19 nov 09
costuracraft tour
Vale a pena ter uma mini-máquina de costura?
por Claudia

A máquina de costura vermelha

Olha só o que eu achei na seção de armarinho da John Lewis (Oxford Street – Londres, quarto andar, Haberdashery), um dos grandes magazines da Inglaterra, no estilo dos nossos falecidos Mappin e Mesbla. Sim, encontrei mini-máquina de costura por apenas R$ 150. Ela tem 10 tipos de pontos, a agulha pode ser colocada em 2 posições, tem gavetinha para acessórios, costura reverso, pesa menos de 3 quilos, tem garantia de 1 ano, vem da Tailândia mas só foi feita para costurar tecidos de leves a médios. E o melhor, vem em cores incríveis: vermelho, rosa, azul, baunilha e pistache!

Quando eu vi esta máquina na loja, me lembrei das perguntas que chegam ao grupo Superziper no Flickr, o nosso fórum. Muitas iniciantes querem saber se vale a pena comprar uma mini-máquina baratinha ou se melhor partir para a máquina ‘de verdade’. Vou deixar minha opinião nas entrelinhas através de uma historinha sobre um outro hobby que tenho, tocar flauta.

Para quem não tiver paciência, pode pular o próximo mega-parágrafo e ir direto para o final, onde complemento o texto falando especificamente sobre máquinas.

Flauta transversal

Faz uns 5 ou 6 anos eu resolvi aprender música. Escolhi a flauta transversal como instrumento. O professor me emprestou uma para que eu pudesse usar nos primeiros meses. Acho que ele sabia da quantidade de alunos que se empolgam, começam e depois largam. Eu sabia que não seria o meu caso, mas concordei com ele que era melhor aprender para depois saber escolher o que comprar. “Vai lá, limpa bem, fica com ela e quando você sentir que for a hora de comprar uma, você me devolve”. Como a escola era na Teodoro Sampaio, eu aproveitava para dar uma passeada pelas lojas e xeretar os modelos disponíveis. Apesar de violão, guitarra e baixo serem os instrumentos mais populares, bem pertinho tinha uma loja de instrumentos de sopro (que já fechou) e em uma ou outra vitrine eu achava uma flauta bem no cantinho. Flautas não são instrumentos baratos. A maioria era importada, e no Brasil tinha um só fabricante. Mas existia um bom mercado paralelo de flautas usadas, que alunos e profissionais passavam as suas falutas adiante. E no meio de tudo isso tinham também as chinesas – novas, brilhantes, chamativas e … com preços incrivelmente acessíveis. Passados uns 5 ou 6 meses, perguntei ao professor se era a hora de eu ter a minha. Perguntei o que ele achava das chinesas. “São baratas, isso são, mas só servem para alunos iniciantes. Ela não presta para quem quer seguir tocando. Depois de meio ano você vai ver que ela não presta. E o pior é que depois você vai ter de jogar fora, porque essas o pessoal de segunda mão nem aceita”. Eu achei que ele estava exagerando. Não entendia como uma flauta podia ter limitações, o que deixaria de funcionar. Eu continuei questionando e ele disse que na próxima aula ele traria uma para eu experimentar. Dito e feito. A flauta até que se saia bem nas músicas com poucas notas. Mas na hora que eu fui para os extremos – suaves ou agudas – não saia som. Por mais que eu tentasse assoprar, de vários ângulos, intensidades e posição de lábios, as notas não apareciam. Convencida? Sim! Pedi indicações de oficinas e fui atrás de uma usada. Era uma garagem no bairro do Paraíso. As prateleiras estavam cheias de flautas de todos os tipos, empoeiradas e abandonadas. Mas no pacote estava previsto uma revisão e um trato que deixaria ela com cara de nova. Eu já sabia tocar e fui experimentando várias até achar a que melhor para mim, naquele momento. Afinal, eles também vendiam modelos profissionais, mas como estudante ue precisava de uma que me atendesse bem pelo menos nos próximos 3 ou 4 anos.

