27 ago 14
blogueira convidadaoutros bla bla blas
Faça você mesmo: Um casamento craft
por Andrea

casamento craft J&T 0001
Por Tê Pires, blogueira convidada

Casar ainda é um sonho de muita gente… Com a gente foi meio diferente, e rápido! Nos conhecemos “velhos” e certos do que sentíamos. Morávamos junto há um ano quando decidimos casar no papel e usar alianças! Casamos em cartório, numa tarde de uma segunda-feira de abril aqui na nossa cidade, Brasília. E para que a decisão não passasse em branco, comemoramos logo depois, à noite. Foi um casamento para apenas 40 convidados, os queridos que mais conviviam com a gente, afinal, “a felicidade só é verdadeira se for compartilhada”.

Já tínhamos pés (e mãos) no mundo craft. Eu, designer, artesã, encadernadora, bordadeira e costureira amo criar fofuras com minhas mãos. Ele, analista de sistemas, mas amante das artes. Nada mais natural do que criar nós mesmos a nossa festa de casamento! :) E assim foi!

casamento craft J&T 0002

Bem-vindos

Como palco para a celebração escolhemos um restaurante de Brasília super charmoso e que gostamos muito de ir, o Cantucci. Nosso casamento seria um “Mini-Weddings” – só depois descobrimos que o formato pequeno e inimista tinha este nome! Reservaram um espaço pra gente, mesas, iluminação. Para deixar a festa descontraída fizemos uma espécie de cartinha de boas-vindas, agradecendo a presença e explicando as opções de bebidas e comidas.

casamento craft J&T 0012

Muitos pompons

Tudo começou com a paleta de cores. Como estávamos muito felizes e iluminados com o momento, optamos por tons de amarelo! Fizemos tudo com amarelo, branco e bege. Como materiais usamos papel, fita de cetim, pom-pom e botão. Neste ponto as coisas ainda não tinham forma, mas tinham muita imaginação.
Compramos novelos de lã nos tons escolhidos e começamos a fazer pompons de vários tamanhos, ainda muito sem saber como usar. Para facilitar comprei uma ferramenta que ajuda a fazer, o “Faz Pompom” da We Care About. E comecei a fazer sozinha.Fui aí que o Jorge descobriu que usava a ferramenta de forma errada! Foi a “descoberta” e a partir deste dia ele virou o expert em pompons!

casamento craft J&T 0004

Buquê de botões

Mas eu tinha que ter um buquê de botões. Fui fazendo na intuição, sem muito método, porque não achei nenhum passo-a-passo muito bom. Fiz assim: usei arame de artesanato mesmo, maleável para unir os botões como queria, aleatoriamente, e fiz cada “flor de botão” individual. Depois de vários prontos fui unindo flor por flor pelos arames. Não consegui deixar os botões alinhados, não ficou um buquê perfeitinho, mas amei o resultado! Para o acabamento da parte que segura, usei fita de cetim. O mais legal, ao meu ver, é a variedade dos botões quando estão todos juntos no buquê. Tem botão de tudo quanto é tipo e tamanho. Amo isso! Mas deixo um aviso: fazer um buquê de botão É CARO! Botões são bem carinhos. É um projeto que exige paciência e tempo.

casamento craft J&T 0005

Lapela do Noivo

Ainda falando em botões, para meu noivo combinar comigo, nossa madrinha fez uma flor de lapela, com botões nos mesmos tons do buquê. E ficou super charmoso no blaser que escolhemos para ele usar no dia do casamento!

casamento craft J&T 0006

O móbile

Para a  decoração, juntei em móbiles muitos pompons e móbiles de coração. Os corações foram cortados com furadores de scrapbooking . Também penduramos fitas de cetim criando uma parede de móbiles que ficaria atrás da mesa de bolo. Os dois maiores desafios desse móbile que inventamos: 1) transportá-lo de casa para o restaurante: tivemos que enrolar um por um de forma que não se enroscassem e embalá-los individualmente; 2) Montar em uma área externa, onde venta, de forma que não se enroscassem.  Tivemos que montar na hora, um por um, e em baixo amarrar um fio de nylon até o chão para evitar que se mexessem muito. Mas ufa! Deu tudo certo e ficou lindooo de viver!

casamento craft J&T 0008

A lustração alí a direita na mesa foi feita pela ilustradora Luda Lima. Ela ilustra lindamente com aquarela. O Jorge encomendou com ela uma ilustração nossa nossa e me deu de presente quatro dias antes no meu aniversário. Chorei de emoção! Fizemos uma “cópia” da original e levamos para estar lá no dia com a gente também. Era um item muito especial!

casamento craft J&T 0007

A mesa

A mesa toda foi arrumada pela nossa amiga Ludmila que faz doces maravilhosos que “adoçaram” nossa festa! Tinha brigadeiro de paçoca, delícia de banana, Romeu e Julieta, tortinha de limão e o maravilhoso bolo de cenoura com cobertura de chocolate! Simples e maravilhoso! O naked cake mais gostoso e lindo que já comemos em nossa vida!

