17 mar 14
blogueira convidada
Plano B de bonito
por Andrea

mc1

Por Marcela Catunda, blogueira convidada.

Oi :D

Meu nome é Marcela, tenho 46 anos e não passo um só dia sem dar um pontinho. Abertura só para iniciadas.
Quem me dera poder deixar meus afazeres tão inencontráveis quanto um ponto invisível. Ai, quem me dera. E eu costuraria com alegria os afazeres do dia a dia. Costuraria a máquina cheia de roupa pra lavar, bordaria o aspirador de pó sugando faminto os pelos dos meus gatos, crochetaria uma salada para o almoço, tricotaria um pudim de leite para nossa sobremesa e depois feltraria patinhos de borracha para os malditos banheiros. Vida perfeita!
Mas dentro da imperfeição de todo dia, existe também o trabalho de fora de casa e é preciso encará-lo com coragem e toda dose possível de felicidade. Essa é a única hora que eu consigo dividir bem minhas vontades e sentir igual alegria em ambas: escrever e costurar. Por determinação o escrever foi uma estrada trilhada no passado e por sorte o costurar é um caminho mais do presente. Das minhas estradas uma é ofício e a outra é sonho. É plano B de bonito! Eu quero.

mc2

Enquanto isso, vou fazendo umas coisinhas sem muita pretensão, mas com muito, muito, muito carinho e todo o capricho que eu puder colocar. Sou muito “detalhes”. Eu queria até fazer uma citação ao Rei, mas depois daquele comercial daquela marca de carne, sei lá, brochei.

Ai, os finais de semana! Domingo, como eu te amo! Nesses dias eu me dou uns tempos e dentro deles eu vou pra net. Na maior parte das das vezes escondo meu cartão de crédito, em outras eu vou com ele aos sites dos sonhos onde é possível comprar qualquer felicidade, pelo menos naquele instante. E como tudo na vida são instantes, ou uma coleção deles, me jogo no www a procura de tecidos, rendas, fitas, botões, papéis, linhas e o que mais possa deixar ainda mais lindas as coisas que eu quero fazer. Tudo bem pouco, simples e de preferencia pequeno. Sou meio yard. Meio metro. Meia dúzia. Nada de mais. Sou de tudo bem pouco pra ter um monte de tudo. Será que deu pra entender?

Daí ontem eu vi um vaso num blog gringo feito com lata pintada. Coisa mais linda. Mas a última vez que eu pintei alguma coisa foi no dia dos pais de 1974. E daí mais adiante em outro blog encontrei um porta velas feito de vidro de palmito com fitas adesivas coloridas. Aí eu abri meu armário e fiz uma mistura dos dois. Só com a inspiração. O que é possível a gente fazer com um pouquinho de inspiração, né?!

potes_m

Meu nome é Marcela, tenho 46 anos, não passo um só dia sem dar um pontinho e sonhar com o que eu quero fazer amanhã.

Texto e fotos de Marcela Catunda, blogueira convidada.

10 ZigZags
  1. luci leandro disse:
    17 de Março de 2014 às 10:53

    Que delicia ler o texto da Marcela.
    Beijos

    Responder
  2. 17 de Março de 2014 às 11:01

    Amei o texto da Marcela, tão minha cara…
    Escreva mais vezes!

    Responder
  3. Andrea disse:
    17 de Março de 2014 às 11:15

    Que delícia ler seu texto. Muito me indetifiquei com ele.
    beijos ;D

    Responder
  4. ana carolina disse:
    17 de Março de 2014 às 11:52

    Adorei sua poesia e sua arte. Já o Roberto Carlos também brochei!!!

    Responder
  5. Carol Orlandi disse:
    17 de Março de 2014 às 11:53

    Que delicia de texto… amei!

    Responder
  6. Berenice disse:
    17 de Março de 2014 às 12:34

    Adorei o texto, me identifiquei em muitas coisas. E o texto é uma delicia, lind um fôlego só .
    Berê

    Responder
  7. Mariane disse:
    17 de Março de 2014 às 17:53

    Delícia de leitura e as costuras e os crafts são lindos de viver! Queria fazer uma pergunta: essa Marcela Catunda que divide a mesma paixão pelas costurinhas que nós é a mesma que faz o desenho do Peixonauta ou estou louca de vez?
    Abraço

    Responder
  8. Rubia disse:
    17 de Março de 2014 às 20:03

    Texto maravilhoso!

    Responder
  9. 18 de Março de 2014 às 08:50

    Qual mulher não se identifica com esse texto, Marcela falou tudo e mais um pouco. Eu vivo apreensiva com a minha rotina, marido, emprego, casa, família, amigos, … e eu e minha criatividade vamos ficando para o fim da fila.
    Beijos a todas multiatarefadas MULHERES!

    Responder
  10. bianca disse:
    18 de Março de 2014 às 15:52

    Texto leve e divertido…é muito bom saber que existe muitas de nós neste mundo maravilhoso da costura, bordados e afins!

    Responder
Deixe seu Comentário

«
»