Agora de volta ao assunto do post, aqui vão os comentários que recebemos no forum sobre comprar ou não uma mini-máquina de costura:

* Para “brincar” e aprender umas noções de costura serve mas. Mas é bastante limitada se depois voce quiser partir para outro tipo de projetos.

* Comprei uma pra mim e amo de paixão minha maquininha. Realmente, se voce quer fazer trabalhos mto elaborados e tal que exijam uma maquina mais possante, não aconselho. Mas se for pra umas coisas simples, craft básico, vale a pena!

* Serve direitinho pra pequenos reparos, roupinhas de bonecas e projetos pequeninos. Não resiste a tecidos grossos, é aparentemente frágil (a minha nunca quebrou, mas eu uso com cuidado), mais lenta que as máquinas tradicionais e bem simples (só faz costura reta). Agora, é suuuuper leve, cumpre o que promete e é uma gracinha!

* É uma porcaria. Dei para minha filha brincar!

* Uma de suas definições era essa: pra iniciantes! E o melhor de tudo… foi baratinha!

* Ela é macia, fofinha e agüenta o tranco muito bem viu? Ela é ótima sim… desde que você respeite os limites dela… não pretenda costurar jeans e coisas grossas nela…ok?

Como todo hobby, é voce que vai decidir com o tempo até onde quer ir. Vale para fotografia, coleções (oi, Blytheiras), música e costura. As coisas vão mudando, as vezes passa, mas as vezes a pessoa quer mais. O que foi decidido na hora da compra não precisa ser pra sempre. Custo-benefício é uma questão muito particular, tanto por quanto cada pessoa está disposta a gastar como pelo que ela espera da máquina ou do equipamento.

Eu acredito que informação e pesquisa é o melhor jeito de se “equipar” e tomar uma boa decisão. Espero que este texto tenha ajudado!

*************************
Também no Superziper: Se a primeira é difícil, imaginem a segunda. A Andrea ‘pensou em voz alta’ quando estava se preparando para escolher sua segunda máquina de costura. Os questionamentos que ela se fez podem ajudar quem estiver passando pelo mesmo dilema :-)

46 ZigZags
  1. Luana disse:
    19 de novembro de 2009 às 11:14

    Adorei o post, eu ganhei minha primeira maquina a semana passado, mas decidi por uma não tão basica, uma singer cosmo 7422, claro que fiquei de olho em um Brother e em uma janome potente, mas como estou começando, daqui uns anos quem sabe eu compre uma, e uma coisa que li no grupo super ziper no flickr é que o pos da singer é a autorizada tem em qualquer lugar, eu como moro em cidade super pequena para mim isso é melhor!rs

    Estou adorando esse mundo da costura, já fiz de tudo um pouco, e tenho vontade tb de estudar musica, no minha igreja principalmente as mulheres tocam orgão, só que tenho vontade de aprender o violinho acho lindo o som, e um dia quem sabe!rs