E repararam, né? Tudo conceitual, até o bolo tinha que ser amarelo!

casamento craft J&T 0009

Enfeite para o bolo

Para o bolo ficar ainda mais charmoso fizemos bandeirinhas de papel mesmo com os dizeres  “Tê e Jorge” “Amo tu”. Fiz a arte das bandeirinhas no Corel, imprimi, recortei e colei na linha e depois arrumei nos palitos com o pom-pom colado nas pontas. Só no dia saberia como iria ficar e mais uma vez, deu super certo!

casamento craft J&T 0013

Enfeites de mesa

Para os enfeites usamos uns potes de vidro comum mesmo, desses de loja de 1,99. Mas deixamos ele lindos com papéis rendados, corações e uma linha encerada enrolando o potinho e dando um laço. A ideia era ser os potes das “flores” de pompons no centro das mesas. Catamos gravetos secos naturais em uma visita a Pirenópolis – GO, uma cidadezinha que amamos ir e pronto! Aí foi só colar os pom-pons nos gravetos e selecioná-los para cada pote! Para segurar os gravetos nos potes usamos bastante sal grosso – diquinha boa, bonita e barata e que ainda tira mal olhado! Alguns convidados levaram os enfeites para casa e lá estão emanando amor até hoje.

casamento craft J&T 0014

Alianças

Nossas alianças foram também feitas à mão, pela pela designer de joias Flávia Fagundes. Contamos a ela nossa história, como nos conhecemos, nossos sentimentos e certezas – ou não – e ela criou uma aliança inspirada por nosso primeiro passeio juntos foi de bicicleta. Ela desenhou a aliança com o conceito das duas rodas que se encontraram. Lindas! E para elas ficarem bem guardadinhas até a hora do “SIM”, usamos um porta alianças de tecido em formato de coração.

casamento craft J&T 0015

Minha mãe fez esses corações de tecido para serem jogados para as convidadas. Afinal, ninguém imaginou que eu iria jogar o buquê de botões, né? Além de ser pesado, eu não teria como me desapegar dele. Foi então que tive a ideia de fazer vários corações fofos e pedi para mamãe costurá-los! Claro que ela incrementou a ideia e colocou ainda essas alianças em cada coração. Assim, todas convidadas puderam ganhar um coração. Afinal, amor é de graça e quanto mais melhor.

casamento craft J&T 0016

Lembrancinhas

E você acha que acabou? Não!!! A última coisa que fizemos foram as lembrancinhas! Queríamos algo útil e que tivesse a ver com a gente então decidimos fazer um calendário de um ano. Eu fiz a diagramação e juntos, escolhemos as frases que acompanhariam cada mês, para trazer boas energias e amor. E, sugestões de algo diferente para fazer, como por exemplo: neste mês, faça um picnic no parque; ou neste mês leia um livro infantil; ou ainda, não podia faltar; neste mês ande todos os dias de bicicleta.

casamento craft J&T 0017

Uma coisa eu garanto a vocês: uma celebração  feita pelos noivos, amigos e familiares, tem é muito mais gostoso e pessoal. O casamento fica rico, cheio de detalhes e principalmente, tudo com a carinha de quem fez. Claro que em festas grandes fica bem mais complicado, mas se sua festa for um “mini-wedding” como o nosso, super incentivo você a fazer pelo menos alguns detalhes que fazem toda a diferença!
Deixo aqui o meu muito obrigada a toda a equipe do Cantucci, que foi maravilhosa! Aos amigos que ajudaram, a mamãe e a cunhada/madrinha/fotógrafa/cordelista mais linda, Mari! A amiga Lud em especial, pelos doces e bolo maravilhoso.

Ao meu amor, que me inspira e que faz com que juntos, sejamos cada um, melhor! Amo tu, Jorge!

