23 mar. 10
reciclagemtricô e crochê
Reciclagem de suéteres de lã
por Claudia
Sacolas de novelos reciclados

Em uma viagem recente a Seattle, na costa Oeste dos EUA – aproveitei algumas horas de um domingo para visitar o mercado de rua do bairro de Freemont (um amigo meu que mora na cidade e procura equivalentes de bairros de São Paulo diz que lá é a Vila Madalena). Cheguei bem no fim da feira, ou seja, pessoal cansado, querendo ir embora e prontos para empacotar. Mas deu tempo de descobri a barraca da Leah – a Smart Monkey, que também tem loja virtual no Etsy. Bem humorada, apesar do frio, ela me contou um pouco mais do seu business de uma mulher só, especializado em fios reciclados. Aliás, o estilão dela já aparece no mote da Smart Monkey – “Helping to Balance the Trade Deficit and Save the Planet One Skein at a Time” (simplificando, algo como ajudando a salvar o planeta com uma meada de cada vez)

Assim como quase todas as boas ideias, a sacada dela é simples e fascinante! Ela “produz” fios reciclados a partir de suéteres desmanchados. E daí ela vende tudo bonitinho em em sacolinhas ou avulso, por cor e tipo de fio (de lã, algodão ou fibras mistas).
Achei um ótimo presente para quem sua amiga tricoteira ou que faz crochê e tem um estilo de vida verde, que presta atenção as origens dos produtos.

Os fios vem de roupas compradas em brechós e lojas de usados. O processo de produção inclui lavagem dos suéter (com sabão em pó ecológico), desmanche, pendurar em varais e secagem plana para tirar as marcas dos nós. Detalhe que as malhas de lã natural ela lava só uma vez, para evitar que feltrem.

A Leah achava que tinha que fazer alguma coisa pelo planeta em que vivemos, principalmente no sentido de gerenciar os recursos que a gente tem. Daí ela juntou várias ideias em que acreditava e definiu que a escolha da sua “matéria-prima” deveria seguir estes critérios. Por exemplo, fibras sintéticas ou feitas a base de petróleo poluem o meio ambiente. Então ela dá preferência a suéteres feitos de fibras naturais. Sintéticos, só se as fibras forem uma baixa percentagem da composição do fio. Além disso, ela evita malhas importadas, feitas fora dos EUA, para valorizar o que é produzido dentro de casa e para evitar o déficit no comércio exterior. Ela ainda acredita que dessa forma ainda está garantindo empregos em lojas de roupas de segunda mão, diminuindo a geração de poluentes usados no planeta e a necessidade de se produzir novos produtos. Quem tiver tempo dá uma lida na descrição dos items que ela vende no Etsy. Quando abre uma exceção as regras que ela mesma criou, enche a descrição do produto com explicações do porquê fez isso – tipo essa lã que veio de uma malha feita em Madagascar.

Era uma vez um suéter... Etiqueta do suéter

E as sacolinhas, olha que legal. Uma blusa é desmanchada por inteiro e – dependendo do tamanho – vira 6, 7, 8 novelos. Ela pendura um folhetinho que mostra uma foto da blusa original e na última página ainda prega a etiqueta da roupa. Detalhes que fazem toda a diferença, não acham?

Lã de fibra mista Lã 100% reciclada

Nos novelos, ela tenta ao máximo evitar emendas. Assim, os novelos avulsos são feitos de partes integrais, tipo o braço da blusa, ou a parte de cima ou de baixo do suéter.

Smart Monkey Seattle Broches de lã reciclada

Vejam que no caso de botões eles são vendidos em cartelas. E restinhos de lã viram broches de florzinha. A Carola, do Meu Pintinho Coloridinho, já ensinou o pessoal aqui do Superziper a fazer uma bem parecida de crochê.

Feira em Freemont, Seattle, EUA Em várias cores

Olha aí a barraquinha da feira de Freemont – estava bem frio, reparem que a Leah estava bem encapotada. Mas não me perguntem porque essa cliente estava de manguinhas pra fora !

Se você gostou e não mora nos EUA, pode comprar pelo Esty – manda uma mensagem que ela fala quanto vai custar o envio internacional. Os novelos custam cerca de 6 dólares e a sacolinha na faixa de 30 dólares.

* * *

PS: mais tarde, na mesma feira, conversando com outro expositor, descobri que a Leah era uma das super finalistas para participar do No Reservations, o programa de TV do Anthony Bourdain (adoro!). “Poxa, seria tão legal se tivesse dado certo” – me peguei pensando nisso mesmo conhecendo ela há só 10 minutos, teria dado um bom episódio!

**********************
Também no Superziper: Alguém se lembra que no ano passado a Andrea deu uma de Smart Monkey e resolveu reciclar um suéter de lã? Ela descreveu toda a experiência aqui. Aliás, já que o tema é lã, a gente também recomenda uma visita ao post onde falamos sobre composição de fios e tipos de lã.

14 ZigZags
  1. 23 de março de 2010 às 09:55

    Achei bárbaro a idéia não? Além de super útil… tudo bem que doamos os casacos e outros podem usar, mas sempre sobram alguns, ou que estão meio estragadinhos, mas a lã pode ser reaproveitada!!