    Beijos

    Responder
  2. catarinanl disse:
    19 de novembro de 2009 às 11:39

    Eu tenho uma mini maquina de costura. Mas como sempre, as versões mini na Europa são muito mais mini do que as do continente americano, a minha é mesmo mini. Eu vou postar uma foto dela no meu blog, para verem o quão mini é.
    Foi a minha primeira maquina, um presente da minha irmão que sabia o quanto eu queria costurar e acho que era uma boa opção para começar. E tinha razão. Costurar não é facil, e não é para toda a gente, muita gente desiste ou porque os resultados não são tão rápidos como se pensa, ou simplesmente porque se farta. E começar pela mini maquina é sempre uma boa opção, para experimentar, ver se realmente se gosta de costurar e ganhar um bocado de prática. Porque de facto ela não dá para muito, para além das limitações com tecidos de que já falaram ela não consegue trabalhar durante muito tempo, não dá para ficar uma hora a costurar nela, porque não aguenta.
    Poucos meses depois de ter recebido aquela mini vi uma promoção com uma maquina a "a sério" e aproveitei. Mas nos primeiros tempos tive dificuldades, foi preciso bastante insistência para me habituar a costurar bem com ela.
    Por isso eu acho: as mini maquinas são o melhor para começar, para quem nunca viu uma maquina de costura à frente e quer aprender. Porque começar por uma maior e mais elaborada pode ser muito desmotivante, experimentem uma mini, são super baratas e divertidas e depois podem dar (ou emprestar, como eu fiz) a uma sobrinha ou prima mais nova e que queira começar.

    Responder
  3. Drianis disse:
    19 de novembro de 2009 às 11:42

    Queria saber, de alguém q tem a maquininha, se ela dá conta de costurar feltro…

    Tenho uma Singer antigona, dos anos 70, q ganhei da minha vó. É ótima, mas está bem desregulada e o cara da assistência aqui da minha cidade não sabe consertar e não tem peças… ¬¬'

    Responder
  4. Glau disse:
    19 de novembro de 2009 às 12:13

    Meninas, ontem postei no blog as minhas impressões a respeito da minha primeira máquina.. é um mini sew tbém!

    Eu fico com o primeiro comentário: Para "brincar" e aprender umas noções de costura serve mas. Mas é bastante limitada se depois voce quiser partir para outro tipo de projetos.

    http://blogquitandoca.blogspot.com/2009/11/consideracoes-sobre-cidinha-janome-sew.html

    Bjos, Glau

    Responder
  5. Fer Senra disse:
    19 de novembro de 2009 às 13:18

    oi gentem
    tem uma da janome (chama sew mini) q esta na faixa dos 250,00reais q é compacta com pontos retos tbem mas q costura jeans
    pra começar e pequenos reparos acho q vale…eu q tenho 2 maos esquerdas pra costura vou atras dessa
    bjo grande

    Responder
  6. 19 de novembro de 2009 às 13:27

    coincidência!! passei essa semana na john lewis pra comprar lã e vi essa máquina e fiquei pensando se valia a pena. vim pra cá sem máquina, óbvio, e não vou ficar anos e anos, mas meio que tava querendo uma pra fazer coisinhas tipo saias e vestidos mais simples. lá tb tem uma pequena assim da janome, por um preço semelhante. será que é essa que a fer senra mencionou aí em cima? se for, seria uma boa opção porque dá pra costurar tecidos mais grossos, então.
    enfim, adorei o post!

    -nana

    Responder
  7. Carol P disse:
    19 de novembro de 2009 às 16:23

    Oi!
    Ja havia conhecido seu blog a uns dias mas ainda nao tinha tido tempo de comentar e explorar mais.
    Eu tenho uma maquina pequena que comprei na Woolswort,h antes de quebrarem. Estou aprendendo a costurar, entao para mim serve por enquanto.
    Tambem moro em Londres.
    bjs

    Responder
  8. Anonymous disse:
    19 de novembro de 2009 às 18:53

    Eu continuo com minha opinião que mais vale uma panela velha (e pesada) de ferro que é essa que faz comida boa! :)

    Tenho uma Elgin que quase não uso e uma singer de quase 50 anos marvilhosa.

    Carola

    Responder
  9. tio .faso disse:
    19 de novembro de 2009 às 21:09

    Olha só! A dona Claudia é tocadora de flautas! Já consegue atrair ratinhos para o penhasco? (risos)

    Sobre máquinas e tudo mais para iniciantes: eu comecei a costurar na máquina que foi da minha avó que passou para minha mãe, uma (tia) Elna de 1950. Ela só tem ponto reto e mais nada. Todos os meus bonecos que fiz nela (exceto por um meninote sem uma perna).

