07 out 10
tricô e crochê
Zipervideo: Cordão rabo de gato
por Claudia

rabo-de-gato-cogumelo

Taí uma técnica bem legal para fazer com as crianças, o tradicional tricô de tear ‘rabo de gato’. Eu usei esse cogumelo de madeira que comprei faz tempo no Norsk Folkemuseum de Oslo (Museu do Foclore). Acho que ainda deve ter similares pra vender em algum armarinho dos antigos aqui no Brasil. Mas se vocês não encontrarem, dá para improvisar e fazer usando um carretel de madeira com quatro preguinhos ou qualquer peça de madeira, plástico ou papelão que tenha um furo no meio e dê para colocar quatro pontinhas em cima. Na internet já vi até com tubo de papel higiênico e com perna de cadeira (GENIAL!) E esse aqui parece um tubo de mini-M&M. Ou seja, creative ladies & gents, com certeza vocês têm algo em casa que vai servir.

Fiz um vídeo de 2 minutinhos, bem didático. E pra garantir logo abaixo, também coloquei  fotos do passo-a-passo.

Só pra refrescar a memória de quem viu o vídeo, o tricô rabo de gato funciona assim…

Primeiro você passa o fio de cima para baixo e deixa uma pontinha pequena sobrando no fim. Na parte de cima, você precisa enrolar o fio por cada um dos quatro preguinhos. A lã passa em volta fazendo o desenho de uma letra “e”.

Rabo de gato: passo 1 Rabo de gato: passo 2

Passe por um, dois, três e quatro preguinhos. Faça isso duas vezes, você precisa de duas “camadas” de lã para começar a brincadeira.

Com a ajuda de uma agulha de crochê, puxe o fio de baixo e passe-o por cima do preguinho, jogando-o para o “meio”. Faça o mesmo com os quatro preguinhos, seguindo a sequência de um ao lado do outro.

Rabo de gato: passo 3 Rabo de gato: passo 4

Quando terminar, puxe o fio de baixo para “desembolar” e terminar essa 1a etapa. Basicamente é isso. Cada passada de fio pelos quatro preguinhos é como se fosse uma nova “carreira” desse tipo de tricô.

Continue até formar um cordão do tamanho que precisa. Para arrematar, basta passar a ponta do fio pelas 4 “argolinhas”, puxar e dar um nó. Aqui nesse vídeo, o Mauro ensina fazer o arremate – vale a pena conferir por esta dica, pela técnica – que é ligeiramente diferente – e pelo improviso: ele usou um tubo de PVC com 4 toquinhos de lápis de cor! Fuefo…

Rabo de gato: passo 5 Rabo de gato: passo 6

Olha só como fica o resultado final: 

Rabo de gato: materiais

A grande pergunta é… o que fazer com isso?A Andrea, quando me viu fazendo isso no Piknit no domingo retrasado, sugeriu que ficaria fofo encapar uma tiara. Vou dizer a verdade. Ainda não fiz nada com o meu tricô multicolorido. Mas procurando na internet tem várias ideias. Busquem por spool knitting, que é como essa técnica é conhecida lá fora.

PS: quem souber onde se compra esse tipo de acessório em madeira no Brasil, avisa nos comentários!

67 ZigZags
  1. Lan Succi disse:
    07 de outubro de 2010 às 10:13

    Parece um ótimo passatempo!

    Responder
    • dalva trajno disse:
      19 de abril de 2011 às 22:07

      eu estive aqui olhando esta tecnica de rabo de gato e me lembrei que eu fazia isso qd eu tinha 10 anos e olhe que agora estou com 58 anos, eu fazia com carretel de linha e colocava 4 prequinhos ficava lindo e eu fazia tapetes pra o meu quarto só enrrolando ou mesmo quadrado, e em baixo eu colocava um forro, como ficava lindo! eu penssei que não se fazia mais isso fiquei tão feliz por ainda existir, fica com Deus.

      Responder
      • fernanda disse:
        12 de julho de 2011 às 10:45

        Eu também. fazia com carretel e cordão que tirava escondido do bar de meu pai. Mas, não me lembro como arrematar.
        Estou fazendo cachecol;Está lindo mas arrematar está dificil.
        Será que pode me ajudar?

