13 jul 10
outras técnicasoutros bla bla blas
Mega 2010: 10 ideias para repetir em casa
por Claudia

A Mga Artesanal também serve de inspiração para quem visita. É tanta gente criando e fazendo, não tem como não reparar em um detalhe aqui e outro lá. Na nossa visita, além de ficar atentas para as novidades e lançamentos, fizemos uma seleção de 10 ideias que você  pode fazer em casa, sem precisar de um PAP . Tudo só pra se inspirar. Vamos lá?

IMG_2367 Camiseta carimbada

1 ♥ EMBALAGEM DE SAQUINHO DE LIMÃO: Sabe aqueles saquinhos de rede, que o pessoal da feira usa para guardar limão? No stand do Peter Paiva, encontramos esta linha de perfumadores para casa e sabonetes de lavanda embalados assim! A pergunta é: onde será que ele achou essas cores diferentes? Amarelo e verde eu já vi a venda perto da 25 de Março. Mas lilás e branco ?

2 ♥ ESTAMPA DE CARIMBO NO TECIDO: A ideia de estampar roupas com carimbos não é nova, inclusive já convidamos uma vez a Ana Sinhana para escrever e ensinar isso aqui no Superziper. Mas achamos essa versão da Carimbo Mania bem executada, desde os desenhos  com linhas finas dos carimbos até a escolha das cores. Muito bem feita! A prova disso é que os produtos deste stand estavam expostos como amostras do que poderia ser feito com as tintas e carimbos que eles vendiam, mas vi várias pessoas perguntando o preço dos produtos de demonstração, hehe.

Gaveteiro carimbado Banco de garrafa PET (Prof. Sassa)

3 ♥ ESTAMPA DE CARIMBO NA MADEIRA: Neste mesmo stand da Carimbo Mania, eles estrapolaram a ideia para móveis. Aqui uma cômoda em madeira, mas também fotografamos uma moldura de espelho.

4 ♥ BANQUINHO DE GARRAFA PET: Encontramos esse projeto fofo no stand do Professor Sassá, que tem uma revista para crianças pela Editora Minuano. Aliás, essa vaquinha já foi capa! Eu gosto bastante do trabalho dele, com muita reciclagem e reaproveitamento de materiais. Vi também uma caveira articulada usando caixa de leite. Bom para fazer para criançada.

Alfineteiro (We Care About) Broche de veludo estilo vintage (Lina)

5 ♥ ALFINETEIRO: A maioria dos stands ofereciam cursos rápidos e aulas com os materiais. Na We Care About, de botões e outros acessórios em plástico, a gente achou esse alfineteiro na bancada de trabalho. A base foi feita com um carretel de linha branca. E, é claro, as pintinhas brancas e florzinhas da grama são botões aplicados! Por lá também vi um alfineteiro improvisado – um tufo de manta acrílica enfiado na boca de um carretel. Zero de charme, mas nota seis pra funcionalidade. Serve para a hora de desespero ;-)

6 ♥ BROCHE DE VELUDO: Esse estava a venda, mas dá para fazer em casa. Aliás, uma vez publicamos no Superziper algo parecido, que chamamos de broche de 2 minutos. Destaque aqui para o material utilizado. Veludo e um pouco de brilho vai muito bem agora neste inverno.

Azulejo branco como paleta Lustre de garrafa de cerveja

7 ♥ PALETA: Essa ideia aqui eu A-M-E-I! Nunca tinha imaginado em usar um azulejo branco como paleta para pintura. Perfeito! Para pegar no quartinho da bagunça ou na próxima visita ao cemitério de azulejos

8 ♥ LUSTRE DE GARRAFA: Mais uma ideia que veio das criações do Peter Paiva. Esse menino é danado, hein? Garrafas de cerveja cortadas na base eram o principal destaque do barzinho que ele montou lá no stand. Menção honrosa para o nome dos sucos que eram servidos. Aproveito para resgatar uma dúvida que não é nova: estou a procura de um vidraceiro (profissional) em SP que corte garrafas. Já perdi uma manhã de sábado com a lista telefônica nas mãos ligando para vários, então agradeço se puderem me dar nomes :-) PS: também não vai rolar fazer em casa com o método do álcool e barbante, porque já fiz e não deu certo.

