07 jan 15
costura
DIY: Como costurar capa para travesseiro
por Andrea

fronha-abre1

Em primeiro lugar, feliz 2015. Preparadas para mais um ano de muitos crafts? Espero que sim. Me contem uma coisa: qual foi o seu primeiro projeto neste ano? O meu foi este: fronhas handmade para a minha cama. Acredito no poder psicológico de começar o ano desapegando de objetos que não estão mais em uso e trazendo alguns com objetos novos, de preferência feitos por mim. Um ritual para trazer boas vibrações para a casa no ano que começa. Aqui em casa também fizemos uma sessão de desapego forte, descartando vendendo ou doando muitas coisas que estavam encostadas há tempos. Mas de todos os cômodos, o meu quarto foi o que menos mexi. Por isso resolvi agora costurar estas fronhas – um projeto rápido e de gratificação instantânea. Animou a fazer as suas? Um projeto bem bacana que faz parte da série primeiras costurices. 

fronha14

Os tecidos escolhidos foram todos tricoline algodão: branco, poá azul e xadrez amarelo. Eu gostos de roupa de cama clara, por isso optei por usar tricoline branco na parte de cima e deixei o amarelinho xadrez que por baixo. E claro que tive que colocar um toque decorativo – uma fita linda e antiga que comprei em uma viagem em 2011 e guardei até agora. Na verdade, toda a ideia da fronha foi uma desculpa para poder usar esta fitinha em algum projeto ;).

Mas vamos à fronha, que vou ensinar você a fazer. Este modelo é simples porém não é apenas um saco. Ele imita os modelos comerciais, pois tem aquela dobra lateral que esconde o travesseiro e não deixa ele sair nem aparecer por dentro da capa. Nada difícil de fazer e dá um acabamento melhor, você vai ver.

A capa serve para travesseiros tamanho padrão, mas se estiver na dúvida adapte usando como base uma fronha que tiver em casa.

fronha 1

Separe os materiais:

Tecido branco (parte de cima): 49 X 58 cm;

Tecido poás azul (dobra lateral):49X 40 cm;

Tecido xadrez (parte de trás): 49X 77 cm;

Fita galão decorativa (opcional);

Tesoura, régua, caneta para tecido, alfinetes e ferro de passar;

Máquina de costura.

IMG_9254

Primeiro posicione o tecido branco (parte de cima) e o de poás (dobra lateral) direito com direito, alinhando em uma das alturas laterais. O tecido branco ficara maior que o de poás, embora não apareça na foto. Alfinete a lateral a ser costurada para ajudar a manter tudo no lugar.

fronha3

Costure a lateral deixando uma margem de 1,0 cm. Em seguida abra a costura passando a ferro, abrindo-a do lado avesso.

fronha_fita

Agora chegou a hora de ornamentar a capa. Fica a seu critério aplicar a máquina uma fita ou galão decorado bem bonito bem na junção dos dois tecidos. Para aplicar a fita a máquina, posicione com alfinetes e depois pesponte a fita nas duas laterais. Se optar por não colocar nada, faça um pesponto em ponto reto simples do lado direito do tecido em toda a altura da capa.

fronha4-5

Faça o acabamento da lateral aberta da dobra, que ficará para dentro da capa. Com o ferro, vinque o tecido para  marcar uma bainha dupla de 1,0 cm (dobre o tecido 2 vezes com 1,0 cm em cada dobra) e depois vá a máquina e faça a bainha costurando pespontando bem próximo a dobra interna. Não esqueça de fazer os retrocessos no início e no final da costura!

Terminando a bainha, passe a ferro o tecido de poás dobrando e vincando-o ao meio, avesso com avesso na altura para criar a dobra que ficará por dentro da capa. Reserve.

fronha8

Para fazer o acabamento da parte de trás da capa (tecido xadrez), repita a bainha dupla de 1,0 cm (dobre o tecido 2 vezes com 1,0 cm em cada dobra) em uma das laterais do tecido. Esta será a abertura da parte de trás da capa.

fronha9

Agora que você já fez a parte da frente e de trás é hora de uní-las formando a capa. Posicione-as avesso com avesso e alfinete as laterais, exceto a que ficará aberta para encaixar o travesseiro. Use uma mesa grande, se não tiver estique no chão da sua sala como eu fiz! Note que o tecido de poá está  na lateral que está aberta, justamente para criar a dobra que ficará embutida por dentro da capa.

fronha-costura_avesso

Costure a máquina as três laterais da capa, deixando uma margem e 1,0 cm. Para um melhor acabamento, após fazer a costura reta passe um ziguezague nas bordas para não desfiarem com o uso e lavagens.