        Responder
  2. Mayra disse:
    07 de outubro de 2010 às 11:17

    Olha que bacana, achei interessante. É uma técnica semelhante ao tear de preguinhos!!!
    Aproveito para dizer que simplesmente amo o Superziper.
    Beijocas

    Responder
  3. Juliana disse:
    07 de outubro de 2010 às 11:32

    Oi meninas! eu tenho um tearzinho de rabo de gato que comprei num armarinho aqui em BH. Não é tão lindo como o de vcs mas funciona muito bem. É de MDF, tem um buraco de 2cm de de diâmetro e 4 preguinho desses comuns mesmo. Não tem marca! e me parece que onde vende daqueles teares de prego vc tbm encontra desse!
    Super beijo!!!

    Responder
  4. 07 de outubro de 2010 às 11:53

    Eita,era esse passo a passo que eu precisava…comprei para fazer mas não sabia nem por onde começar,rs.
    O meu é simples de madeira, uma roda branca com quatro preguinhos…amei essa técnica,parece ser muito gostosa de fazer,vou me empenhar e criar algo.
    Esse cogumelo ta muito fofo, vou procurar aqui em minha cidade e ver se acho alguma coisa tão bonitinha quanto esse e lhe aviso.
    Beijinhos :)******

    Responder
  5. 07 de outubro de 2010 às 12:15

    Meninas, me ajudem, vou ter um sobrinho e fui escalada pra fazer o famoso primeiro sapatinho vermelho, aquele que ele ou ela vai usar na maternidade assim que nascer. Será que vcs me conseguem uma receitinha fácil de crochê (não sei tricotar) pra mim??

    Eles não vão querer saber o sexo, então tem de ser unisex

    Bjos, Amo o Superziper!!!

    Responder
  6. Oriana Harumi disse:
    07 de outubro de 2010 às 13:39

    nossa eu comecei a ficar fazendo isso quando aprendi a fazer tricô de dedo e pensei: poxa, dá pra fazer os “dedos”com pregos em algo redondo. acabei pegando um carretel e deu certo, mas esse seu cogumelo é demais!
    eu fiz uns bem fininhos e com linhas finas também e acabei fazendo pulseirinhas! ficaram um charme!
    beijos meninas
    e parabéns!

    Responder
  7. 07 de outubro de 2010 às 14:08

    Muito fofo!! Isso é coisa da minha infância… Bjs

    Responder
  8. Ana Rosa disse:
    07 de outubro de 2010 às 15:27

    Meninas, no center-lã eles vendem esse acessório, claro não é tão bonitinho, mas vem em 2 tamanhos, um mais largo outro fininho, se conseguir tiro uma foto e posto pra vcs verem.
    bjs
    ANA ROSA

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:22

      manda sim. em que cidade fica essa loja?

      Responder
  9. 07 de outubro de 2010 às 16:14

    fofo….
    Agora voltei na infância….
    Na 4ª série tinha um colega que fazia isso….
    Às vezes ele deixava eu levar pra casa pra eu fazer um pouco…rsrs

    O objetivo era fazer uma tapete redondo…..

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:22

      fofo é o seu amigo da escola que emprestava pra levar pra casa, que legal!

      Responder
  10. Fernanda disse:
    07 de outubro de 2010 às 17:59

    Ah que linda essa lã, deve ficar fofinho com cordão encerrado fino para fazer colar… Mas, uma dúvida: COMO FINALIZA, como arrematar os pontos???

    Beijokas ^^

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:21

      Oi Fernanda, eu arrematei passando a ponta da lã pelas 4 argolas, puxei e dei um nó. Aqui nesse vídeo ele ensina direitinho – inclusive a técnica é um pouco diferente, vale a pena ver por isso também.

      Responder
  11. 07 de outubro de 2010 às 18:37

    Eu fiz um com uma perninha de banco antiga que tinha aqui em casa! :) Uso pra fazer alças de bolsa e descansos de panela coloridos, fica lindo!

    http://sunsamadhisamidarish.blogspot.com/2010/07/tear-rabo-de-gato-ou-knitting-doll-como.html

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:19

      Sensacional sua ideia Juliana, A-DO-REI!!! Recicladora master ;-)

      Responder
  12. Patrícia Medeiros disse:
    07 de outubro de 2010 às 19:20

    Olá meninas!