Saia estampa candida (detalhe) Cardigã (detalhe)

9 ♥ ESTAMPA COM CÂNDIDA: No meio da Mega de repente aparecem uns cantinhos com exposição de alguma coisa. Dessa vez era uma seleção de roupas de alta costura de marcas brasileiras, com detalhes feitos a mão. Perfeita essa ideia de fazer estampa em tecido usando água sanitária. Quem nunca manchou uma peça de roupa levanta a mão? Importante: muito cuidado antes de fazer isso com uma peça de roupa *querida* – a água sanitária é poderosa e pode chegar a desmanchar e prejudicar a fibra de tecidos mais finos e delicados. Sempre bom fazer um teste antes em alguma parte da costura interna!

10 ♥ CARDIGÃ CUSTOMIZADO: Para terminar o top 10, uma ideia da própria Andrea, que deu um jeito de colocar um detalhe handmade no look que ela escolheu para vestir na nossa visita. O passo-a-passo de como fazer este cardigã com frufrus a la Chanel está aqui, ela ensinou tudinho!

Espero que tenham curtido esta seleção especial. Foi feita com carinho para quem não pode visitar a feira!

38 ZigZags
  1. Tati Belleza disse:
    13 de julho de 2010 às 17:20

    Gostei da idéia dos carimbos em roupas. Tenho carimbos muito legais e gostaria de estampar tecidos mas não imagino como. Primeiro que a tinta pra tecido é muito grossa e não ficou legal, canetinha, sem chances ou na verdade eu é que estou fazendo errado. Como sei que a dupla “Sherlock Holmes e Dr. Watson” sempre desvendam os segredos do mundo craft, deixo a idéia. Um beijão e até a próxima!

    Responder
    • Claudia disse:
      13 de julho de 2010 às 21:46

      a dica que a gente ouviu na feira foi de passar uma camada de tinta bem suave em cima de uma placa de MDF, apertar o carimbo em cima dessa tinta e depois carimbar. Como a placa de MDF é rígida e não deforma, ela vai espalhar bem a tinta pela superfície do carimbo. Achei que fez sentido, mas ainda não experimentei. Tenta!

      Responder
  2. 13 de julho de 2010 às 18:11

    Meninas, só pra avisar que eu já tive duas peças estampadas com água sanitária: uma um vestido que eu comprei, e outra uma blusa que eu mesmo “tingi”. A peça fica muito bonita, mas é bom dizer que, depois de um tempo, as manchas brancas causadas pela água sanitária começam a se corroer, deixando as peças cheias de furinhos :\

    Então nada de tingir peças adoradas com água sanitária! Como as duas que eu tingi foram de malha, também acho que não tem problema se for feito com um tecido mais grosso, como o jeans ou o brim.

    Responder
    • Claudia disse:
      13 de julho de 2010 às 21:41

      oi gabriela, é verdade, dependendo do tecido a água sanitária pode fazer horrores…. o tecido enfraquece.

      Responder
      • Lenita disse:
        14 de julho de 2010 às 11:51

        Claudia, para evitar que o descorado com água sanitária esgarce, com o tempo, logo após o clareamento deve-se neutralizar com vinagre e depois deixar de molho umas horinhas em água com açúcar.
        Dicas de um prof do SENAI Têxtil.
        Bj

        Responder
  3. Aline Santana Silva disse:
    13 de julho de 2010 às 20:28

    Idéias lindas!!
    Muito bom!!
    Beijos!

    Responder
  4. Liliane disse:
    13 de julho de 2010 às 21:48

    acabei não indo esse ano na mega pq tive um peq. problema de saúde na semana da feira, estou super curiosa pra saber como é feito a estampa com carimbo, alguem sabe informar a marca dele e onde podemos comprar? Bjus Li

    Responder
  5. Aurora disse:
    13 de julho de 2010 às 22:14

    Queridas, fazendo scrapbooking eu descobri que tudo depende da qualidade do carimbo que você usa. Se você quiser uma boa impressão como resultado final, além de uma tinta bacana é preciso escolher um bom carimbo. Os carimbos para scrapbooking costumam ser bons. Vale o investimento! Beijos

    Responder
  6. lucia. disse:
    13 de julho de 2010 às 22:20

    Meninas adorei as dicas…estava pertinho da feira…mas estava cuidando de minha irmã que estava doente…fica pra proxima…a saude dela é mais importante…Eu moro no interior de SPaulo e aqui tb tenho dificuldade em cortar garrafas…separei varias….pois quero fazer um lustre…e tenho que leva-las a uma outra cidade…para cortar…e cobram bem caro para fazer o serviço. amei os carimbos…tenho vontade de tentar…carimbar umas roupas…para renova-las..fiquei animada..obrigado por trazerem um pouco da feira para nós…beijos.