Vire a sua capa para o lado direito e acerte bem os quatro cantinhos com ajuda de um lápis ou objeto pontiagudo. Sua capa de almofada novinha está pronta :).

fronha12

Aqui você podem ver melhor o detalhe da dobra que fica embutida por dentro da capa e esconde o travesseiro.

fronha13

Ganhei este sachê de lavanda natural e vou colocá-lo junto com minhas fronhas para garantir aquele cheirinho fresco.  Dá para fazer em casa, basta secar bem as flores de lavanda e costurar em um saquinho de algodão. Hummmm.

fronha15

Taí minha capinha de almofada novinha já com travesseiro dentro e tudo. Me diz se não dá um up instantâneo no aconchego do quarto velho para enfrentar o ano novo.

Animou a fazer uma também? Não é preciso muita prática nem sequer habilidade, se você é iniciante pode ser um ótimo primeiro projeto costureiro para começar o ano.

 

11 jun 10
casa craftoutras técnicas
PAP: Travesseiros *Smack*
por Claudia

Travesseiro Smack

Achei esse tutorial muito inspirador ensinando a usar um simples papel de transfer para fazer um presente fofo e bacana de Dia dos Namorados. A sorte dos americanos/ingleses é que escrever “U C♥MPLETE ME” é uma frase de efeito que logo tira um sorriso de quem vê ( lembram do Austin Powers e Mini Me ? hahaha). Eu não queria deixar a frase em inglês e nem traduzir ao pé da letra para português achei – ficaria meloso e semi brega. Daí que gastei muitos neurônios tentando achar alguma coisa decente na nossa língua, mas não encontrei nada que pudesse fazer o mesmo efeito… Então decidi ilustrar. Afinal um desenho vale mais que mil palavras, não?

Eu fiz o desenho a mão, passei pro Illustrator, salvei em PDF e mandei imprimir fora, na Gráfica HSA. Isso é o tipo de coisa que super dá pra se fazer em casa – basta comprar o papel transfere ter impressora. Mas eu não tenho então mandei por email e no fim do dia busquei – eles cobram R$ 10 por página.

PDF: estampas para transfer

Além do casal aproveite e fiz corações e umas ondinhas como bônus. Você pode usar onde quiser e customizar a sua maneira. Aqui estão os desenhos em PDF, pode baixar e usar pra fazer a sua:

mãos
menina
menino
ondas

Fiz um PAP com alguns detalhes que aprendi com o processo. :

Materiais Ilustração: antes de passar

Materiais:
. Fronhas de algodão de cor clara
. Estampa impressa em papel transfer
. Tesoura
. Tábua e ferro de passar
Teste no pijama Medindo a posição do transfer
♥ Leia as instruções do seu papel transfer antes de começar. Como eu não tinha (e esqueci de pegar na gráfica) tive que testar na base do acerto e erro. Então usei dois corações de bônus e apliquei no meu pijama. Veja que o vermelho ficou com uma leve falha.

♥ Meu travesseiro é tipo fofinho, então eu decidi aplicar a estampa a três dedos de distância da borda (tanto pra baixo como para a lateral).

♥ Você precisa recortar primeiro o desenho, deixando uma margem bem pequena, coisa de 0,5 ou 1 cm.

Ferro bem quente Descolando o transfer

♥ Aplique o transfer com o desenho ‘brilhante” para baixo, virado no tecido. O lado “apagado” fica para cima, por onde você passa o ferro. Liguei o ferro no máximo e usei bem quente.

♥ … por último, descole com cuidado.