    Muito obrigada pela ajuda. Já faz uns meses que comprei um tearzinho desses na Gaivota, na 25 de março mesmo, mas não sabia por onde começar. Claro que não é charmoso como esse cogumelo, mas acredito que o resultado será bem próximo ao de vocês.
    Assim que fizer, mando umas fotinhas, ok?
    Beijos e parabéns pelo site.

    Responder
  13. 07 de outubro de 2010 às 20:10

    Eu tenho dois cachecóis desse jeito. Um cinza e outro com dois tons de roxo com pompom nas pontas. Em Niterói eles são vendidos na Panos e Entrelinhas (http://www.panosentrelinhas.com.br). Não duvido que eles tenham para vender algum instrumento de fazer essa técnica.

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:17

      xi, o link não funcionou….

      Responder
  14. Ione Melim disse:
    07 de outubro de 2010 às 20:26

    Nossa menina!!!!!

    Isso é o máximo.
    Quando meus filhos eram pequenos, eu ti nha um para cada um.
    Só que era bem simples, de plástico, e nos dias de chuva nas férias eu colocava os tres em frente a tv, e ali fazias os rabos de gatos, era muito divertido. E eu tenho guardado o aparelinho deles guardado, isso para o dia que eu tiver netos, ehehehehehehe, distrair os mesmos. Eu ví um da clover, gentemmmm, muito chique. E na quarta-feira estou indo para os EUA, quero ver sem acho por lá, é todo cheio de técnologia.
    http://www.clover.com, é mto interessante. Mais esses nossos, e mais criativo.
    Bjusssss

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:16

      a clover tem coisas ótimas! aproveita… e guarda sim o fazedor de rabo de gtao dos seus filhos! :-D

      Responder
  15. Oriana Harumi disse:
    07 de outubro de 2010 às 23:28

    meninas
    no site da aslan tem algo parecido
    http://www.aslan.com.br/scripts/produto/armarinho_aviamento.asp?ARTESANATO=Tear%20Multi-flor&idProduto=3140&stCodCatProduto=12&stCodSubCatProduto=06
    daí tem vários tamanhos e tudo mais
    foi o mais perto que eu consegui achar!

    beijinhos!

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:14

      olha só, esses aí eu não conhecia!

      Responder
  16. 08 de outubro de 2010 às 00:30

    Oi,

    Achei seu tear uma graça.
    Eu tenho dois que comprei na mega artesanal há 2 anos atrás, cada um de um tamanho, mas é quadradinho, não é tão bonito como o seu mas resolve.
    No Bazar Horizonte, eles vendem da Pony, mas no momento está em falta, é muito bonitinho, parece um boneco.
    O link é esse:
    http://www.bazarhorizonte.com.br/fazedor-de-rabo-de-gato-pony/21893/56/13747/&cm1=4&cm2=29&m=B&-croche-%26-trico-cm1-4&-acessorios-cm2-29

    Bjs.
    Cris Miguel

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:14

      muito fofo esse da Pony, pena que está esgotado… bj

      Responder
  17. Hellen disse:
    08 de outubro de 2010 às 04:14

    Que divertido!!! Quero fazer!

    Beijos
    Hellen

    http://bonitete.blogspot.com

    Responder
  18. Ro disse:
    08 de outubro de 2010 às 21:31

    Eu fiz um com carretel de linha,ficou legal e dá para fazer dordões bem bonitinhos!
    bjokas!

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:13

      viva o improviso ^___^

      Responder
  19. Nanna disse:
    09 de outubro de 2010 às 22:21

    Olá, vim só dizer que vi uma reportagem sobre tricotar em grupos na gloss deste mês e que o Superziper está lá. Parabéns meninas.
    Abreijos.