Texto: Tê Pires
Fotos: Mariana Leal Fotografia
Restaurante, comidas e bebidas: Cantucci
Doces artesanais: Senhor Doce!
Peças da mesa alugadas: Mabbela
Designer de Joias: alianças: Flávia Fagundes
Ilustração: Luda Lima

20 ago 14
outros bla bla blas
Como foi o Encontrinho de Agosto
por Andrea

encontrinhoagosto_abre

Domingo foi dia de mais um super encontrinho crat lá no Espaço Ateliers! E desta vez além da desculpa para encontrar amigos talentosos e conhecer novos criativos tínhamos uma missão craft: arrecadar quadradinhos e produzir mantas quentinhas de crochê e tricô para serem doadas ao GREANDAAC de Jundiaí ainda neste Inverno.

Não ficamos surpresas com a grande adesão (yay!) de leitoras que além de enviarem um montão de quadradinhos coloridos também compareceram em peso do dia para crochetar junto. É a força do craft coletivo mostrando seu valor :D.

Para esta ação contamos com a parceria do Quadradinhos do Bem que mantém um projeto contínuo de produção de mantas para benefício de comunidades carentes, não só durante o Inverno mas no ano todo.

IMG_8531

Logo no comezinho os quadrados da vovó foram chegando em quantidades enormes e modelos mais variados. As nossas mesas ficaram assim, super coloridas. Muita gente que não pode comparecer no dia mas entregou seus quadrados prontos para que fossem montados.  Obrigada também a todos que doaram material!

IMG_8513

Foi nosso recorde de público! O dia estava lindo, apesar do friozinho o sol deu as caras e as horas voaram em meio a muita lã colorida.

IMG_8538

Muita gente aproveitou para crochetar os quadradinhos lá mesmo! Outra aproveitaram a ocasião para aprender a fazer quadradinhos da vovó com as crocheteiras mais experientes. Tão legal ver a produção brotando das mãos à medida que as horas passavam.

IMG_8526

Todos os níveis de conhecimentos e crochê eram bem vindos. Tinha tricoteiro crochetando, crocheteira arrematando…. tarefa é o que não faltou!

IMG_8529

IMG_8518

Teve até crafter mirim colocando a mão na massa e se divertindo.

IMG_8530

IMG_8524

Quadradinhos prontos, chegou a hora de compor as mantas e montar aquele quebra-cabeças criativo com muita textura.

IMG_8537

Para unir os quadrados cada um apostou em uma técnica diferente, desde a costura manual com agulha de tapeçaria…

IMG_8533

… até o crochê com bordas trabalhadas à escolha do freguês.

IMG_8510

A Coats apoiou nosso encontrinho oferecendo fios de Topp para todo mundo que apareceu por lá. Este fio grosso é muito bacana para fazer maxi golas e cachecóis. Fica a dica ;)

IMG_8548

Ao final do dia, missão cumprida. Os quadradinhos soltos se transformaram em mantas quentinhas! Teve manta de quadradinhos freestyle…

IMG_8540

… e mantas com super composições!

IMG_8503

IMG_8497

Uma pequena amostra da produção dos Quadradinhos do Bem que vai ser entregue ao GRENDAAC! Foi uma tarde super produtiva e que vai ficar para a história dos nosso encontrinhos.

ATENÇÃO: Ainda temos muitos quadradinhos soltos que precisam ser arrematados e montados. Por isso estaremos organizando uma força tarefa no dia 31/08 ( Domingo) a partir das 14h com foco apenas na montagem de mantas com quadrados que já recebemos.

Se você tem noções de crochê básico e quiser colaborar apareça para colaborar!  Mais detalhes aqui.

Obrigada a todos que apareceram e ajudaram fazendo seus pontinhos! E em especial Simone e Leca do Ateliers pela hospitalidade de sempre e Cláudia do Quadradinhos do Bem que organizou toda a logística e fez uma grande produção.

Até o próximo ;).

 

23 jul 14
outros bla bla blas
Tem Mod Podge no Brasil!
por Claudia

Mod Podge

Uma novidade que vimos na Mega Artesanal 2014 foi que os produtos da marca Mod Podge estão chegando no Brasil.

Mod Podge é o nome de um produto americano que surgiu nos anos 60, uma espécie de cola/selador/acabamento para crafts em geral. O logotipo já denuncia tudo! Esta cola foi o must na época dos hippies e de quando o Do It Yourself estava no seu auge. Por ser uma cola a base de água, ficou muito associada a projetos de decupagem, mas serve para tudo. O nome Mod Podge é tão forte por lá que virou sinônimo de categoria, como dizer chicletes para goma de mascar ou cotonete para hastes flexíveis! Ou seja, é a marca mais forte, conhecida e utilizada para colas de decupagem.