    Amei…

    Ana

    Responder
  2. Dri Simizo disse:
    23 de março de 2010 às 10:50

    Meninas, tem uma empresa q faz reciclagem de sweaters (Reknit). Vc manda sua roupa de lã velhinha, eles reciclam a lã e mandam uma peça nova de volta!
    Cada mês os clientes ajudam a escolher qual vai ser a próxima peça: cachecol, luva, gorro, etc..
    O interessante é q o dono do site fala que quem produz é a mãe dele…No começo achei q era propaganda pra passar uma imagem mais "handmade". Imaginava q era tudo feito à maquina.
    Agora q eles limitaram os pedidos a apenas 30 peças por mês, fiquei em dúvida =)

    "*because i only have one mom, we've decided to limit orders to the first 30."

    algumas fotos

    bjs!

    Responder
  3. andrea disse:
    23 de março de 2010 às 11:41

    Já conhecia a Reknit. Acho muito boa idea , sorte do sujeito ter uma mãe tricoteira, néah? Eu já pensei em mandar alguma blusa pra ver o que volta… mas a 30 dólares + postagem internacional achei meio salgado. Quem sabe um dia me animo e mando algo, ou até lá alguém já 'copiou' a ideia aqui no Brasil. bjs

    Responder
  4. Renata disse:
    23 de março de 2010 às 12:00

    Bem legal! Tricô + reciclagem é tudo de bom mesmo!

    Beijinhos!

    Responder
  5. 23 de março de 2010 às 20:05

    Bacana demais!

    E vcs viram que existe uma fan page da Smart Monkey no facebook?

    http://www.facebook.com/pages/Tacoma-WA/Smart-Monkey/153090228986

    Responder
  6. Carina disse:
    23 de março de 2010 às 20:29

    NoOooOOOOOssa!!! Simplesmente FAN-TÁS-TI-CO!!!!
    Amei!!!!
    E a estorinha da foto do suéter e da etiqueta?!!! Gente!
    Bjokas, Carina

    Responder
  7. Thica disse:
    23 de março de 2010 às 22:55

    De tão bonitinhas, acho que eu compraria uma sacola dessas só pra ficar olhando. rsrrs

    Beijin, meninas!

    Responder
  8. camila disse:
    24 de março de 2010 às 12:16

    Oi, Cláudia! Queria dizer que adoro o seu blog e me inspiro muito nele. Aproveito para fazer uma pergunta: onde posso encontrar gripis (é assim que escreve?) para aplicações e artesanato? tenho ido a muitos armarinhos e achado quase nada… se tiver alguma indicação de compra na internet (pq sou de salvador), adoraria. meu email: clcamila@hotmail.com :) muito obrigada e muito sucesso pra você! beijinhos!

    Responder
  9. 24 de março de 2010 às 17:40

    Lamentável no Brasil tais iniciativas não terem vez.

    Primeiro que não temos grandes feiras de artesanato, quando tem alguma é aquela de bairro sem estrutura e uma mistura danada de camelô com artesão. São pessoas vendendo produtos do Paraguai ou da China ao lado de senhoras que fazem arranjos com meia de seda.

    E com a falta de conscientização do nosso povo, se uma pessoa decide vender lãs e botões reciclados tá arriscado xingarem ela.

    Ainda bem que existe a internet e o comercio online cresce a cada dia, pois assim pessoas com boa vontade, talento e dedicação tem seu espaço, tanto para despertar a conscientização nas outras como para executar o negócio que acredita.

    Muito bom o trabalho o de vocês.

    Responder
  10. Tânia disse:
    24 de março de 2010 às 19:14

    Olá,
    EU AMO O SEU BLOG!!!
    Sempre tem tudo o que a gente quer e precisa. Coisas maravilhosas!
    Aproveito para te convidar para participar do sorteio de um livro meu em meu Blog. Gostaria muito que vc participasse…
    Um beijão e que Deus te abençoe!
    Tânia

    Responder
  11. Lia.M disse:
    25 de março de 2010 às 05:01

    Adooooro o Superziper! Sempre com boas idéias!
    Achei essa idéia aqui, navegando pelo site Gizmodiva, e lembrei de postar aqui. São braceletes de renda, couro e correntinha. Achei megadelicados e lindos…
    O link: http://tinyurl.com/bracelaces

    Responder
  12. c r i s disse:
    25 de março de 2010 às 08:04

    Achei demais esta idéia, como uma pessoa pode fazer a diferença? taí a resposta…beleza pura!! Bjo!

    Responder
  13. Tatiana disse:
    27 de março de 2010 às 11:34

    Que trabalho fantástico! Quando eu crescer, vou fazer algo assim também!
    Beijinho, meninas.

    Responder
  14. 28 de março de 2010 às 21:25

    Muito legal gurias! Idéias como essa são cada vez mais necessárias para o nosso planeta… Já está na minha lista de afazeres.
    Repassei lá no meu blog, citando também um post mais antigo de vocês, que mostra o passo a passo da reciclagem de um cachecol…
    Bjos e ótima semana!

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»