02 jun 11
inspiração
Link Love is in the air
por Andrea

Atualizados recentemente6

O link love de ideias para o Dia dos Namorados não poderia ser mais love ! É o link love love :)

Cartões para acompanhar o presente principal:

♥  Cartão com mensagem recortada. Vale escrever o que quiser. Via Instructables.

♥ O pretê gosta de papertoys? Aqui tem o cupido e o anti-cupido também.

♥  Um cartão pop-up de coração, com molde aqui. Clássico perfeito para o dia dos namorados. E no mesmo site têm vários outros moldes, para outras ocasiões.

De comer ou para embalar:

♥ Um dia dos namorados bacana começa com café da manhã. Rótulos lindos (em pdf) para usar em copos de café descartáveis. Vale cobrir o logo do Starbucks ;)

♥  Para quem manda bem na cozinha (ou não, sempre dá pra comprar um cup pronto hehe), qual tal enfeitar um cupcake  com esses toppers românticos ?

♥ Este já viralizou mas nunca é demais lembrar: bolo com recheio de amor!

♥ Achei esta ideia de gravar mensagem numa colher e escondê-la com um pedaço de chocolate simplesmente fantástica. Ficaria legal até como lembrança de festa de casamento, oferecida naquela mesa de café da saideira.

♥ Tá sem grana para presente do pretê? Uma fruta com a etiqueta certa pode resolver o problema. Estas etiquetas estão a venda então crie a suas, em português.

♥ Aqui  mesmo do SZ, testado e aprovado:  palitinhos salgados cobertos com chocolate.

De crochetar e decorar:

♥ Para as crocheteiras de plantão um  amigurumi de ursinho com coração. Não é projeto vapt vup, tem que  reservar um tempinho para executar.

♥  Uma guirlanda de coração com asterisco vazado e que  pode ser feita em qualquer cor. Mas em laranja ficou especialmente simpático. Inove.

♥ Quem prefere uma decoração mais clássica pode tentar fazer essa guirlanda de rosas de seda.

 

Link Love produzido por  @jessicamargo, especial para o Superziper.

13 maio 11
inspiração
Link Love embalagens criativas
por Andrea

Desktop5

O link love de hoje é uma coleção de embalagens que saem do lugar comum. Papel craft, jornal, revista, tecido…. materiais que todo mundo tem em casa guardados num canto ou que iriam para o lixo podem sim virar embalagems, às vezes mais inusitadas que o próprio presente.

♥  Embalagem de papel craft  estampado com maxi carimbos.

♥ O How About Orange (sempre genial) ensinou a fazer  sacolas de presente feitas de jornal reciclado.

♥ A Martha deu a dica dos envelopes de tecido para embalar CDs e DVDs.

♥  Jornal ou revista podem ser usados para escrever nomes neste projeto de embalagem personalizada. Há um link para  fazer o download do modelo do alfabeto.

♥  Caixinha feita de origami. Sempre útil para embalar bijuterias e presentinhos miúdos.

♥  Dá até para aproveitar calendários antigos para fazer embrulhos.

♥ Neste post, o Ruffles and Stuff dá dicas criativas de embalagens para presente das mães (ou não). A ideia de antecipar na embalagem o conteúdo do pacote é muito marota.

♥ Cartão é indispensável e, algumas vezes, tão ou mais bacana que o próprio presente.  Um PAP de cartão em 3D que é fácil, fácil, de fazer

♥ E aqui do Superziper mesmo, um video ensinando a fazer embalagem de furoshiki para livros e caixas.

 

Link Love produzido por  @jessicamargo, especial para o Superziper.

08 maio 11
inspiração
Link Love paredes
por Andrea

Atualizados recentemente1

Quem curte pendurar vários quadrinhos na parede da casa? É um jeito facil de renovar o ambiente sem gastar muito. Basta imprimir uma imagem  bacana em boa resolução. Dá pra fazer isso em casa mesmo, se você tiver uma boa impressora, ou numa gráfica. Moldura bacaninha pra finalizar e parede!

Separei alguns links para vocês se inspirarem:

♥ O Feed your soul é um projeto de arte livre que disponibiliza gravuras super bacanas para download gratuito. A iniciativa é de Jen Wallace, que a cada mês convida novos artistas compartilhar seus trabalhos.  A Thalita, do Casa de Colorir, fez e ficou lindo.

♥ O  blog Decoueração também tem posters para download. Dois deles são lindas criações da Vivianne Pontes, procurem aqui e aqui. Além desses, dá para baixar o Keep Calm and Carry On, gravura que já virou  figura carimbadíssima no mundo da decoração, na versão original e variações.  Aqui  tem outra versão do Keep Calm aqui, além do original, sem o logo do Decoueração.

♥ Se o desejo é ter um mega poster, essa é uma boa solução. Com o Posterazer, dá para ampliar uma imagem do tamanho que quiser e imprimi-la em várias folhas. Depois é só colar tudo lado a lado na parede.

♥ Nesse vídeo, a Flávia Ferrari, do Decoracasa, ensina a fazer um quadrinho de sombras.

♥  E colocar uma moldura dentro de outra moldura? Facinho de fazer e fica o máximo.

Rendas na moldura, fica super romântico!