    Quando aluguei uma sala para abrir minha bonecaria, comprei uma máquina nova, mas no limite do meu bolso (ela não faz espresso). Mas eu tinha ciência do que eu precisava, logo comprei algo que atendesse as minhas necessidades e não os meus desejos de consumo.

    Não adianta ter uma máquina básica ou super moderna, se você não sabe o que fazer com ela. É o mesmo que um ilustrador querer comprar os melhores softwares do mundo sem saber ao menos desenhar.

    Meu conselho: seja lá qual for a máquina que você usará, não compre-a por quantidade de pontos ou se ela faz café ou latte; procure algo que te permita a aprender a arte de desenhar com linhas e panos. Peça emprestada para uma amiga ou tire a poeira daquela coisa monstruosa que sua mãe guarda com orgulho.

    Se você não sabe como segurar o lápis, porque sair comprando logo o caran d'ache?

    Um super abraço,

    tio .faso

    Responder
    • Lu Montagner disse:
      03 de março de 2013 às 21:22

      Tive uma de “brinquedo” quando criança azul uma gracinha, depois passei pra singer “preta” antigona da minha mãe(ponto lindo!!), após uma zig zag básica(Singer) da minha tia ainda a pedal (a coitada desregulou e ninguém consegui regulá-la mais), passei depois para uma zig zag (também Singer) com motor elétrico(prometi dá-la para minha mãe mais estou enrolando,rs), agora tomei coragem e comprei uma singer eletrônica(Brilliance), um dia eu chego numa “bordadeira” Rs. Fui trocando conforme a necessidade, como estou me dedicando ao patchwork fui atrás de uma com mais pontos decorativos. Quando surgiram as minis eu já tinha passado da “fase” e queria uma mais potente!

      Responder
  10. 19 de novembro de 2009 às 22:39

    Olá meninas,e meninos,rs.
    Bom eu tenho uma Mini máquina de costura,mais é a Sew Mini da JANOME,idêntica à esta,mais acreditem,comprei para minha filhinha de cinco anos…Faço Patchwork e minha filhinha adora meu trabalho,então dei uma à ela no dia das crianças.Ela amou!!!Para quem quer incentivar as mocinhas ou até mesmo as crianças a se interessarem por costura,é o presente ideal.Em breve postarei fotos dela usando a máquina na página pessoal.
    Bjs e até mais…

    Responder
  11. Adri disse:
    20 de novembro de 2009 às 02:05

    eu amo a minha sew mini janome!

    Responder
  12. Ana Paula D. disse:
    20 de novembro de 2009 às 10:32

    Claudia, bom dia!
    Tambem adoro musica! Quando era criança tive varias aulas de piano! Hoje, sinto falta de tocar algum instrumento! Adoro jazz dos anos 30 e 40, como tambem adoro ouvir Choros interpretados pelo Mestre Altamiro Carrilho!
    Gostaria de aprender Clarinete! Como você disse ter um professor, vc poderia indicá-lo?
    Agradeço.

    Responder
  13. Rosa Rosé disse:
    20 de novembro de 2009 às 11:12

    Ai,ai…como eu queria uma máquina que unisse eficiência e beleza! Bem que poderiam fabricar umas coloridas e boas tb né? será que dá pra pintar com tinta automotiva?kkkkk…delírio…beijo

    Responder
  14. Cerejeira disse:
    20 de novembro de 2009 às 14:26

    Menina!!!
    Entao …falando sobre flauta voce sabe onde eu encontro um livro tipo For Dummies em flauta?
    Quero aprender mas nao tenho tempo pra ter aulas.Acho que um livro para iniciantes seria bom ate eu ter tempo pra respirar.
    Estou a muito tempo com esse projeto aqui na gaveta. Please help!!!