    Responder
    • Sonia disse:
      23 de setembro de 2010 às 09:37

      eu vi em algum lugar, nao lembro sim foi na tv o por aqui pela net…para cortar garrafas facinho: voce poe um fio de barbante ao rededor da garrafa onde quer cortar depois molha com alcool e poe fogo nele despois com uma luva e so puxar um pouco que ele sai certinho.

      Responder
      • Claudia disse:
        24 de setembro de 2010 às 20:11

        já tentei mas não fica bonito, a borda fica desigual. ainda estou atrás de um profissional – o acabamento ficaria melhor! mas obrigada pela dica :)

        Responder
  7. Adriana disse:
    13 de julho de 2010 às 23:44

    Amei tudo,adoro as dicas desse blog!

    Responder
  8. Fernanda disse:
    14 de julho de 2010 às 00:34

    Meninas,

    meu pai cortava garrafas quando eu era criança, com uma geringonça feita a partir de uma resistência de chuveiro. Era uma coisa meio MacGyver: duas telhas eram amarradas em V, fazendo um bercinho para a garrafa, que tinha uma peça com a resistência que a cortava (ele montava licores com frutas inteiras no fundo, e depois escondia o corte da garrafa). Anos depois, vi algo parecido em um camelô na 25, e encontrei algo semelhante em sites como o Mercado Livre. Se eu convencer o meu pai a montar outro, faço um PAP.

    Beijo, adoro o blog desde o começo!

    Responder
  9. Eliza Rizo disse:
    14 de julho de 2010 às 00:46

    Queridas, que boas dicas! Adorei!
    O olho delicado de vocês nos trazem muitas novidades (principalmente pra quem não conseguiu ir na feira como eu) :(
    Mas olha… queria dizer que isso de usar azulejos como paleta de pintura é mais velho que andar pra frente! hihihihi Cuando eu era pequena já usavam no atelier de desenho do colégio! E a freirinha que tava lá dando aula era beeeeem velinha! ;)
    beijos a todas!

    Responder
  10. 14 de julho de 2010 às 02:29

    adorei
    vou super me inspirar *-*

    Responder
  11. Laura disse:
    14 de julho de 2010 às 02:48

    Este ano nâo consegui ir a Mega, então estou me inteirando das novidades pelos posts do Superziper.

    Essa coisa de paleta de azulejo, eu tb já conheço de época de escola. Uma dicas de onde achar as redinhas de limão, são nas lojas que ficam na frente do Ceasa, e que vendem embalagens em geral. Já comprei lá para embalar havianas personalizadas para um evento. Vende de kilo, então rende até. Já vi verde, amarela, branca, laranja e vermelha, mas lilás é novidade, mas faz tempo que não vejo essas coisas, pode ser que tenha.

    AMEI do cardi, um luxo !!!!

    Bjsss !

    Responder
  12. Leandra Cetrangolo disse:
    14 de julho de 2010 às 04:40

    Clau

    colo ja falei uma vez aqui, vou ver se encontro o senhor que vendia esses cortadores aqui no centro do rio pra vc! se eu achar te dou um toque pode ser?

    bj

    Responder
  13. 14 de julho de 2010 às 07:47

    Amei a estampa na madeira!!
    =1

    Responder
  14. 14 de julho de 2010 às 10:27

    Oi, fui na Mega e náo vi nada de novo.
    Esse negócio de usar garrafas cortadas é muito velho e tem uma máquina simples para cortá-las.
    Como o Brasil não tem tradição de artesanato, a não ser a indígena, tudo é trazido do exterior, repaginado ( ou não), e o pessoal acha que é criação de alguns.
    Como as almofadas pneus, que chamam de capitonê, técnica que tem como nome Canadian Smocking, que era usada na Idade Média, para enfeitar e franzir roupas.
    Eu tenho quase 50 anos e sempre comprei revistas importadas de decoração e artesanato, então conheço muitas técnicas, que o pessoal acha que são novas, mas vem de fora.
    E com a internet, então, o conhecimento vai longe, é só procurar em outros idiomas.
    Outra coisa que me irrita é artesanato feito por quilo, com tudo pré feito, destaca, gruda, e tá pronto!
    Isso pra mim não é artesanato!
    A única coisa que me agradou foi o stand da Martha Stewart, e a mulherada que foi comigo nem sabia quem ela era!
    Mas, foi proveitoso , pra mim!
    Levei meus trabalhos pra o pessoal da Círculo conhecer e eles amaram! Vamos ver no que dá!
    Acho que quem sai ganhando nessas feiras , são os vendedores de material, porque a mulherada compra mesmo.
    O slong é “Artesanato é terapia”,… que seja então!

