20 out 10
costurafashion
Haramaki ou, na nossa versão, tapa-cofrinho!
por Claudia

Haramaki ou tapa-cofrinho

Quem vai discordar de mim que o cofrinho é uma das coisas mais grosseiras e deselegantes que surgiu desde o aparecimento das calças de cintura baixa? Nem vou me estender muito por aqui, com exemplos, porque acho péssimo e de um mau gosto tão grande que nem gosto de ficar me lembrando das cenas que já fui obrigada a ver – tanto de mulheres como de homens. Enfim…

Pois unindo a sabedoria dos japoneses – que inventaram o haramaki (em tradução literal, “aquecedores de barriga”) – com a necessidade de esconder dos outros o que as calças baixas cismam em mostrar, surgiu a faixa tapa-cofrinho, hehe.

Dá para fazer do zero, costurando ou até mesmo tricotando (boa ideia de projeto para iniciantes). Mas a gente optou pela reciclagem (de novo!) e cortando a barra de uma camisetinha que tenha um pouco de lycra ou elastano, você chega nesse modelo! Nada muito complexo.

Cortando a camiseta De frente

Essa minha camiseta bem velha serviu de peça piloto. Gostava muito dela, só tive coragem de ir adiante porque a lycra da gola já estava meio deformada e não dava mais para usar.

Cobrindo o cofrinho De costas

Perfeito não? Pode-se dizer que é uma peça 3 em 1: tapa-crofrinho, aquecedor de barriga e acessório de estilo. Dependendo de como você combinar, dá para fazer umas sobreposições bem legais. Um dia andando pela Av. Paulista/ Brigadeiro, a Andrea e eu vimos em uma loja um saldão de regatinhas em cores fluor. Deu a maior vontade de comprar para fazer mais uma faixa. Imagina um haramaki rosa-choque com uma roupa preta? As combinações são infinitas.

Haramaki

Para quem não está a fim de fazer – e prefere comprar – a Andrea achou uma loja online japonesa que vende em estampas bem diferentes o haramaki, polainas e também “keito-no pants”, uma espécie de short-ceroula (imagino que seja para homens).

Já os que preferirem fazer a peça do zero, do molde até a costura, aqui tem um passo-a-passo detalhado (em inglês).

E vocês, já tinham visto algo parecido? As fotos aí de cima a gente tirou no Ibirapuera durante o PicKnit e fez o maior sucesso – aprovado por todas que viram! Mas principalmente por mim que usou – imagina sentar na grama de pernas cruzadas sem um desses?

56 ZigZags
  1. 20 de outubro de 2010 às 08:36

    Oi garotas,
    Adorei a versãode vcs! Solução para muita coisa horroros que a gente vê por aí.
    Bjkas e uma ótima 4ª-feira para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    Responder
  2. 20 de outubro de 2010 às 09:57

    Adorei a idéia. :D

    Responder
  3. Pauline Incutto disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:03

    Super bacana essa idéia! Vou aderir, pois é uma dificuldade pra mim conciliar o cós da calça com a barra da camisa. Adorei!
    Bjs…

    Responder
  4. Flávia disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:10

    Claudinhaaaa,Maravilhosa idéia!!!
    Como toda brasileira,sou pequenininha em cima mas tenho quadril largo e bundão!rsrsrrs,e nem por isso gosto de mostrá-lo por aí,rsrrsr.A dica é boa porque onde moro(Guaratuba-Pr.)Andamos muito de bike,pois a city é plana e pequenina,eu sofro horrores…imagina,pedalar toda charmosa,cuidando com a calça ou bermudinha jeans para não aparecer o cofrinho??Agora meus problemas acabaram,rsrsrr.Vou correr lá no armário ver qual blusinha irá para o corte,sem dó nem piedade!
    Bjussss querida té!

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:35

      Tambem ando de bike e nunca tinha pensado nisso! Acabei usando meu haramaki mais no dia a dia. Vou adotar na proxima pedalada!

      Responder
  5. Uiara Hoffmann disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:18

    Oie! Acompanho o blog e gosto bastante, vocês estão de parabéns!
    Tenho uma amiga que usa Haramaki a tempos e nem sabe, ela adaptou um top tomara que caia para esse fim, desses que vc compra por 10 reais pra pular o carnaval ou fazer ginastica. É uma ótima ideia.