    Responder
  15. Meira disse:
    20 de novembro de 2009 às 19:11

    Adorei o post, quanto a comprar ou não, concordo com sua fala, pra mim por exemplo primeiro quiz aprender..mas ai quando fui pegando gosto pela coisa queria fazer projetos maiores, que uma mini dessa dai já não dá. Por falar em maquina antes de comprar a minha pesquisei muitoooooooo inclusive o super ziper foi o "a" pra minha decisão …através dos depoimentos sobre as maquinas decidi e comprei uma elgin JX 4000, faz uns 5 meses que a tenho e gosto muito, por enquanto supriu todas as minhas necessidades, e tbm se ajustou ao meu bolso na hora da compra…
    Obrigado pelas dicas!!
    Bjinhos Meira

    Responder
  16. 21 de novembro de 2009 às 10:11

    Amiga tem selinho pra ti no meu blog…passa lá!
    bju

    Responder
  17. Milly Luck disse:
    21 de novembro de 2009 às 11:04

    Eu tb não quis nem pensar numa mini,herdei uma normal,antiga mas funcionado,quando ela parou de vez parti pra minha segundona e estou adorando! Comprei a mesma que utilizei no meu curso de costura,me foi undicada pela minha professora.A marca é Janome.Excelente!

    Responder
  18. 21 de novembro de 2009 às 14:08

    Poderia me passar o endereço dessa garagem onde comprou a sua flauta? E lá só tinha flauta ou tinha outros instrumentos?
    Fátima Nelle

    Responder
  19. maricota disse:
    21 de novembro de 2009 às 18:46

    Em 2007 comprei uma maquininha xing-ling baratinha pra começar a costurar. Ela só tinha o ponto reto pra frente e pra trás, era meio barulhentinha e devagar, mas para começar foi bacana. Custou R$ 100 na época, mas ela não aguentava tecidos grossos e o feltro, dependendo da espessura, também era meio difícil de passar.

    Com um pouco mais de prática com a máquina, resolvi investir numa boa e acabei comprando uma Janome 8077. É maravilhosa, tem várias funções, menu digital, colocador de linha na agulha e etc, mas como o tio.faso falou, tem vários pontos decorativos que no final acabo nem usando muito no meu trabalho com bonecos.

    Não me arrependo pois é uma máquina muito boa, mas pra quem não quer gastar muito, dá pra comprar uma mais em conta levando em conta somente as nossas necessidades de costura e nem tanto o nosso desejo de consumo.

    Tem que pesquisar e ler muito mesmo antes de decidir. É uma loucura ler tudo que os outros dizem, mas não tem jeito: só nós mesmos pra saber qual é a melhor pra gente.

    Bjs
    Márcia
    blogmaricotinha.wordpress.com

    Responder
  20. Carlos: disse:
    21 de novembro de 2009 às 21:33

    Adorei a historia da flauta, tomei mais interesse que pela própria maquina de costura husahusahusahu

    Responder
  21. Claudia disse:
    22 de novembro de 2009 às 16:12

    catarinanl, fiquei curiosa de saber quao mini e' sua mini. quando postar a foto, avisa a gente?

    drianis, feltro acho que passa em qualquer maquina!

    Glau, fui la' e conheci a Cidinha, muito prazer ;-)

    nana, acredita que no site a vermelha ja' esta' esgotada? esta' com cara de que vai ser um presente bem popular nesse Natal.

    .faso, nao acredito que o meu menino nao e' filho da tia Elna! mas e' o primogenito da outra, ueba! otima sua comparacao com os lapis caran d'ache. ja' vi muito 'desenhista' assim…

    natali, que inveja da sua filha de 5 anos, presentao hein?!

    ana paula, tive a chance de ver o altamiro carrilho ao vivo, ele e' um mestre mesmo! meu professor e' da escola Studio Meyer, na Teodoro Sampaio. Tem clarinete la' tambem… um dia vai ser meu proximo instrumento. O site: http://www.meyer.com.br/

    rosa, so' se voce mandar a maquina para uma oficina de pintura de mega confianca, que voce conheca muito bem quem vai fazer. acho que eles teriam de desmontar ela inteira pra evitar que as pecas fossem pintadas. e' bem delicado…. e depois talvez tivesse que mandar para uma oficina de regulagem. enfim!

