04 nov 09
outros bla bla blas
Diga aí: Onde você vende?
por Claudia

Promoção em Notting Hill

(foto Claudia Fajkarz)

A pergunta de hoje é para quem, um belo dia, resolveu fazer crafts para vender. Queremos saber onde vocês vendem seus produtos. A gente sabe que muita gente trabalha com vários canais, então propositalmente *excluimos* a opção TODAS AS ANTERIORES do questionário. Se estivesse lá, a maioria das pessoas iria nesta resposta e a gente perderia o melhor da pesquisa, que é entender qual canal de vendas funciona melhor para vocês. Então, responda de onde vem a maior parte do seu faturamento com craft business?

 

Como você vende seus produtos?
Plataformas de venda online (Elo7, Etsy, Aquitanda…)
Minha própria loja virtual
Blog ou Flickr
Lojas de rua
Bazares e feiras
Venda direta para amigas e colegas

pollhost.com

Estamos curiosas para saber se todo mundo migrou para lojinhas e plataformas de venda online ou se a boa e velha loja de rua ainda é a melhor canal.

E o legal de conhecer mais sobre vocês, artesãs que estão virando empresárias, é que a gente pode escrever mais sobre o assunto, que ainda gera muitas dúvidas e temores em quem está começando a vender o que faz. E o que a gente não souber responder, uma enquete destas pode dar subsídios para gente correr atrás de gente para entrevistar aqui no SZ.

Além do seu voto, os comentários estão abertos para botar a boca no trombone, compartilhar experiências e até inseguranças. Somos todas ouvidos!

*******************
Também no Superziper: A gente já perguntou quais materiais você levaria para uma ilha deserta. A votação terminou empatada entre costureiras e tricoteiras/crocheteiras – 40% levaria tecidos, feltros e linhas e outras 40% levaria lãs, linhas e agulhas. A gente desconfia que se a gente fizesse a mesma pergunta de novo, o resultado não seria muito diferente.

20 ZigZags
  1. Pink Pig disse:
    04 de novembro de 2009 às 11:43

    De princípio vendiamos muito entre amigas, no boca a boca e sempre sob encomenda. Agora, nossa melhor ferramenta é o blog. Porém, pensamos em fazer um bazar / feira no final do ano. Gostaria de saber experiências de quem já fez… se gostou, se deu resultado… se a clientela é "focada", etc etc.
    bjs,

    Responder
  2. 04 de novembro de 2009 às 11:46

    Eu comecei em casa, depois fiz dois anos e meio de feirinha de artesanato e agora tenho minha própria loja! Queria muito que vcs conhecessem. É uma lojinha super craft, eu mesma decorei e o ateliê fica no mesanino! O superziper me inspirou muito no meu caminho. Obrigada!!!

    Responder
  3. 04 de novembro de 2009 às 12:21

    Bom, eu estou mais para crafteira iniciante e quase tudo que eu vendo é para amigos e parentes, pena que onde eu moro as pessoas não valorizam o artesanato, se veem uma latinha com decoupage, elas te olham como se você tivesse vendendo lixo para elas, e ainda dizem assim: Mas, isso não vai para o lixo
    É vida de artesã não é fácil.
    Beijos Fátima Nelle
    ebenezerartes.blogspot.com

    Responder
  4. 04 de novembro de 2009 às 12:57

    Internet pra mim continua sendo a vitrine.. vendo mto no boca-a-boca tbm, ando descartando a possibilidade de loja fisica própria, bazar, uma vez por ano (natal) e lojas (consignação), nunca…. rs!
    bjs

    Responder
  5. 04 de novembro de 2009 às 13:05

    Olá, meninas!
    Parabéns pelo Blog e pela iniciativa de pesquisar esse assunto!
    Eu vendo minhas peças numa loja em Porto Alegre/RS, que pertence a uma associação de artesãs. Fica dentro de um Shopping, mas, na área externa dele. Então, dá para chamar de loja de rua…rsrs.
    Também apresento minhas peças no meu Blog e, para o próximo ano, a ideia é investir numa loja virtual.
    Essa loja de Porto Alegre funciona assim: somos um grupo de 15 artesãs, que dividem os custos da loja e fazem um revezamento nos plantões de venda na loja. Assim, tenho um turno semanal em que trabalho como vendedora e, no restante da semana, produzo em casa. É um sistema que funciona bem. Aqui em Porto Alegre há várias lojas com esse sistema.
    Porém, sinto falta de estar mais em contato com os clientes, poder conversar com eles, participar mais pessoalmente no ato da venda das minhas peças. Sinto falta de um toque "artesanal", no sentido de um contato mais personalizado com meus clientes. Nesse sentido, acredito que o Blog e a loja virtual ofereçam mais possibilidades.
    Continuarei acompanhando o tema!
    Beijos,
    Vanessa

    Responder
    • Anita disse:
      05 de Fevereiro de 2012 às 12:37

      Oi,Vanessa!
      fico feliz em saber que alguem em algum lugar conseguiu colocar em prática a ideia que eu tive,mas não conseguí achar companheiras responsáveis e com a mesma vontade de crescer que eu tenho.Eu tive essa ideia de reunir pessoal de artesanato para dividir despesas e carga horária ou seja,”plantão semanal” como você bem chamou,incluindo aulas prá quem já ensina.Pena que eu sou de São Paulo e não posso estar com vocês,mas fica aquí registrada a minha torcida,Amiga prá que a união de vocês frutifique cada vez mais!
      Abraços,Anita.

