11 jul 14
casa craftoutras técnicas
Decoração com fita isolante
por Claudia

Decor com fita isolante

A sugestão de projeto pra este fim de semana é decorar usando fita isolante – ou qualquer outra fita adesiva que você tenha em casa, como washi tape, decotape ou até durex colorido! Basta ter uma ideia na cabeça para sair desenhando pelas paredes.

Decor com fita isolante

Eu usei uma fita bem fininha preta que comprei nos EUA – era o que eu tinha por aqui. Essa fita originalmente servia para demarcar linhas e colunas em lousa ou quadro-branco, bem coisa de escritório. Mas com essa nova moda de triângulos e objetos geométricos, o pessoal acabou adotando o produto para decorar paredes mesmo. Parênteses: quem frequenta loja de R$1,99 talvez já tenha reparado que existem umas parecidas, mas bem mais finas do que essa, que são usadas para decorar unhas – talvez funcione também.

Decor com fita isolante

O primeiro passo é escolher o desenho que vai fazer. Eu procurei na internet por “barquinho de papel contorno” e salvei a imagem. Passei o modelo apoiando o papel direto na tela do laptop e contornando com canetinha. O legal dessa técnica é que você pode usar o zoom até conseguir o tamanho que você quer que fique o resultado final!

Decor com fita isolante

Escolha o lugar onde vai aplicar e posicione o desenho. Eu usei a ponta da tesoura para marcar a parede nos pontos onde a fita deveria ser colada. Não precisa passar tudo – apenas os pontos de início e fim da fita.

Vá colando a fita e cortando no tamanho certo. Exige paciência e vários cola/descolas até ficar bonitinho.

No meu caso, como apliquei o barquinho em cima da porta, ainda tive de fazer tudo isso em cima de uma escada!

Decor com fita isolante

Mas compensa o esforço. É um projeto rápido, fácil e barato de se fazer.

Depois ainda fiz mais um diamante pro meu quarto de costura…

Decor com fita isolante

…e uma “ilusão de ótica” que ficou em cima do interruptor.

Pesquisando no pinterest e google images vocês vão achar bastante referência – desde linhas aleatórios até formas geométricas perfeitas, de desenhos pequenos como os meus até uns gigantescos que ocupam a parede toda. Vale tudo!

Decor com fita isolante

Coloquei o desenho original pra vocês verem como o resultado final fica com um acabamento bem mais legal que o esboço!

Aproveitem a ideia e saiam desenhando :)

PS: pra quem precisa de inspiração, já divido o que tenho em mente para continuar com este projeto. Estou pensando em fazer a baleia de origami (só o contorno) para colocar no banheiro – e tem mais desenhos de origami neste link!

23 jun 14
nhacoutras técnicas
Faça você mesmo: Rótulos personalizados
por Andrea

rotulo_fita_adesiva_abre

Psiu, vou te contar um segredo incrível. Sabe aqueles rótulos adesivos transparentes que têm mil utilidades? Então, dá para fazê-los em casa e on demand, usando o seu próprio desenho ou foto. Etiquetas personalizadas a toque de caixa, para usar não só em potes de vidro mas aonde você quiser.

Tudo começou no final de semana quando fiz um patezinho de cenoura caseiro que faz o maior sucesso na família. Fiz uma quantidade grande de patê para presentear e, como apresentação é tudo e muito mais, caprichei na embalagem – coloquei as porções em potes de vidro e fiz o rótulo usando a técnica que vou mostrar hoje neste post. Imagino os rótulos similares em potes de geléia caseira, açúcar aromatizado, mix de capuccino, biscoitos e  outros mimos que adoramos dar e ganhar. Ideal para você que tem uma produção pequena e quer etiquetas de baixíssimo custo, feitas em casa mas com um visual profissional.

Vou mostrar agora para vocês como fazer os rótulos. E como sei que muita gente vai pedir, dou a receita do patê do final do post ;).

rotulo_fita_adesiva-1

Tudo o que você precisa é: foto/texto/desenho impresso a laser, fita adesiva transparente larga, tesoura e água. Sim, você leu direito, é só isso.