    cerejeira, depende do seu nivel, se tiver que aprender do zero, como foi meu caso, incluindo leitura de partitura e como segurar a flauta, talez deva existir algum curso com audiovisual, ou pela internet, ou que venha acompanhado de DVD. se voce souber ingles, com certeza vai achar na amazon. vai pela navegacao livros > musica > etc assim voce chega na parte de flautas e procura pelos mais vendidos. mas se voce ja souber alguma coisa, recomendo o "chorinhos didaticos", do altamiro carrilho. vem com CD e partituras. boa sorte!

    meira, que bom que ajudamos :-) boa sorte na costura!

    fatima, vou ver se acho o cartao no meio da minha bagunca. esta' em algum canto. aviso voce!

    marcia, voce resumiu tudo na ultima frase… só nós mesmos pra saber qual é a melhor pra gente :-)

    beijos pra todos, obrigada pelos comentarios ^o^

    Responder
  22. Donadan disse:
    22 de novembro de 2009 às 16:47

    Eu tenho uma Janome que é exatamente igual a essa do mesmo tamanho formato e tal… até vi num filme meninas que costuravam com a máquina eu já inssiti com tecidos grossos não foi a melhor coisa do mundo… mas eu fiz coisas complicadas e minha mãe que é experiente duvidou que a tivesse usado… bom me adaptei direito mas, futuramente pretendo comprar uma máquina melhor…

    Responder
  23. catarinanl disse:
    22 de novembro de 2009 às 21:51

    Cláudia, já postei lá no meu blog fotos da minha mini maquina.
    Beijinho

    Responder
  24. 23 de novembro de 2009 às 11:57

    Eu comprei a Janome mini a principio só queria aprender e fazer coisas pequenas..minha intenção…massssss…depois me empolguei e acabei vendendo para comprar uma maior…meu conselho é..mesmo que vc queira aprender ou simplesmente fazer coisas pequenas compre uma profissional pq se comprar a mini vc vai gostar de costurar e vai se arrepender de não ter comprado uma maior!

    Responder
  25. Anna Sebba disse:
    23 de novembro de 2009 às 14:53

    Olha acho q eu não usaria… já estou habituada às minhas e quero comprar outras com mais recursos… mas eu achei a maquininha vermelha a coisa mais linda e teria nem que fosse só p enfeitar meu ateliê e tb daria uma à minha filha já q ela quer mexer nas minhas… acho q ela iria adorar!!!
    estou mesmo de olho em uma janome MC6600.. sonho de consumo… mas se deus quiser ano q vem ela ja dá o ar da graça por aqui!!
    um super abraço

    Responder
  26. Cristiane disse:
    24 de novembro de 2009 às 15:20

    Olá
    Entrei no blog não era muito bem para ver sobre este post, mas adorei como todos os outros….falando do post comprei uma singer facilita 18 pontos, acredito ser boa máquina, não sei se eu ou a máquina nos enroscamos quando a costura fica um pouco mais grossa, mas pode ser minha a culpa…… Adoro ela de qualquer forma.
    Entrei no blog pq quero alguma dica sobre um aparelhinho de viés, pesquisei mas as informações são um pouco confusas…..vcs devem conhecer …. bom quais as minhas dúvidas, o que realmente este aparelhinho faz?, ele facilita a colocação de viés, existem muitos modelos ,,,, qual a diferença nos mesmos… como ele funciona,,, acho que repeti a pergunta né.