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:07

      Legal que você viu!! A gente comprou a revista esses dias… Bj

      Responder
  20. Dri disse:
    10 de outubro de 2010 às 15:37

    Amei o blog.
    Parabéns!
    Cofira meu novo post no blog:
    http://chatadescarpin.blogspot.com/
    beijos

    Responder
  21. 11 de outubro de 2010 às 15:22

    Oi meninas do superziper!
    Meu marido é educador brincante e postou um video passo a passo desse rabo de gato. Ele usa pra fazer um brinquedo chamado “enrola-bola” Dá uma olhada lá no blog dele: http://educadoresbrincantes.blogspot.com/
    Bjos

    Responder
    • Claudia disse:
      12 de outubro de 2010 às 13:06

      Oi Regiane, boa dica! Acabei de ver o vídeo e gostei tanto do improviso para fazer o apetrecho como o método que ele usa. Vou incluir o link no post como referência! Bjs

      Responder
  22. 12 de outubro de 2010 às 15:02

    Oi, adorei o cogumelo eu fazia qdo criança com o carretel de madeira e fazia bolsinhas e minha mãe almofadas.
    Eu fiz um e estou ensinando minha neta e vou fazer uma bolsinha pra ela, qdo ficar pronto coloco no blog e aviso para vcs darem uma olhadinha.Bjos.

    Responder
  23. Fernanda disse:
    15 de outubro de 2010 às 01:13

    Meninas,
    eu brincava disso qdo criança, mas montando nos dedos… usávamos o cordão para brincar de “cama de gato”, a mesma coisa que fazíamos com o tricô de dedo.
    Tenho um tearzinho quadradinho, que ganhei de uma tia qdo dava aulas, para ensinar às crianças e às professoras.
    beijos

    Responder
  24. Denise disse:
    17 de outubro de 2010 às 16:12

    Eu adoro rabo de gato!! Adoro o resultado final.
    Esse cogumelo é lindo, mas sempre usei materiais alternativos.
    Tenho um que uso muito, feito com um rolinho de papel higiênico e quatro lapis. Fiz baseado no que vi em uma revista, feita com um cano pvc e quatro lápis. O link está aqui: http://senhoritamademoisele.blogspot.com/2007/03/agora-sim_17.html

    beijos

    Responder
    • Claudia disse:
      17 de outubro de 2010 às 19:29

      Gosto muito, sou super a favor de improvisar e fazer a propria ferramenta :-D

      Responder
  25. Neli Alves disse:
    20 de outubro de 2010 às 10:13

    Meu marido fez uns desses para mim com um círculo de MDF mais grosso (uns 2cm de espessura, acho) e colocou preguinhos de cabeça arredondada. Ficou ótimo. Já fiz tiaras (recobri), flores para enfeitar bolsa, chaveiros e ficou um máximo. Eu acho ótimo fazer essas coisas para relaxar. Bjks.

    Responder
    • Claudia disse:
      20 de outubro de 2010 às 21:35

      Relaxa mesmo. Quando eu pego o cogumelo, e’ dificil parar!

      Responder
  26. Saletedm disse:
    20 de outubro de 2010 às 19:12

    Já fiz um destes usando carretel de linha e palitos de dentes, presos com fita crepe…O fio produzido pode virar colar, cadarço para tênis e até alamares,que é um tipo de enfeite de roupa.

    Responder
  27. Mariana disse:
    13 de novembro de 2010 às 00:49

    Eba! Consegui aprender! A explicação está muito boa. O meu rabo (ops… o de gato)é de lã colorida também então acho que farei um simples colar colorido… Mas gostei da idéia do descanso de panela e dos tapetes…
    :-)

    Responder
  28. Jinmi Lee disse:
    17 de novembro de 2010 às 13:38

    Meninas, adorei o post.

    Utilizei as dicas de um livrinho para fazer meu próprio “cogumelo” =P Fiz um post sobre isso e coloquei o vídeo de vocês lá, não achei melhor forma de ensinar =)

    Bjocas!!!

    Responder
  29. neusa disse:
    18 de janeiro de 2011 às 18:21

    Oi!!! Nossa que lindo, vou fazer!!
    Bjos!!!