Bem, os americanos, que não são bobos, aproveitaram essa retomada do craft agora nos anos 2010 para lançar mais produtos embaixo do nome Mod Podge.

E pela primeira vez estão chegando no Brasil. Na Mega Artesanal, vimos no stand do ScrapSampa. A cola em si, que é o carro-chefe, não estava disponível ainda. Mas nos avisaram que o carregamento estava chegando e que seria vendido na própria feira.

Além dos sprays que estão na foto de abertura, vimos também estes outros lançamentos ligados a aplicação de cola em superfícies, como esta broxa ou o kit de bisnaga e espuminha.

Mod Podge

Gostamos também destes produtos da linha: cola quente colorida, moldes de silicone e stêncil. De todos, curtimos muito esse aí, que imita as ondulações e veios da madeira.

Mod Podge

Mesmo quem não pode conferir estas novidades ao vivo na Mega, muito em breve deverá encontrar em lojas grandes e na internet. Os preços são de produtos importados, mas algumas coisas podem valer a pena.

*******

PS: com a internet, a marca ficou conhecida no mundo craft porque o produto era indicado como material para usar em projetos. E na impossibilidade de comprar o produto, surgiram receitas e tutoriais de como fazer a sua própria cola para decupagem. Há milhões de receitas e dicas de como fazer Mod Podge. Procurando no Google por “do your own mod podge” ou até mesmo em português “mod podge caseiro” você encontrará muitas opções e até comparativos entre as versões doméstica e comercial. Em resumo, o Mod Podge é uma cola branca (PVA), aquela do rótulo azul, diluída em água, daí seu acabamento fosco. Se alguém perguntar se o produto original é melhor? Por enquanto não sabemos, mas vamos atrás de um para descobrir e testar.

22 jul 14
outros bla bla blas
Visitando a Mega Artesanal 2014
por Claudia

Mega Artesanal 2014

Ufa… acabamos de voltar de uma visita à Mega Artesanal 2014. Pés doloridos e câmera carregada!

Aproveitamos a relativa calmaria deste primeiro dia que é aberto a lojistas e imprensa para ver o que estava rolando e dividir algumas fotos com vocês. Nossa prévia para quem vai pretende visitar e quer se organizar, mas também para quem não pode ir ter pelo menos um gostinho do que está rolando.

A feira é palco para novidades, lançamentos de produtos, contato com especialistas, exposições culturais e, porque não, compras. Muita gente aproveita para vir de outras cidades em caravanas e pode encontrar tudo o que precisa em um só lugar. Grandes lojistas de vários segmentos (papelaria, costura, scrap, etc) estão por lá – então quem visita é poupado do deslocamento pela cidade. Fabricantes de máquina de costura também expõe e vendem – uma boa oportunidade para quem precisa de informação e quer comparar modelos, marcas, preços.

Enfim, há muito o que fazer. Vamos ao tour virtual!

Para começar, como não podia deixar de ser, a Mega é o paraíso dos tecidos!

Mega Artesanal 2014

Ah, os tecidos! O que dizer deles? Muita variedade. A venda por metro, por fat quarters, em kits com cores combinadas. Estampas novas e exclusivas. Lojistas tradicionais, como Niazi Chofi, pequenos fabricantes e criações independentes. Sem contar as estampas digitais, que agora estão com mais força ainda.

Mega Artesanal 2014

Alguns acessórios para quem costura. Caneta de giz japonesa que some com tempo e bobinas plásticas coloridas!

Mega Artesanal 2014

Na área de papelaria, dois produtos bem interessantes que pra nós foi novidade. Esta caneta, que além de ter uma boa cartela de cores, pode ser acoplada em um aparelho que bombeia ar e transforma os respingos da tinta em uma pintura estilo “spray”. Abaixo, furadores para papel em motivos variados – você passa o rolinho em cima do papel, ele marca os pontos e depois você pode costurar com linha para enfeitar.

Mega Artesanal 2014

Ainda nesta seção, o laço fácil da Fitas Progresso. Parece legal, mas não testamos. Alguém aí tem e sabe se vale a pena? Estava em promoção na Scrap Sampa. Estes modelos de lápis e maçã são para quem faz scrapbooking e custavam R$3 na mesma loja. Quase levei de impulso só para usar de decoração.