    Bjos , adoro vcs

    Responder
  27. eveline disse:
    03 de dezembro de 2009 às 16:20

    Nossa, excelente post! Realmente, a melhor resposta pra esse tipo de pergunta é: depende!
    E a sua história da flauta parece um conto de livros infantis!
    :)

    Responder
  28. Anonymous disse:
    18 de dezembro de 2009 às 18:44

    Inha,inha,inha, viva a Janominha!Tenho duas máquinas de costura, uma Singer de gente grande e uma Janome Hello Kitty que é meu xodó!Não tenho dó e com el já costurei até necessaire de lona.A minha belezinha funciona como adulta.
    Ok, confesso que não sou a mais profissional das costureiras, mas aí é que eu acho que minha verdinha tem mérito, aguenta todos os meus erros e a minha falta de conhecimento.Me aguentou tá aprovada, e a bichinha já me suporta faz uns bons dois anos.Portanto um hip hip hurra pra minha mini máquina Janome Hello Kitty!!!

    Symondays

    Responder
  29. analu disse:
    07 de fevereiro de 2010 às 14:29

    Amei! quero uma destas, vermelha minha cor preferida. beijocas analú

    Responder
  30. Anonymous disse:
    11 de maio de 2010 às 16:35

    Faz um tempão que quero um mini, mas nunca tive coragem de comprar.
    Tenho um singer velhinha(era da minha mãe)que aguenta qq parada, mas queria uma portátil pra levar pra todo canto. Pesquisei, perguntei, pensei muito e acabei comprando um JANOME 8077 que além de forte tbem dá pra ser facilmente transportada.
    Estou adorando, mas essa vermelhinha é uma graça hein? se tivesse por aqui, acho que não resistiria. Bjs
    Simone Dias

    Responder
  31. andreia disse:
    27 de agosto de 2010 às 12:10

    minha blythe (boneca, pra quem nao conhece) esta para chegar e eu costuro beeem pouco à mao, sou meio ruim nesse ramo ^^.
    mas, pra minha fofa nao ficar sem roupinhas, eu queria saber se essa maquina é adequada para mim. só vou costurar roupinhas para as minhas blythes.

    queria saber se a sew janome costura jeans(aqueles jeans mais fininhos,nao esses grossos como os das nossas calças)e se elas só fazem costuras retas ou algum outro tipo.

    eu vi umas um pouco mais baratas que a sew janome (sewing wonder ), mas nao sei se compensa, pois parecem ser muito mais frageis.Ah, e tem umas que parecem um “grampeador”, nao sei se vcs ja viram. essas ultimas sao super baratas, encontrei por 20 reais, mas pelo que parece, nao fazem quase nada e só tem um tipo de ponto.

    queria saber qual é a mais adequada pra mim.

    obrigada desde ja.,

    andreia ^^

    Responder
  32. elenita disse:
    17 de outubro de 2010 às 22:00

    ola estou desisperada procurando uma maquina que costure feltro ,eziste??? por favor me responda .obrigado

    Responder
  33. Daisy de morais disse:
    18 de julho de 2011 às 21:26

    Olá pessoal, falando em máquinas da Janome, alguém saberia me dizer se acho em São Paulo quem venda a máquina modelo FM 725 da Janome? não sei se tem recurso para costura reta mas, vi na internet, que ela faz feltragem. Obrigado pela informação

    Daisy

    Responder
  34. Márcia disse:
    28 de julho de 2011 às 13:47

    Olá, não sei se podem me ajudar eu preciso de uma mini maquina de costura para fazer trabalhos manuais e tem que costurar brim dobrado e algumas napa será que ela serve para costurar essas coisas?!
    Obrigada.

    Responder
    • Andrea disse:
      28 de julho de 2011 às 17:37

      Acho que não, a mini máquina não costura várias camadas.

      Responder
    • Mônica Rosendo disse:
      02 de setembro de 2013 às 22:21

      VOCÊ PRECISA DE UMA JANOME 2008. COSTURA ATÉ 8 CAMADAS DE JEANS.