Close do transfer no tecido Estampa no tecido

♥ Algumas partes ficaram melhores que as outras. Dá para ver umas falhas? Mas tudo bem, eu gostei desse efeito apagado.

Estampa de beijo Bônus: estampa para o verso

♥ Apliquei as ondinhas no verso, o charme está nos detalhes.
Travesseiros invertidos
♥ E dependendo de como você arrumar os travesseiros, a mensagem fica diferente ;)

Gostei muito de brincar com transfer. É versátil, vou fazer mais vezes. Agora tenho que testar como a estampa vai ficar depois da lavagem.
Ah… e se alguém tiver uma ideia de frase em português que ficaria legal nos travesseiros, pode deixar sugestão nos comentários.
Um crafty dia dos namorados, com muitos e muitos * SMACKs*. E quem não tem namô pode (e deve) fazer o travesseiro do mesmo jeito, a gente super apóia !

Ah… esse tutorial apareceu na edição de Agosto de 2010 da revista Minha Casa, da Editora Abril :-) (link)

********************
Também no Superziper: No ano passado a gente separou algums projetinhos fáceis de fazer para o dia dos Namorados, coisas pra fazer na véspera mesmo, pra quem deixa tudo pra última hora. Já faz um ano !
30 dez 15
outros bla bla blas
Retrospectiva craft de 2015
por Andrea

retrospe2

Entre um craft aqui e outro acolá se passaram os dias e com eles os meses até que … chegou o fim do ano! Para nós é sempre legal rever o que rolou de bacana por aqui, os projetos que fizemos e o que deixamos de fazer  – isso ajuda a traçar planos mirabolantes para o próximo ano. Bem, olhando os posts deste ano percebemos que  ‘craftamos’ menos do que nos anos anteriores. Na verdade este ano foi para nós cheio de acontecimentos pessoais que tomaram conta da nossa rotina. Para mim, Andrea, 2015 foi um ano inesquecível – minha filha nasceu <3 e me vi 24h no papel de mãe de primeira viagem. Por isso, escolhi priorizar a família e não consegui manter meu ritmo normal de postagens aqui no blog.  Mas vamos aos posts/projetos que fizeram mais sucesso neste ano. Vale a pena relembrar!

lencol_abre
Primeiras costurices: lençol de elástico. Tutorial de costura é sempre top post aqui no blog. Este lençol para berço é perfeito para quem está começando a dar os primeiros passos com a máquina. Simplérrimo de fazer, o meu está em uso e foi aprovadíssimo.

Caixinhas de papel Caixinha de papel para miudezas são sempre bem-vindas para guardar pequenos objetos ou embalar mimos que serão entregues para pessoas especiais. Estas têm molde para baixar!

Truque de costuraUm post ensinando um macete para adaptar e conseguir aquele cone de linha na máquina de costura. Costureiras entenderão!

Cabide encapado

Cabides estilo retrô encapados com sutache foram nosso xodó este ano. E como não poderia deixar de ser deram as caras aqui no blog neste DIY de cabide encapado à moda antiga.

Mega Artesanal 2015
Nossa visitas à feiras sempre rendem posts incríveis. Este ano não foi diferente e um dos mais lidos foi Superziper visita a Mega Artesanal 2015 (com muitas e muitas fotos). Pote de linhas

Você sabe o que é ort? Leia o pote dos fiapos de linhas  e descubra. Um texto para refletir e, quem sabe, já separar um potinho para os fiapos de 2016.

Decoração com pregos
DIY: palavras em pregos e linhas. Para aprender a fazer e decorar aquela parede que precisa de um tchananã.

fronha-abre1

DIY: Como fazer uma capa para travesseiro. Mais um projeto de costura utilitária para quem está começando a costurar. Bora ligar a máquina!

Alforje para bicicleta
DIY: meu primeiro alforje de bicicleta. Este projeto é para expedicionário nenhum botar defeito. A Claúdia mostra como fez, ela mesma, um alforge para sua bike e pedalou com ele pelo Uruguai.