    Responder
  15. ale disse:
    14 de julho de 2010 às 11:33

    meninas,

    obrigada por mais um post superbacana sobre a feira!

    =^ . ^=

    Responder
  16. Lenita disse:
    14 de julho de 2010 às 11:49

    Claudia, aqui em SP, na Rua Cardeal Arcoverde, há um estúdio Salva-vidros (não sei o número correto, mas fica entre as Ruas Con Eugênio Leite e Matheus Grow) e eles cortam.
    Mas achei o preço caaaaro…
    Bj

    Responder
  17. Sunset disse:
    14 de julho de 2010 às 12:40

    Esse site é muito legal!

    Já coloquei a dica do carimbo em roupa na fila das coisas que devo colocar em prática, rs [agora tô enrolada com uns bordados e um cachecol].

    E ontem eu fui na Center Lã de SBC comprar uns fios e lembrei muito do site de vcs, rs. Me derreti vendo os micro botões da We Care About, são muito “micro”, muito fofooos <3

    Bjs,

    Responder
  18. 14 de julho de 2010 às 12:40

    Olá,
    Sou nova por aqui, mas gostaria de deixar uma dica sobre os carimbos. A tinta Stazon usada em scrapbook é boa também para tecido. Ja usei e funcionou.
    Besitos desde España.

    Responder
  19. Luciene Arbeli disse:
    14 de julho de 2010 às 16:06

    Olá!!

    Visito sempre vcs mas é aprimeira vez que deixo um comentário, espero fazer disso mum hábito!rs

    Amei as dicas!!

    Bjins, Lu

    Responder
  20. Fabi disse:
    14 de julho de 2010 às 17:10

    Andrea

    Em relação a vidros, cortar vidro não é assim tão dificil..requer um pouco de treino, paciencia…e é claro cuidados basicos…recomendaria voce comprar um cortador de vidro com a ponta de diamante…hj tem até uns que são eletricos…neste site(http://www.shoppingdovidraceiro.kit.net/shopping/pag_1208699_002.html) voce consegue comprar …e um vidraceiro legal poderia te dar uns toques pra voce…

    Responder
  21. Roberta Martins disse:
    14 de julho de 2010 às 22:04

    Olá, Andrea, não sei se pode por endereço de outros sites aqui, mas é que há tempos andei procurando como cortar vidros, e no site http://www.fazfacil.com.br/materiais/vidro_trabalho.html, tem uns videos interessantes… num deles aparece um aparelho elétrico, quem sabe não te inspira a fazer um já q a Fernanda deu a idéia da “engenhoca do pai”…
    Por favor delete este post se não puder ter o endereço desse site.
    Bjs

    Responder
  22. Alehana disse:
    14 de julho de 2010 às 22:33

    Olá Claudia, como vai.
    Uma vez cismei que precisava de um saquinho do tipo que vc citou no item 1 e não tive dó de cortar uma esponja de banho,dessas que vem em brinde de sabonete , composta de vários saquinhos amarrados com um fio de nylon. Agora não me recordo a marca faz ficou bem legal.
    Quanto ao corte de garrafa, parece que o Peter Paiva tirou a idéia da minha cabeça! Faz tempo que eu ganhei umas garrafas importadas e de tão lindas resolvi fazer um lustre, meio-caseirão,mas também não sabia como cortá-las. Pesquisando na net achei este método: “Materiais : uma garrafa ou garrafão, óleo queimado, um pedaço de ferro.
    O óleo queimado, podem arranjá-lo numa estação de serviço, onde se muda o óleo dos automóveis. O ferro, em qualquer prédio em construção. Serve um pedaço de ferro de mais ou menos 50cm e que é usado no cimento armado.
    Encher a garrafa com o óleo até à altura em que se pretende cortar. Entretanto, coloquem o ferro sobre a chama do fogão a gás para aquecê-lo ao rubro. Quando estiver em brasa, introduzir o ferro no óleo. A garrafa partir-se-à de imediato. Se não resultar à primeira tentativa, repitam a operação.
    Não esquecer de limpar bem o interior da garrafa com um bom dissolvente, para não ficarem vestígios do óleo. E devem limar as arestas com uma lixa grossa ou uma lima fina, para evitar possíveis cortes.”
    Fonte(s):http://plantasdeinterior.com.sapo.pt/jardins1.htm
    http://www.fazfacil.com.br/materiais/vidro_trabalho.html
    http://www.fazfacil.com.br/artesanato/vidro_cortando.html
    Tem uma variação da mesma técnica, usando água:
    “* um ferro (vergalhão) de construção comprido o bastante para entrar na garrafa e sobrar para o lado de fora
    * luva
    * fogo
    * água até a altura da garrafa onde você quer cortar
    Faça assim:
    * coloque a água na garrafa
    * coloque a luva e segure o ferro
    * aqueça com o fogo a ponta do ferro até ele ficar incandescente (vermelho)
    * mergulhe rápido o ferro dentro da água na garrafa
    A garrafa vai se partir na linha da água.
    Apenas tome cuidado com o fogo e com o ferro quente, e com as rebarbas do vidro cortado. Use uma lima para desgastar o vidro. “
    Não fiz nenhuma das técnicas. Estou esperando maridão ter tempo para realizar a façanha.;-P
    Quanto endereço não vou poder ajudar pois não moro em Sampa.
    Um grande abraço a vc e a Andrea
    Alehana