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:36

      e’ bom porque o elastico ajuda a manter no lugar, mas nao serve para quem tem quadril grande, hehe

      Responder
    • Sunset disse:
      21 de outubro de 2010 às 00:38

      Uiara, sabe que eu fazia isso também?
      Mas, com a falta de “tomara-que-caias” decentes e adaptáveis pra esste fim no mercado, tive que começar a comprar camisetinhas mais compridas.

      Obrigada SZ por esse post, resgatou esse costume da minha memória (e eu nem sabia que tinha nome). Além de ser funcional, pra quem gosta de deixar a barra da blusinha aparecendo, como eu, dá pra fazer a festa com essa pecinha!

      Bjos!

      Responder
  6. judite disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:27

    Ótima idéia! Grata por compartilhar!Bjs
    Jud-artes

    Responder
  7. fátima carneiro disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:38

    Meninas, vcs não tem noção como gostei deste post, acho q ele pode ser considerado “utilidade pública” pra maioria das brasileiras,rs. Eu, como uma legítima, tenho bumbum grande, quadril largo, perna grossa e o cofrinho digamos, quase um “caixa forte”, aff….
    Vou fazer o mesmo q a Flávia ai de cima, correr pro armário e pegar a 1ª podrinha q estiver dando sopa e quase caindo em desuso e me jogar pra ter um haramaki pra chamar de meu e dar adeus aos cofrinhos da vida.
    obrigada meninas, valeu!!! bjs

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:37

      certeza que voce vai gostar!! depois volta pra contar :-)

      Responder
  8. Luciana disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:52

    Adorei! Faz muito tempo que tenho tentado encontrar haramakis no e-bay :P
    Tem umas versões bem bonitinhas no Japão (disney e sanrio) que eu amei, mas não enviam pro Brasil :(
    Eu já fiz vários pra mim desse mesmo jeito que vcs ensinaram, só que eu uso blusinhas infantis pq as de adulto não ficam justo o suficiente em mim… hahaha

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:38

      Pensei nisso tambem. Dai fui na Zara e fiquei chocada… a regatinha infantil era quase o mesmo preco da de adulto!

      Responder
  9. Bia disse:
    20 de outubro de 2010 às 11:57

    Sempre visito por aqui e nunca comento, pois sou uma admiradora – morro de vontade de aprender e fazer – mas nunca botei a mão na massa pra fazer um ‘craft’ – porééééém, essa idéia simples e genial me deu vontade de rodar meu guarda-roupa pra fazer um igual!

    Comprei umas calças mais justas nos últimos tempos, mas não tenho muitas blusinhas compridas pra usar com elas, e essa idéia de colocar o Haramaki por baixo de uma blusinha mais curta é sensacional… ter uns Haramakis de cores variadas para fazer várias combinações e tal… ai ai, adorei! Valeu pela dica e adoro o blog de vocês :)

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:39

      e’ bom mesmo ter em varias cores porque meio que vicia… a barriga fica quentinha, da’ uma sensacao boa!

      Responder
  10. Larissa disse:
    20 de outubro de 2010 às 13:36

    Cofrinho aparecendo é o fim, pior é nas classes da faculdade em que eu fico semre pensando se esta ou não aparecendo, tenhos sempre que por um casaco na cadeira, Agora eu vou providenciar uns desses pra mim.

    Responder
  11. 20 de outubro de 2010 às 17:30

    Grande idéia! Ao menos fica muito mais elegante!! Bjs!

    Responder
  12. Flávia disse:
    20 de outubro de 2010 às 19:49

    Adorei a idéia, mas fiquei com uma dúvida. Qdo e como usar exatamente? Na foto a sobreposição das meni ficou ótimo, mas não consegui visualizar com as minhas roupas. Alguém me ajuda?

    Obrigada,
    Bjs

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:46

      Da’ para usar por dentro, como mostramos, mas tambem por cima da blusa – como um cinto largo. Veja essas fotos para inspirar.

