
    Um viva a todos os crafters homens!! (e a nós mulheres tb!)

    beijos, PAXandLOVE

    Desirée

    Responder
  31. emy disse:
    06 de novembro de 2008 às 15:33

    Andrea, ele topa a entrevista sim. Olha, seria muito bacana um post sobre homens crafters… o difícil é encontrá-los, pois acho q há muitos leitores do SZ que não se manifestam mas acompanham tudo que acontece aqui! besitos!

    Responder
  32. emy disse:
    06 de novembro de 2008 às 15:33

    Andrea, ele topa a entrevista sim. Olha, seria muito bacana um post sobre homens crafters… o difícil é encontrá-los, pois acho q há muitos leitores do SZ que não se manifestam mas acompanham tudo que acontece aqui! besitos!

    Responder
  33. Anonymous disse:
    07 de novembro de 2008 às 01:53

    Olá Superziper.

    Olha só: meu marido não é do tipo engravatado, mas é o único que saber costurar aki em casa, e as vezes ainda faz uns bordados. Geralmente na tentativa de me ensinar, mas no final nunca consigo dominar estes trabalhos manuais; mas adoro e acabo recorrendo mesmo a uma santa costureira/bordadeira e super amiga.
    Mas continuo insistindo no processo da aprendizagem, quem sabe um dia milagres aconteçam!!!

    Tita.

    Responder
  34. Anonymous disse:
    07 de novembro de 2008 às 01:53

    Olá Superziper.

    Olha só: meu marido não é do tipo engravatado, mas é o único que saber costurar aki em casa, e as vezes ainda faz uns bordados. Geralmente na tentativa de me ensinar, mas no final nunca consigo dominar estes trabalhos manuais; mas adoro e acabo recorrendo mesmo a uma santa costureira/bordadeira e super amiga.
    Mas continuo insistindo no processo da aprendizagem, quem sabe um dia milagres aconteçam!!!

    Tita.

    Responder
  35. Tati disse:
    11 de novembro de 2008 às 12:41

    Vixi!
    Eu fiz exatamente o mesmo que a xará, aí falou… Ensinei o ponto cruz para o namorado! Apesar de não ser engravatado(ufa!),mas trabalhar e fazer faculdade, ele reclama da falta de tempo para bordar, rsrs…
    Mas meu crafteiro caprichoso e organizado é quem arruma minhas linhas em plaqutinhas! Também encapa botão, corta fuxicos, risca moldes, rsrsrs…
    Bjs

    Responder
  36. Tati disse:
    11 de novembro de 2008 às 12:41

    Vixi!
    Eu fiz exatamente o mesmo que a xará, aí falou… Ensinei o ponto cruz para o namorado! Apesar de não ser engravatado(ufa!),mas trabalhar e fazer faculdade, ele reclama da falta de tempo para bordar, rsrs…
    Mas meu crafteiro caprichoso e organizado é quem arruma minhas linhas em plaqutinhas! Também encapa botão, corta fuxicos, risca moldes, rsrsrs…
    Bjs

    Responder
  37. Anonymous disse:
    08 de maio de 2009 às 00:08

    cara lindo isso. essa atitude gera um sociedade melhor sem preconceito, pois não é uma agulha que tira a masculinidade de um homem. Eu enquanto estava fazendo faculdade ganher uns bons trocos com ponto cruz, valeu muito apena. e sem contar que comecei a entender a vida como um borado quanto mais se pratica mais lindo fica.
    valeu muito dez.

    Responder
  38. Anonymous disse:
    08 de maio de 2009 às 00:08

    cara lindo isso. essa atitude gera um sociedade melhor sem preconceito, pois não é uma agulha que tira a masculinidade de um homem. Eu enquanto estava fazendo faculdade ganher uns bons trocos com ponto cruz, valeu muito apena. e sem contar que comecei a entender a vida como um borado quanto mais se pratica mais lindo fica.
    valeu muito dez.

    Responder
  39. 25 de junho de 2009 às 22:01

    Adorei… eu já tinha visto, aki no Brasil, pra ser mais exata no Ceará isso é bem comum no crochê… tem cidades que vivem do comércio de crochê para as capitais e é homem mulher e crianças crochetando o dia todo… o ponto cruz também achei um blog de um rapaz de Curitiba que faz…
    Tem espaço pra todos

    Bjos
    Rosi Braz

    Responder
  40. 25 de junho de 2009 às 22:01

    Adorei… eu já tinha visto, aki no Brasil, pra ser mais exata no Ceará isso é bem comum no crochê… tem cidades que vivem do comércio de crochê para as capitais e é homem mulher e crianças crochetando o dia todo… o ponto cruz também achei um blog de um rapaz de Curitiba que faz…
    Tem espaço pra todos

    Bjos
    Rosi Braz

    Responder
  41. Rodrigo disse:
    24 de setembro de 2011 às 21:29

    Ola menias… adorei o site e já coloquei nos favoritos. Estou aprendendo a costurar e aos poucos estou tentando aprender crochê, não é fácil achar uma professora pros lados que moro. Queria aproveitar e pedir para vocês darem dicas de como fazer meias esportivas de cano baixo (se não vão querer que faça meias de tricô, risos) e cuecas. Minha professora fala que isso faz em máquina própria e vale mais a pena comprar, mas queria tanto fazer, sei que ao menos posso fazer uma cueca samba canção. Podiam me ajudar né? Qualquer coisa me manda um e-mail. Beijos.

    Responder
  42. 27 de agosto de 2016 às 18:59

    Olá Claudia! Pois aqui no Brasil há muitos meninos que bordam sim! Eu e mais 2 amigos artistas plásticos contemporâneos temos até nossa pequena “máfia”, mesmo morando cada um num estado (RJ, ES, MG). Aproveitamos que acabamos de abrir uma fanpage no facebook para te mostrar:
    https://www.facebook.com/AlmofadinhasBR/
    abraços!

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»