    Responder
  30. sonia maria disse:
    02 de março de 2011 às 16:42

    Tambem voltei a infancia, aprendi faser rabo de gato com minha tia que fasia croche e me ensinou tudo quando ainda tinha sete anos. Fasia no carretel de linha dez de madeira com preguinhos em cima. uma dica

    Responder
  31. maryangela disse:
    15 de março de 2011 às 16:50

    Oi, Claudia, Eu fiz um pra mim, meio improvisado mas estou com uma grande dúvida. Quais as variáveis para fazer corões mais finos ou grossos. Acho que não depende só da linhaé só a linha. Os diametos do spool, a largura dos ganchos… acho que tudo influencia… você sabe alguma coisa sobre? isso:

    beijo,
    obrigada!

    Responder
  32. Jennifer disse:
    12 de abril de 2011 às 04:53

    oiii,olha oque cobdegui achaar!!, e é uma gracinha!, espero que gostem bjs! :}
    fazedor de rabo de gato:

    http://www.bazarhorizonte.com.br/fazedor-de-rabo-de-gato-pony/21893/56/13747

    Responder
  33. Nanda disse:
    19 de abril de 2011 às 11:17
  34. 09 de maio de 2011 às 08:37

    parece o resultado do triô de mão :O [comentário de leiga]
    adorei o blog.
    muitomuitomuitomuito lindo

    parabens ;)

    Responder
  35. Juliana disse:
    26 de maio de 2011 às 11:23

    Uai, pega um cilindro de maderia e prega 4 pregos com espaço que vc deseja!!

    Responder
  36. Arminda Macchiute disse:
    21 de junho de 2011 às 21:08

    Estou achando muito engraçado, tenho o conjunto, um maior outro menor, que comprei na Casa Artur ndo Rio de Janeiro, h´muitos anos, há pelo menos uns 40 anos. Fiz alguns metros do rabo de rato, assim era conhecido, achei graça porque agora virou rabo de gato. A unica coisa que consegui fazer foi uma almofada, que aliás ficou bonitinha. Grande ideia, vou pegar o meu aparelho para matar a saudade, nunca mais fiz nada com ele.
    Claudia, muito obrigada, adorei o SuperZiper…..

    Responder
  37. Juliana disse:
    04 de julho de 2011 às 20:44

    Olá, meninas!

    Adoro fazer rabo de gato, que aprendi quando era criança. Mas sempre fica a dúvida – o que fazer com os cordões? Há coisas lindas na net, e quero fazer um cachecol de listras, mas, apesar de ter paciência para fazer os cordões, não a tenho para uni-los costurando. Também não sei crochetar (vi um na net, que era unido com crochê).

    Então pensei em colar os cordões com cola (afinal, as lãs usadas já são sobras mesmo), tipo Cola Pano. Mas estou com um pouco de dó de meter cola na lã – medo de estragar, de descolar, sei lá. Vocês tem alguma sugestão?

    Aproveito para dizer que gosto muito do Superziper – vocês são muito talentosas; vira-e-mexe, estou aqui espiando o que fazem. Continuem assim e parabéns!

    Juliana

    Responder
    • Andrea disse:
      05 de julho de 2011 às 21:26

      Já vi cordões fininhos usados para fazer detalhes de peças de tricô, tipo acabamento de cardigans. Ou então sozinhos podem ser usados como alças de bolsa, bijouterias, pernas e braços de bonecos ou o que você quiser. Não acho que fique legal colar os cordões, é possível fazer cordões contínuos trocando apenas a cor da lã, sem costura. bj

      Responder
  38. Jennifer disse:
    26 de julho de 2011 às 02:19

    vou tentar fazer um bem personalizado de biscuit

    Responder
    • Claudia disse:
      26 de julho de 2011 às 23:14

      depois mostra!!

      Responder
  39. marta disse:
    31 de julho de 2011 às 23:26

    Aprendi a fazer este rabo de gato nos dedos é uma pena pois não sei fazer blog e tb não sei postar, mas faço colar, pulseira e cachecol com este material, adoro aprender e passar adiante aquilo que aprendi, afinal de contas estamos comunicando de alguma forma e crescendo juntos.BJS. Da para fazer tiara e xuxa tb.