      Responder
  35. Camila disse:
    15 de agosto de 2011 às 13:09

    Ola, gostaria de comprar uma mini maquina para fazer artesanato.Sabe,aquelas flores de tecido,tulipas.Para essa finalidade elas servem?

    Responder
  36. paula disse:
    16 de setembro de 2011 às 18:08

    Olá! me ajudem, por favor! hehehe quaseeeeeeee comprei uma Janome Sew Mini agora apouco, dai resolvi pesquisar qq acham dela por ai! achei vcs!!! nunca costurei nada! quero começar fazer patchwork, e queria saber se ela consegue costurar a maioria dos trabalhos de patch, com frente, feltro e forro!
    tenho uma maquina “mundlos”, mto antiga, mas que posso mandar limpar e colocar motor por uns 100,00 reias e estou na duvida do que vale mais a pena, já que a antiga só faria costuras retas, e nao tem manual, para alguem como eu começar! ahhahaha
    obrigada!!!

    Responder
  37. Renata Santos disse:
    27 de setembro de 2011 às 17:39

    Eu não sei costurar e quero comprar uma máquina para aprender a fazer bandeirinhas de pano como enfeite para aniversários, toalhas de algodão coloridas, costurar feltro… Li todos os artigos sobre máquina, estou que nem doida olhando no google, yahoo..indo em lojas, mas gostaria de saber qual máquina posso iniciar e que pelo menos vai durar alguns anos sem me deixar na mão. Não posso gastar muito, mas tb não quero pegar uma máquina de R$ 100,00 para ela me deixar literalmente na mão.
    Alguém me ajuda???

    Responder
  38. Fabíola disse:
    30 de março de 2012 às 13:43

    Tenho uma elgin supéria… é da turma das mini maquinas… faço barra em calça jeans tranquilamente com ela… 3 dobras de jeans do mais fino… funciona

    Responder
  39. Betania disse:
    01 de abril de 2012 às 00:09

    Nao sei costurar nada, mas agora decidi que quero apreender,quero fazer minhas roupas, nao estou encontrando curso em Sumare, onde resido sera que se eu comprar uma maquina, consigo apreender mexendo…

    Responder
  40. IJOSENILDA disse:
    02 de junho de 2012 às 08:45

    BOM DIA MENINAS DO SUPER ZIPER!
    ACHO QUE ESSAS MÁQUININHAS SÃO PERFEITAS PARA EVENTUALIDADES, VIAGENS E OUTROS. SE VC CONSERVÁ-LA BEM, LUBRIFICANDO E USANDO SÓ PARA O QUE O MANUAL DESCREVE NÃO VEJO PORQUE NÃO TER UMA. TENHO UMA MÁQUINA ELGIN ZIG-ZAG E COSTURA RETA É O QUE FAZ DE 1980 E ELA NUNCA ME DEU TRABALHO, AGORA COMPREI UMA SINGER, SABE AQUELAS QUE SÓ FAZ COSTURA RETA DE PEDAL SÃO EXCELENTES PARA INICIANTES E COSTURA DE UM TUDO E QUANDO FALTA ENERGIA VC PODE CONTINUAR COSTURANDO NUMA BOA.
    BJS JOSINHA!

    Responder
  41. Rosi disse:
    05 de março de 2014 às 04:27

    Li tanta coisa que fiquei confusa… Gostaria de saber se a Máquina de Costura Bivolt ,08 Pontos, SM-530 – SteamMax é boa e costura jeans. Nao sei costurar, quero somente fazer umas barras de calças e aperta-las… é para uso doméstico. Pensei em comprar uma Janome Sew Mini, mas agora ja não sei mais. Obrigado

    Responder
  42. Monica disse:
    18 de novembro de 2014 às 00:48

    Como faço pra comprar uma dessas? Minha filha quer muito começar a aprender, e eu adorei essa mini maquina

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»