      Responder
  6. Livia disse:
    04 de novembro de 2009 às 14:17

    Adorei a pesquisa! Como estou começando, vendo para amigos e parentes. Vejo que tem gente de todo o Brasil que visita a loja na Elo7, mas comprar mesmo, só conhecidos. Recentemente vendi para uma seguidora do meu blog, primeira venda para alguém que eu não conhecia pessoalmente…

    Responder
  7. Regina disse:
    04 de novembro de 2009 às 18:55

    Comecei a pouco tempo e a maioria do que vendi foi pra amigos e parentes, uso tbm o flickr, mas até hoje só fiz uma venda e foi lá pra Bahia.
    Parabéns pelo site e pelas matérias

    Responder
  8. 04 de novembro de 2009 às 21:35

    Como minha mãe expunha em uma feira de artesanato em Laranjeiras, aqui no RJ, quando comecei a fazer minhas peças, fui colocando na barraca dela também, mas dai a coisa foi crescendo e hoje tenho minha própria barraca.

    A internet está sendo uma ferramenta maravilhosa para divulgar meus produtos e esse ano começou a disputar ferozmente com as vendas da feira.

    Responder
  9. Ma Stump disse:
    04 de novembro de 2009 às 21:49

    Olá a todas!
    Ainda estou engatinhando no meu craft business, mas por enqto tenho vendido em consignação em pequenas lojas e para amigas e familiares! Espero que o blog tbm traga consumidoras!

    Um beijo

    Responder
  10. corteygrif disse:
    05 de novembro de 2009 às 15:17

    ola amigas
    respondendo as suas questoes de lojas.
    Eu tenho quase a certeza que o Etsy e o Ebay,sao as melhores paginas de venda Online,como sao tao conhecidas as pessoas vao ai buscar algo original e diferente,e nao ha problemas de pago com cartao,recentemente tenho loja no Etsy e tbm como compradora nunca tive problemas por là.
    Comecei por vender a amigos,depois fui deixando em lojas,futuramente espero ter minha loja fisica.
    Optima essa postagem de partilha
    boa semana
    bjs
    ROSA

    Responder
  11. 05 de novembro de 2009 às 16:38

    Eu preferi a plataforma online por dar mais "seriedade" à loja para quem não me conhece.

    não querendo soar disco arranhado: boa iniciativa!

    Responder
  12. 05 de novembro de 2009 às 22:50

    Na verdade eu nem sei como dou conta do trabalho porque, além da costura, faço confeitagem artística. Trabalho sozinha, cuido de minha mãe, da casa e de "trocentos" afazeres fora de casa. De repente as coisas se vendem. É isso mesmo. Telefonemas, visitas e puft: Lá estou eu decorando uma caixinha MDF e correndo para fazer os biscoitos decorados que vão nesta caixinha…

    Responder
  13. Carmen Lídia disse:
    06 de novembro de 2009 às 08:09

    Adoro quando o SZ traz esse assunto…é algo que mexe com a minha alma!!!
    Pra quem não vive sem linhas, tecidos, botões, falar sobre isso é muito importante pois quantas vezes nos sentimos sozinhas com as nossas criações?
    Também quero viver só da minha arte!
    Quando vcs tocam nesse assunto fico mais confortável com os meus sonhos.
    Um beijão.
    Carmen Lídia

    Responder
  14. Catarina disse:
    06 de novembro de 2009 às 09:51

    ois, estava a dar uma vista de olhos nos blogs que estou seguindo a descobri este post, eu vendo bijuterias no Etsy mas tambem no meu blog, que agora está "fechado" para obras, lol. Tou a tentar mudar algumas coisas porque ja me disseram que vendo muito caro. Mas se quiser ver algumas coisas que ainda tenho la va á kathibiju.blogspot.com

    Bjos

    Responder
  15. 06 de novembro de 2009 às 18:32

    Parabéns por este post!!!
    Eu vendipra amigos e parentes,pelo orkut, uso tbm o flickr, mas até hoje não fiz nenhuma venda.
    bjss
    Necca

    Responder
  16. 06 de novembro de 2009 às 20:36

    Tenho um projeto pra começar a trabalhar com isso e começar a vender. Mas juro que tenho dó de vender… tenho vontade de aprender, ensinar, compartilhar informações e contar um pouquinho de histórias…

    Responder
  17. bia disse:
    13 de novembro de 2009 às 18:40

    Olá parceiras craft!! tenho uma loja virtual, um atelie que tambem recebe as meninas para fazer comprinhas, revendo para lojas e participo de alguns bazares. Já coloquei algumas coisas no Etsy, mas lá só dá certo se vc coloca bastante produto e fica renovando sempre. Vendi apenas uma peça para o Alabama!
    Ufa… Cada lugar vende de um jeito diferente.Ainda to começando e estou testanto todas as opções, mas acho que a loja virtual é a mais viável.

    Responder
  18. ***TATTY* disse:
    15 de novembro de 2009 às 23:20

    Suuuper vendo pra quem quiser….hahahaha…
    Vendo pras amigas sempre, pras amigas das amigas….
    Atualmente minhas coisas estão à venda em 2 lojas, 1 eu alugo espaço, a Sandice em Moema, e a outra Marias em Perdizes vendo por consignação.
    Minhas vendas no flickr foram 99% para pessoas que já me conheciam.
    Já vendi até pelo orkut pra quem nunca tinha tido contato.
    Já fiz feira, da Vila Madalena esse ano, acho muito legal pelo contato com as pessoas, me di.vir.to…e tem aquilo de " o olho do dono do boi engorda o rebanho….rs…
    Agora pro final do ano já começou a fabricação de peças pra vender num bazar que vai ter na Oficinaz aqui no Butantã…
    Desisti de loja virtual a algum tempo…
    XOXO

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»