      Responder
    • Sunset disse:
      21 de outubro de 2010 às 00:44

      Flávia, procura por “haramaki” nas imagens do Google. Vc vai ver que até os meninos usam, é super simples de combinar

      =)

      Responder
  13. Ila disse:
    20 de outubro de 2010 às 21:16

    Vocês tem ideias tão geniais!
    Adoro… Beijos e obrigada por me fazer sempre feliz, com as novidades que me enviam.

    Responder
  14. Ariadine disse:
    20 de outubro de 2010 às 23:07

    Amei a idéia! Deixo de usar muita combinação de roupa por causa do bendito (e curto) comprimento das blusinhas que não combinam com a calça de cós baixo. Certamente que vou adotar!

    Responder
  15. Sunset disse:
    21 de outubro de 2010 às 00:42

    Vou comentar de novo porque gostei muito mesmo desse post.

    – É fácil e barato (diria que é até sustentável, pelo reaproveitamento das roupas)
    – Protege o cofrinho
    – Segura os pneus
    – Permite infinitas combinações
    – Alegra a vista alheia, se os itens acima estiverem em harmonia

    Genial da parte de vcs terem lembrado disso!

    bjos!

    Responder
  16. roberta disse:
    21 de outubro de 2010 às 05:51

    Eu adoro o haramaki ( hara =barriga maki do verbo maku = enrolar ) ….
    bem eu suo no inverno tem de todo tipo agora com a chegado do inverno …nao durmo sem minha hara maki …tem uma versao com bolsinho pra colocar Kairo ( conhece? umas pedrinhas que aeucem nos dias de mulherzinha sao uma beleza ) !
    estav pensando em fazer minhas prorpias haramaki …gostei da ideia …

    Responder
  17. Mariane disse:
    21 de outubro de 2010 às 19:29

    Que gracinha ,adorei! Todo mundo precisa muito de um desses, um não, vááários!

    Responder
  18. Suzana disse:
    22 de outubro de 2010 às 14:22

    Adorei! Ótima ideia!
    Meninas, vocês já viram esse tapa-cofrinho http://www.choradaria.com.br/tapa-cofrinho/ ? Eu ri muito! Quem vai usar usa coisa dessa?

    Bjos

    Responder
    • Nara disse:
      24 de outubro de 2010 às 09:31

      Suzana, tomara que essa moda não pegue..kkkk.Não sei o que é pior…

      Responder
  19. cybele disse:
    22 de outubro de 2010 às 14:37

    E eu pensando dia desses em como resolver a situação. No clima ameno usei algumas daquelas blusinhas coloridas da Tri Fill e funcionou. Então não estou tão por fora assim! Mas estava pensando em como solucionar no verão, sem ter que usá-las por baixo da blusa ou arranjar uma calça de cintura alta…taí a solução!

    Responder
  20. Célia disse:
    23 de outubro de 2010 às 09:20

    Essa ideia as gravidas na França usam muito, quando eu engravidei , eu morava la e não tive duvida peguei uma tesoura e adeus pra algumas das minhas velhas baby looks, ficou o maximo e o barrigão quentinho mesmo!!beijocas!!

    Responder
  21. véia disse:
    23 de outubro de 2010 às 16:34

    Adoro também, sinto muito frio na região lombar, principalmente quando fico horas sentada no tear, vou gelando e ficando muito desconfortável. Adorei a ideia prática+fofa+funcional.

    Responder
  22. Nara disse:
    24 de outubro de 2010 às 09:18

    Muito, muito boa a idéia. Adorei, vcs sempre inventando coisas bacanas.

    Responder
  23. Ju Maciel disse:
    24 de outubro de 2010 às 14:18

    Adorei a ideia! E já coloquei em prática! Usei uma camisetinha cinza de mescla que eu tinha comprado há um tempão, mas não usava pq é era mto apertada na gola. Ficou ótimo! Como a blusa era meio larguinha, tive que usar um alfinete de segurança (ou como nós gaúchas falamos, uma “joaninha”) para segurar o meu haramaki no lugar. Minha mãe viu e sugeriu pespotar a parte de cima com lastex (é só colocar o elástico no carretel de baixo da máquina de costura). Vou tentar e aviso se ficou bom!