    Responder
  23. S disse:
    16 de julho de 2010 às 20:46

    Oi, Claudia
    passei para ver as novidades do teu blog e adorei as ideias da Mega artesanal.
    Bom final de semana.

    Responder
  24. 18 de julho de 2010 às 22:21

    Otimas ideias, mas.. essa do carimbo na camiseta eu tb quero!
    Eh tao simples, mas eu nunca tinha pensado nisso! haha..
    Ai gente, amo esse blog!! Voces ahazam!

    Bjuss

    Responder
  25. Luisa disse:
    09 de agosto de 2010 às 21:24

    Oi oi, to passando aqui porque eu esqueci de avisar que esse post foi considerado um dos mais legais do mês de julho do TRANSYLVANIAS :), parabéns!
    http://transylvanias.wordpress.com/2010/07/31/www-do-mes-2/

    Responder
  26. Andréa disse:
    29 de setembro de 2010 às 12:03

    Olá Cláudia, acabei de fazer uma pesquisa no Youtube para cortar garrafas, eu achei ótima. Fazendo em casa você vai poupar tempo, dinheiro e dor de cabeça. Tem de todo jeito: com o cordão e álcool, com resistência de chuveiro e tijolos, e tem um solar com uma lente de aumento, o mais ecológico e barato (sem comentários).
    Já tentei também fazer em casa com o cordão e álcool e não consegui, mas acho que foi porque precisava demorar mais um pouco com a garrafa dentro da água fria.
    Espero que ajude:
    http://www.youtube.com/watch?v=8s1QAoGtHqg&feature=related
    http://www.youtube.com/watch?v=pzH1CvzowBo
    http://www.youtube.com/watch?v=DMc4yI9lXJI&feature=fvw
    http://www.youtube.com/watch?v=OqqdnEQlt7I&feature=related
    http://www.youtube.com/watch?v=rDpLBW-Ablk
    http://www.youtube.com/watch?v=Zal2tLtXLBA&feature=related
    Abraços

    Responder
  27. 18 de dezembro de 2010 às 20:07

    OI gente . é melhor ter um cortador de verdade pois estas tecnicas não dão certo e são perigosas. Em são Paulo tem cortadores legais porem não sei o endereço. O mapa da mina ninguem da to certa? Bjs Regina

    Responder
  28. SHEILA disse:
    22 de fevereiro de 2011 às 11:47

    querida, para cortar a garrafa ñ dá certo com alcool e sim querosene, coloque agua amarra o barbante embebido na querosene e coloque fogooo… ai dá certo

    Responder
  29. cleide disse:
    24 de janeiro de 2012 às 16:46

    Oi meninas,é a minha primeira vez aqui.
    estou adorando as novidades.Também estou à procura de um cortador de garrafa! se achar conto pra vcs.bjs

    Responder
  30. Eliana Tonin disse:
    29 de junho de 2012 às 07:43

    Estive na Mega, dia 28 e amei o quarto de costura. Parabéns!!

    Responder
  31. lucielma melo aguiar disse:
    23 de fevereiro de 2014 às 12:26

    adorei o site de voces foi amor a primeira vista

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»