♥ Já para quem prefere aqueles pôster estilo vintage e sem moldura,  só com uma base colada por baixo, a Minha Casa ensina como fazer.

♥ E vale lembrar como seu fura parede, num post antigão de  “we can do it”, aqui do Superziper mesmo.

*Link Love  produzido pela @jessicamargo, especial para o Superziper

02 maio 11
inspiração
Brinquedos e Brincadeiras, da Abril
por Andrea

capa

Separando livros antigos para doação na casa dos meus pais achei esta raridade vintage, o livro capa dura  “Brinquedos e Brincadeiras”, publicado pela Abril em 1976. Muita emoção! É claro que não deixei que fosse descartado, apesar da capa estar bem deteriorada. Este era o meu livro xodó, essencial para a minha formação craft infantil!

Lembro bem do dia que comprei, via catálogo da Abril. Só olhando a capa  deduzi que só podia ser  muito, mas muito legal. Eu mesma encomendei pelo correio, junto com o Eu Que Fiz, outro preferido, que guardo até hoje. Pedi pra minha mãe deixar um cheque pronto com o valor dos dois livros e fiquei contando os dias para o carteiro tocar a campainha com os meus tesouros. Pelo estado atual da capa e da lombada vocês conseguem ter uma ideia de como foi intensamente manuseado. Valeu cada cruzeiro investido pela minha mãe!

Descobri um crédito da Intercontinental Books Production na contra capa, então deduzi que parte do livro deve ser sido produzida lá fora e traduzida para o português. Mas as fotos das crianças (minha preferidas) foram feitas aqui, com referências brasileiras. Só descobri isso agora, olhando o livro algumas décadas depois.

São mais de 200 brinquedos e brincadeiras. Fotografei algumas páginas para mostrar aqui:

MOSAICO2
Alguns projetos gritam anos 70.  Tinha bichos de pedra pintada (e de bola de gude), um must de feirinha hippie. Tinha PAP de estampa em tie dye. E  PAPs de  projetos infantis clássicos como telefone sem fio de lata e revólver de caixa de fósforo. E notem a presença de referências nacionais, ‘rolava Bethânia’ e Roberto até nas brincadeiras infantis!

 

MOSAICO1
Vou confessar que tinha inveja desta menininha de franja. Ela sempre posava nas fotos com os projetos mais legais do livro. Claro que eu achava que era ela quem fazia todos os bonecos. Ela devia ser muito prendada e criativa!

 

cortina

Da série ‘projetos que eu pagava um pau’ mas achava que  praticamente impossíveis de fazer: cortina de lã pintada.

casinha
Da mesma série: casa de boneca feita com caixas. Eu me perguntava onde a menina arranjou tanta gouache vermelha para pintar a parede enorme.

 

batik
Um PAP de saia estampada com rodela de batata. Uma criança usando uma destas na escolha hoje sofreria bullying.

 

Desktop3-1

Outro projeto  no mínimo interessante: um leão feito de toalha. Deve ter sido sucesso, afinal foi parar na capa do livro. Eu sempre tive um pouco de medo deste leão monstro. E quem disse que a minha mãe iria deixar eu cortar duas tolhas de banho para fazer leão.

 

pompom
Gato em partes. Cabeça de pompom (Banana Splits inspired ?) e um gadget pra fazer rabo usando carretel e pregos.

joaomaria
João e Maria feitos com limpador de cachimbo. Sempre achei esquisito os livros infantis da época terem tantos projetos com este material. Só as crianças cujo pai fumasse cachimbo conseguiriam fazer. O que não era o meu caso.

 

limpacachimbo
Mais um projeto com limpador de cachimbo. Nos anos 70 eles adoravam este material! Notem como algumas ilustrações eram feitas com aerógrafo. Eu só escolhia os projetos com fotos ‘de verdade’.

 

jardim
Mini jardim, mais um projeto aerógrafo style. No passo-a-passo eles diziam para usar plantas naturais. Nem me atrevi a tentar fazer, nunca ia ficar lindo igual a esta foto.

 

ovo
Casal ovo de papiê machê. Você esvaziava o ovo, enchia de gesso, colava tiras de jornal e pintava por cima. Vai ver que é por isso que até hoje eu amo crafts feitos com casca de ovo.

Repararam nas cores predominantes nas fotos? Muito vermelho, laranja e cores fortes. Hoje tudo que é de menina é rosa e com glitter, acho uma chateação.

O grande destaque do Brinquedos e Brincadeiras eram as fotos dos projetos, com crianças reais participando das brincadeiras e manuseando os brinquedos. Isso deixava tudo mais possível para mim que estava apenas começando a tomar gosto por inventar coisas. Eu pensava, “se estes meninos conseguiram eu vou conseguir fazer também”. Já o Eu Que Fiz era outro livro muito bacana mas que só tinha ilustrações, nenhuma foto. Por isso eu muitas vezes comparava o resultado dos projetos  e ficava com a sensação que ‘deram errado’. Que puxa!

Alguém mais aí tinha o Brinquedos e Brincadeiras?  Algum outro livro deixou a sua infância mais criativa?

Todo compartinhamento de nostalgia craft será muito bem vindo.

Página 4 de 26Primeira...23456...Última