    Responder
  24. Ericka disse:
    24 de outubro de 2010 às 15:25

    Gente, sou APAIXONADA por esse blog! Amei a idéia! Pra começar do zero um projeto desses acho que não tenho capacidade… Além de não ter máquina de costura nem mta habilidade… MAASS… Pra cortar uma camisetinha velha, vai! O problema, como vc msma falou do post, Claudinha… É perder a dó de cortar peças que a gente nutre um amor!! HUAHAHAUHAUH…

    Um bju!

    Responder
  25. catarinanl disse:
    25 de outubro de 2010 às 19:25

    A-D-O-R-E-I!

    Responder
  26. Flávia disse:
    26 de outubro de 2010 às 16:34

    Claudia e Sunset,

    Obrigada pelas dicas! Vou aproveitar o feriado e fazer o meu.
    Bjs.

    Responder
  27. Lan Succi disse:
    26 de outubro de 2010 às 18:00

    Se eu conhecia isso? imagina onde foram parar meus tops de malha das mais variadas cores? Na regiao da cintura da minha filha kkkk. Ja faz tempo que se apoderou deles.
    Acabei de passar no Carrefour pertinho da La Fayette e vi daquele sabonete liquido que vc usou p fazer um estojo. Quase fiquei emocionada kkk. Bjo menina.

    Responder
  28. 02 de novembro de 2010 às 12:14

    simplesmente A-MEI. adotarei essa moda, em breve!!
    kk
    beijokas

    Responder
  29. valdileide disse:
    04 de novembro de 2010 às 17:42

    simply the legal.amei ideia.obrigada.

    Responder
  30. Luana Gomes Paulino disse:
    06 de novembro de 2010 às 11:46

    Não émais fácil usar uma calça de cintura no lugar,ou uma camiseta comprida?

    Responder
  31. Aline disse:
    09 de novembro de 2010 às 13:54

    A idéia é ótima!
    Mas gente, por que insistimos em comprar e usar uma calça que não cobre o que deveria cobrir?

    Responder
  32. 16 de novembro de 2010 às 01:45

    Muito bacana o seu post sobre o haramaki, e muito simples de fazer. A primeira vez que me deparei com essa faixa de cobrir a barriga foi quando estava grávida, e foi um acessório indispensável durante toda a gravidez e depois! Quando a faixa é um pouco mais comprida (do que a mostrada por vcs) permite que a futura mamãe continue usando as calças, que vão ficando difícil de fechar, e blusas que vão ficando mais curtas, além de ser um charme, é claro.
    Luciana

    Responder
  33. Heloisa disse:
    22 de Janeiro de 2011 às 16:23

    MARAVILHOSA IDEIA, O BOM SERIA MESMO SE PUDESSE EXISTIR SOMENTE CALÇAS COM CINTURAS MAIS ALTAS, PORQUE NAO É SO O COFRINHO QUE VEMOS POR AI E SIM UM DESFILE DE PNEUZINHOS A MOTRA, COM ESTA CALÇA MAIS NA CINTURA EVITARIA TANTOS CORPOS DE ADOLECENTES FICANDO FEIOS POR CAUSA DESTAS CALÇAS, MAS AINDA BEM QUE INVENTARAM ESTA IDEIA QUEM SABE PEGA A MODA, E CONCORDO COM A AMIGA CLAUDIA TER UM DE CADA COR PARA COMBINAR, FICARIA MUITO MAIS ELEGANTE CONCERTEZA.

    Responder
  34. Fabi Prado disse:
    03 de Março de 2011 às 08:12

    Meninas….

    Muito obrigada pela “dica”….
    Eu como patchworkeira vou agorinha mesmo bolar um haramaki prá mim!
    Nossa…. isso é tudo de bom!!!!
    dá até prá pegar blusinhas com renda e encrementar com uns paetês para dar um charme!!!

    Muito show!
    amei!
    parabens Claudinha! Valeu

    Responder
  35. Marina disse:
    24 de Março de 2011 às 14:31

    olá meninas, nossa achei isso legal, e eu odeio mostrar o cofrinho.. mas eu já costumo compras as calças um pouco mais altas, mesmo sendo dificil achar, eu sempre encontro. tem cortes que nunca saem de linha de nenhuma marca.

    Responder
  36. Paola disse:
    12 de Maio de 2011 às 10:09

    Gente… já cortei uma regata velha e aprovei, tanto pra aquecer a barriga, como pra tapar o cofre, andando de bike, sentando, agachando. Super útil e fica lindo!