    Responder
  40. edninha disse:
    02 de setembro de 2011 às 21:16

    tenho varios desses teares, com tres pregos e com quatro pregos.fica legal nos dois agora quem não conseguir achar os teares pode ser feitos nos plasticos que vem dentro das pizzas para que não amasse, parece um banquinho tem tres pernas com um buraco no centro, da certo porque ja testei beijos a todas as amigas ,,,,,,,

    Responder
  41. Edi Reis disse:
    23 de novembro de 2011 às 02:12

    Eu fazia cadarço quando era criança no carretel e meus filhos tambem fizeram muito,o tempo passou e o rabo de gato foi esquecido.
    Esse ano trabalhei na Mega Artesanal todos os dias,e tive tempo de ver muitos trabalhos e encontrei o tear ratinho e voltei a infancia,
    Agora me divirto com meus netos,fazendo cordão para as bijuterias que eu faço.
    cada ratinho custa $2,00 reais e qualquer bazar vende.

    Responder
  42. 13 de dezembro de 2011 às 00:49

    Ah, aprendi a fazer!
    Mas não comprei a “maquininha” dele.
    Peguei um carretel velho, 4 palitos de fósforo e os prendi ao carretel com fita isolante.
    Não tá uma maravilha, mas dá pra usar muito bem ^^

    Responder
  43. Catarina disse:
    02 de fevereiro de 2012 às 01:04

    Eu uso o rabo de gato para cordão de sapatinhos. Com la fina de bebe fica delicado e nao desamarra como a fita de cetim. Des. pá mas meu iPad nao coloca acentos! Abraços.

    Responder
  44. ILMA RAMOS DUARTE disse:
    14 de abril de 2012 às 20:02

    Gente quando eu tinha 5 anos eu via alguma professora fazendo este trabalho num carretel grande com preguinhos, eu já me interessava por artesanato, heim? Nunca me esqueci disto e hoje eu me realizei vendo este trabalho no blog, estou com 70 anos. Boas lembranças. Gostaria de saber se tem vídeo ensinando o trabalho com latex.Beijos e parabéns.

    Responder
  45. Rossana disse:
    31 de outubro de 2012 às 23:57

    Pena que os “tearzinhos” são tão caros aqui no Brasil – os da Clover, pelo menos, custam entre 44 e 60 reais! O jeito é improvisar mesmo, é até divertido!
    Também me perguntava o que fazer com os cordõezinhos prontos, e tem muitas ideias pela net, em sites gringos. Há também o livro “Spool Knitting”, de Mary A. McCormick, de 1909, com dicas de roupinhas de bonecas e brinquedinhos feitos com eles. Já vi o livro em pdf para baixar gratuitamente em alguns sites. Está em inglês, mas vale pela curiosidade.
    Um abraço!

    Responder
  46. 18 de janeiro de 2013 às 23:09

    Belos trabalhos em rabo de gato! Agora, para aumentar o leque de utilidades, poderia usar filetes recortados de garrafas PET como faz a Miriam Utsumi. É possível fazer alças de bolsas, pulseiras, colares, etc.
    Parabéns pela divulgação de uma arte um pouco esquecida!

    Responder
  47. jane alves disse:
    23 de janeiro de 2013 às 07:44

    Ganhei um rabo de gato de um amigo de 60 e alguns que aprendeu a fazer nas aulas de artesanato/cidadania na escola , há mais de 50 anos :-),nos tempos da didatura em Portugal, tempos de salazar

    Dá pra fazer tapetes, almofadas, mantas, jogos-americanos, pulseiras, colares, bolsas … basta costurar, ele próprio disse que já matou muito tempo e já tinha feito muita coisas com tal objeto.
    Peguei um carinho pelo objeto que fez parte da história de uma pessoa e de um país pelos vistos.

    Saudações desde de Portugal.

    Responder
    • Claudia disse:
      27 de janeiro de 2013 às 16:28

      Um bom presente!! Bjos do outro lado do oceano :)

      Responder
  48. Márcia Lancellotti disse:
    10 de junho de 2013 às 01:41

    Tenho há muitos anos uma bonequinha parecida com essas japonesas do link, comprei no bazar de fim de ano da Escola Waldorf, em São Paulo.
    Agora, mil anos depois da Cláudia postar, achei o próprio cogumelo … hehehe ! http://lvly.nl/en/?s=french&post_type=product&lang=en

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»