Atenção: Não funciona com impressos em jato de tinta, só motivos impressos a laser, colorido ou p&b.

rotulo_fita_adesiva_2

Para começar, imprima numa folha A4 o motivo escolhido. No meu caso queria fazer duas etiquetas, uma para indicar o sabor do patê e outra para a lista de ingredientes. Cole a fita adesiva por cima, prestando atenção para não deixar rugas.

rotulo_fita_adesiva_3

Aproveite para reforçar a colagem passando o cabo da tesoura por cima do motivo já adesivado com a fita.

rotulo_fita_adesiva_4

Recorte o motivo. Nesta hora lembre-se que a parte em branco (sem tinta) irá sair e tudo o que restará será a parte impressa, no meu caso, as áreas em preto das letras.

rotulo_fita_adesiva_5

Mergulhe o rótulo na água e deixe repousar por alguns segundos. A parte onde o papel está colado começará a amolecer. Esfregue com o dedo até retirar toda a parte branca do papel.

rotulo_fita_adesiva_6

Como em um ‘passe de mágica’ o motivo ficará ‘impresso’ na fita transparente. Não acredita?  Muito fácil para ser verdade? Teste em casa e me conte!

Seque delicadamente com uma toalha e use o rótulo que você mesmo fez!

rotulo_fita_adesiva_10

A fita adesiva continua um pouco aderente mesmo depois de molhada e seca. Mas depende do quanto você esfregou o papel e da qualidade da fita. Caso queira uma fita bem colante, sugiro passar uma camada de cola em spray no verso.

Para usar os rótulos em vidro, o pouco de cola que fica é suficiente. A etiqueta fica no lugar e é reposicioada facilmente. Perfeito!

rotulo_fita_adesiva_7

Claro que a técnica da fita transparente personalizada vai muito além dos rótulos de patê. Você pode usar fotos impressas para decorar envelopes, embalagens e até usar em projetos de scrapbooking.

rotulo_fita_adesiva_8

Usado a técnica, transformei fotos de moldes de chapéus antigos em etiquetas transparentes para decorar envelopes lisos. Aproveitei a largura da fita para criar tiras estampadas.

IMG_8079

E agora, a receita do patê de cenoura. Uma delícia, vegano e sem glúten, aqui em casa é o favorito há décadas. Fica uma delícia no pão, como dip de legumes (alô festa!) a até como molho de massas.

Patê de cenoura

- 3 cenouras médias ou 2 grandes

- 1 pimentão vermelho médio

- 1 cebola pequena

- 1 dente de alho

- orégano e sal a gosto

- 1/4 de xícara de vinagre ( usei de maçã mas pode substituir por outro)

- 1/2 xícara de azeite

Pique os legumes e bata tudo no liqüidificador até virar um creme. Passe para uma panela e cozinhe em fogo baixo por aproximadamente 30 minutos, ou até o creme apurar e ficar com consistência de pasta. Ajuste o sal, acrescente mais azeite e está pronto! Guarde em potes de vidro bem fechados na geladeira.

Pronto para explorar as possibilidades desta técnica da fita adesiva estampada?

Estou curiossíssima para saber que usos você dará para seus rótulos.

11 jun 14
outras técnicasreciclagem
Olha o naipe deste bloquinho!
por Claudia

Bloquinho de papel

Acabei de fazer este projeto express para Dia dos Namorados. Serve para alguém?

O baralho eu achei no bazar aqui na rua de casa, que uma associação de caridade organiza uma vez por mês. Bati o olho na caixa antiguinha – achei que poderia render um projeto. Tinha cartas faltando, algumas meio comidas, outras amareladas, mas por um real, tá valendo! Além do que, coração vermelho tem tudo a ver com o clima de amor :)

Bloquinho de papel

Queria fazer algo útil e pensei em um bloquinho de anotações. Tirei o rei e a dama de coração do baralho e levei na papelaria aqui perto para encadernar. Para o papel, escolhi um caderno de caligrafia quadriculado, desses de pré-primário. O pessoal de lá já me conhece pelas ideias inusitadas. Pedi para cortar com a guilhotina no tamanho das carats, refilar e encadernar. Sorte que achei espiral vermelho!

Bloquinho de papel

Em casa, inventei um embrulho usando papel vegetal e um tiquinho de washitape para fechar. A mini-etiqueta é do acervo que a gente tem para os bazares Ógente. Serviu bem aqui. Escrevi com caneta bem fina, já que a área é minúscula.

Bloquinho de papel

Ficou assim. Serve pro dia dos namorados, não? Por isso escolhi o rei e dama de copas. Casal especial <3

Bloquinho de papel

Vou pensar no que fazer com as cartas que sobraram. Pesquisando no Pinterest vi algumas ideias de guirlanda, enfeites, cartões e tal. A pensar. Tenho umas 40 cartas sobrando – e posso usar tanto a frente como o verso (a estampa é bonitinha).