    Mas tenho uma dúvida…
    Tenho uma blusa de lastex cinza, o tecido é lindo, mas ela é muito curta, e além disso disso tem aqueles peitos franzidos, que não fica bem em mim.
    Será que dá pra fazer um haramaki com lastex ou fica over?
    Fiquei receosa, por que o lastex na região do quadril pode alargar, não? Ainda mais uma cor clara…

    O que acham????

    Obrigada!

    (amo o blog, só não comento sempre^^)

    Responder
    • Andrea disse:
      17 de Maio de 2011 às 22:32

      Hummm gostei, acho que pode ficar legal sim, contanto que o lastex não deixe a faixa muito apertada pq ai vc perde o conforto. Também veja se o lastex não vai deixar o teu quadril com muito volume. bj

      Responder
  37. Paola disse:
    13 de junho de 2011 às 13:08

    Opa…
    Voltei pra contar como ficou o haramaki de lastex…
    Não sei se é porque o lastex éra frouxo demais, ou se o tecido não ajudou, mas não deu muito certo, ficou escorregando pra cima.
    Pra ficar em casa sentada fazendo alguma coisa, até rola. Mas é só dar começar a andar que sai tudo do lugar.
    Como queria uma peça pra principalmente andar de bicicleta, vou ficar só com os de malha mesmo.
    Estou planejando uma visita ao maior brechó da cidade pra adquirir novos haramakis (tá certo este plural?) de blusa da malha.

    Até!

    Responder
  38. Giselda disse:
    23 de junho de 2011 às 22:12

    Olá , meninas achei o máximo, até compartilhei no face.
    Uma ideia genial, fala serio, mostrar cofrinho é maior mico..rsr
    Obrigada por compartilhar. bjs
    Eu amo seu site..

    Responder
  39. tatiana disse:
    18 de julho de 2011 às 18:37

    Vou aderir também adoro coisas práticas e confortáveis.Aproveitando a oportunidade gostaria de pedir uma idéia de máquina de costura.Quero comprar uma, mas não sei qual.Queria uma máquina boa,que fizesse várias coisa e que valesse a pena comprar.

    Responder
  40. Michelle R. disse:
    21 de julho de 2011 às 23:19

    E como faz pra reformar A PRÓPRIA CALÇA de modo que o cofrinho não apareça?

    É fogo achar jeans cujo cós seja cortado certo…

    Tentei costurar um elástico no cós de um jeans de cintura baixa que tenho, por dentro, mas ficou parecendo jeans de nenê. E nem funcionou da maneira como imaginava… Alguém tem uma dica?

    Responder
  41. Margarut/ SP disse:
    16 de novembro de 2011 às 01:49

    Uau! Idéia fantástica! Infelizmente “padeço” desse “mal” rs, minhas blusas “insistem” em subir :(
    Só fiquei com uma dúvida: qual é a medida ideal…algo como um palmo (+ ou – 21cm)?

    Parabéns pelo espaço!

    Bj

    Responder
  42. Rosi disse:
    10 de Janeiro de 2012 às 15:43

    Gostei da ideia. Como sou alta, qualquer calça fica baixa.kkk

    Responder
  43. Karina Lee disse:
    20 de Março de 2013 às 13:42

    No pinterest vi uma peça parecida com essa, mas toda de renda, muito gracinha.

    Responder
  44. Sandra disse:
    29 de Março de 2013 às 15:06

    Amei essa idéia…agora meu marido vai parar de ficar me falando que fico mostrando o cofre pra todo mundo…rs, como eu tenho filho pequeno e toda hora tem que ficar abaixando…imagina o desastre…mas agora com a idéia de vcs…acabou…valeu mesmo ^ ^

    Responder
  45. Agra Priscilla disse:
    05 de outubro de 2013 às 20:36

    oii ;) eu uso isso nem sabia que tinha nome kkk na gestação e as calças não vão cabendo mais resolvi fazer um elastiquinho com um botao para aumentar o alcance da frente e fiz várias faixas dessas para tampar a abertura que ficou .. e de quebra ajuda a segurar a barriga ;) super moda gestante kkk adoro não preciso comprar calças de gestante uso normalmente todas as minhas calças com o acessório de elastiquinho e a faixa ;)

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»