Este foram os top posts do blog de 2015. Queremos agradecer as visitas e  comentários de leitores antigos e novos que passaram por aqui este ano. Ah, e prepare-se pois em 2016 o Superziper faz 9 anos no ar (iupi!) vamos comemorar bastante. Temos algumas novidades bem bacanas na manga e estaremos contando tudo por aqui em tempo. Um ano novo com muita paz e muito e craft para todos nós. #vemnimim2016

16 jan 11
inspiração
Link love da semana
por Claudia

Link Love da Semana

O link love da semana voltou, separamos 9 ideias, inspirações e/ou projetos que vale a pena xeretar, anotar e colocar na ‘to-do list’. Já estão na nossa:

1. Esse pompom gigante para decoração é feito de papel vegetal. Quando vi a foto pensei que fosse de saquinhos plásticos. É o tipo de coisa tão simples de fazer que dá vontade de experimentar em vários materiais para ver qual funciona melhor. Apesar da última atualização ser de dezembro, vale a pena guardar o link do blog também, o Nice Package Blog – muita coisa legal nos arquivos.

2. O pessoal do Casa.com.br , da Abril, preparou um PAP em vídeo ensinando como transformar um cabide de arame simples em um mais enfeitado – e com aromatizador! Os materiais são simples e acessíveis e o resultado fica bem legal.

3. Na época que publicamos o travesseiro Smack, muita gente escreveu perguntando se a gente sabia de um jeito de fazer transfer em casa. A boa notícia é que descobri um site que ensina a fazer. O porém é que nesse tutorial (em inglês), a Jessica usou um produto chamado ‘Golden Gel Medium’ que eu não sei se há equivalente aqui no Brasil. Me parece um produto para quem faz pintura acrílica. Pessoal, alguém conhece algo parecido? Se tiver a venda na Kalunga, melhor ainda!

4. Estes monogramas esculpidos em sabonetes são uma ideia genial, do tipo ‘como não pensei nisso antes’. Se for um sabonete artesanal, melhor ainda. E se der pra caprichar na embalagem então… sem comentários! Vale a pena checar o post (em inglês) –  a autora ainda mostra como reaproveitar as lascas.

5. A tendência de pintar sua própria cerâmica com caneta permanente continua em alta. Este PAP que ensina como pintar iniciais em canecas – tem tudo fotografado. Se você juntar com o projeto do link de cima, já dá um kit-presente para sua amiga que está de casa nova.

6. A foto dessa flanela xadrez é um zoom em um projeto mais do que legal, que está lá no começo da minha lista de coisas a fazer. No craftzine (que a gente adora!) eles ensinaram como transformar uma camisa xadrex ‘grunge’ em uma blusinha de babados. Estou pensando em adotar a técnica para todas as minhas camisas encostadas – não só as grunges.

7. A Doane Paper é uma ideia que nasceu por acaso na cabeça de um designer, que juntou em um produto só o papel com linhas e o papel quadriculado. E disso nasceu uma linha de produtos com esse tipo de papel, que vai de agendas aos tradicionais blocos de anotações. Para quem não quiser comprar, ele disponibiliza o template do papel para download. Para quem tem um negócio, recomendo visitar o site como referência – é simples, funcional, usa redes sociais e está muito bem feitinho.

8. Em 2008, a Emy, do Tofustudio, escreveu pro Superziper um texto falando sobre o blog The Sartorialist, do fotógrafo Scott Schuman. Qual não foi minha surpresa ao achar essa semana no blog dela um outro texto bacana sobre ele e com a prévia de um curta-metragem mostrando um pouco de seu processo criativo. Recomendo super ! Me fez gostar mais ainda do que ele faz.

9. Por último, uma receita de bolo d’água que vi no Rainhas do Lar e quero muito fazer, adoro receitas simples e com poucos ingredientes – dão menos trabalho, hehe. E essa, pelos comentários, parece que dá certo fácil e fica ótima! Ah… e pra quem também gosta de fotografar comida e produções culinárias, a Vivi Hack, do Mercado Imaginário, deu várias dicas para se dar bem nessa empreitada.

——–

♥ Um super obrigada aos ‘quase 1000‘ mais de 1.000 que já curtiram a página do Superziper no Facebook (e estão participando animadamente). Que venham mais 1000 :D ♥

Página 1 de 212