Mas o curinga merece destaque.  Nunca vi nada neste estilo. Em geral, o desenho é sempre um magrelo desengonçado, o bobo da corte. Mas um palhaço assim gordinho está muito simpático - estou pensando até em enquadrar (update: enquadrei!)…

Bloquinho de papel

30 abr 14
blogueira convidadacasa craftoutras técnicas
DIY: Cachepô de papietagem
por Andrea

capa_post

Projeto e fotos por Alice Mantellato, blogueira convidada

Olá, meu nome é Alice Mantellatto, tenho 27 anos, sou artista plástica e arte educadora. Gosto de muitas coisas, mas as preferidas são abraçar minha gata Amélie e essa época do ano, quando o outono chega e tudo parece mais leve. Preparo um chá bem quentinho e aproveito a vida, sendo feliz com a simplicidade.

Divido meu tempo entre o trabalho com papel machê e aulas de Artes para crianças do 2º ao 5º ano, além dos afazeres domésticos, lazer e estudos. É um desafio a cada dia, mas quando vejo os resultados aparecendo, mesmo que em passos de formiguinha, meu coração se acalma.

Desde que descobri o papel machê, nunca mais parei de criar. É uma técnica versátil, acessível e apaixonante. Parece mágica quando pedaços de papel misturados em cola se transformam em peças coloridas e delicadas.

Fiquei super feliz quando a Andrea me convidou para elaborar uma peça de papel machê que seria o complemento do presente para o Dia das Mães. Pensei em algo simples e que pudesse fazer parte do dia a dia da mãe, decorando o cantinho preferido dela. Juntei o papel machê com flores e o resultado foi esse cachepô de papietagem!

Ficou com vontade de fazer um pra sua mãe? Vamos lá que eu te ensino, é bem fácil!

2

Cachepô de papietagem

Você vai precisar de:
- Vaso de plástico
- Cola branca
- Papel manilha
- Jornal
- Pincel
- Tinta plástica (látex PVA) branca e colorida
- Guardanapo estampado
- Fita decorativa (opcional)
- Verniz acrílico
- Vaso com flor (para colocar dentro do cachepô)
- CMC (Carboximetilcelulose de sódio/ goma CMC), usada como espessante para modelagem de pasta americana.

Como fazer:

Primeiro, dilua a cola branca em um pouco de água. Pique o papel manilha em tiras de aproximadamente 5 cm. Com o pincel, passe a cola em cada tira e em seguida, cole uma por uma no vaso, incluindo a parte interna. Não deixe nenhum espaço sobrando entre as tiras.

papietagem

Depois que a primeira camada secar, cole a segunda camada,  dessa vez usando tiras de jornal. Por que usar dois tipos de papel? Quando intercalamos os tipos de papel na papietagem, conseguimos identificar as falhas com facilidade.

Quando você for colar a segunda camada de tiras de papel, utilize o CMC, que é facilmente encontrado em lojas de artigos para festas. Ele é um pozinho que misturado à água, vira uma espécie de cola em gel. Costumo usar o CMC para fazer a papietagem, pois além de render mais, não deixa as mãos “grudando”.

Por que usar dois tipos de cola? Na primeira camada, usamos a cola branca porque ela tem uma maior aderência ao plástico. Se usássemos o CMC, perderíamos o trabalho, pois depois de seco, o papel se descola facilmente do plástico do vaso.

cachepô em branco
Após aplicar duas camadas de papietagem, passe duas demãos de tinta branca no vaso.

Pinte a parte interna do vaso, com tinta da cor de sua preferência.

guardanapo

Em seguida, retire as duas “películas” de papel branco do guardanapo estampado, pique em pedaços médios e inicia a papietagem, que nesse caso, funcionará como uma decoupage.

cmc e decoupage

Utilize o CMC e um pincel. Cuidado para não colocar muita força no pincel, pois o guardanapo rasga com facilidade.
Pinte a parte de baixo do vaso com a cor de sua preferência.

Para proteger o cahepô, passe duas camadas de verniz acrílico por cima de tudo.

Se quiser dar um toque de fofura final, cole uma fita decorativa entre a decoupage e a pintura, para separar as duas área e dar acabamento.

3

4

O cachepô pronto ficou assim. Pode ser usado sozinho como porta ‘coisas’ ou como suporte para uma plantinha.

Espero que tenham gostado da sugestão do presente! Convido você a dar uma passadinha no meu blog e conhecer um pouco mais do meu trabalho. Vou ficar muito feliz com a sua visita!

Beijos,

Alice Mantellatto

Página 1 de 5212345...Última