Abaixo, a fita transparente que deixa um rastro de bolinhas, da Plus. É também de lá este carimbo rolê que tinha um super acabamento ao ser aplicado em papel –  a tinta não borrava e nem manchava. Tecnologia japonesa para craft!

Mega Artesanal 2014

Outra coisa legal que vimos no stand da ScrapSampa foram os produtos da Mod Podge. Quem acompanha projetos e tutoriais em sites gringos já deve ter ouvido falar. É uma marca americana dos anos 60 de cola para decupagem. Além de ter ganhado mais itens em sua linha, está sendo vendida no Brasil pela primeira vez. Fizemos um post só sobre isto aqui.

Mega Artesanal 2014

Nem tanto novidade, continuamos revendo alguns produtos que continuam na nossa lista de desejos há algumas edições. Estamos juntando coragem e esperando o preço baixar um pouquinho, hehe. O primeiro é o Crop-a-Dile, da We R Memories, um super furador! E ao lado, os diversos furadores da Martha Stewart, com motivos de bom gosto e irresistíveis!

Mega Artesanal 2014

Aliás, a Silhouette Portrait é outro desejo das duas. Não compramos, mas tentamos a sorte na roleta. Segundo o promotor, a máquina está programada para sortear uma por dia! Pra gente não foi desta vez… Mas de consolação, você pode levar descontos ou brindes.

Mega Artesanal 2014

Ainda em compras, muitas opções e stands no Paço do Comércio. Algumas coisas que chamaram a nossa atenção:

Mega Artesanal 2014

O stand do Le Petit Atelier é sempre uma tentação! Tecidos importados do Japão e França, fitas, rendas e bordados variados, além de muita matéria-prima para quem curte bordar. Tudo nas nossas cores favoritas e detalhes muito delicados. Cuidado com os preços! Qualidade custa caro.

Mega Artesanal 2014

Mas na Mega tem de tudo, tem produtos mais em conta também. As famosas sacolinhas com papeis variados (e surpresa) de scrap, rolo de tecido adesivo, botões – e bottons – de todos os tipos, tamanhos e cores.

Mega Artesanal 2014

Mesmo quem não vai comprar nada, sai de lá com muitas ideias. A maioria dos stands é decorado com projetos que inspiram e ajudam a visualizar a aplicação dos produtos e novidades.

Mega Artesanal 2014

No meio da feira, está o stand do Peter Paiva e suas criações. Encontramos alguns produtos novos e outros que continuam irresistíveis.

Mega Artesanal 2014

Ele também vende suprimentos e acessórios. Adoramos as banheiras para acomodar sabonetinhos e os cogumelos de enfeite. A feira também é lugar para conhecimento: não sabíamos que vermiculita servia de base para sachês – vivendo e aprendendo! E por último, piramos no molde de Instagram (pausa para propaganda: estamos lá, para seguir o Superziper clique aqui!)

Mega Artesanal 2014

Na praça em frente ao Peter Paiva, fica um espaço cultural com alguns expositores e criadores. Lá estava a Sheila e seus macacos, além de novos amigos feitos de meia, como pinguins, cavalos, peixes e outras criaturas.

Mega Artesanal 2014

O legal é que a Mega, apesar do tamanho, também é lugar de encontrar amigos. Nos corredores, nas lojas, nos stands, é bem provável que você se encontre alguém. Na nossa visita encontramos  a artesã Cris Torchia e a Sheila Abreu, dos Bichos de Meias. Vimos mais gente, mas não rolou foto. Na próxima visita, quem sabe. Está nos nossos planos voltar mais uma vez, mesmo que rapidinho.

Mega Artesanal 2014

Na parte conceitual e artística, gastamos um bom tempo na exposição ‘Retalhos da Vida’, com trabalhos de tricô, crochê e patchwork aplicados em cadeiras e colchas de memórias.

Mega Artesanal 2014

Vale a pena parar lá para descansar a cabeça – e admirar os trabalhos e as ideias.

Mega Artesanal 2014

A Casa da Mega continua, mas neste ano não estamos expondo (clique aqui para ver/rever o que aprontamos em 2012!). Tiramos algumas fotinhos. Vejam que demais este lustre de colheres. Taí algo que nunca imaginamos fazer.

Mega Artesanal 2014

Última dica… Deu fome? Tem praça de alimentação no local. Mas é bem cheia. Se puderem levar lanche na mochila, biscoitinhos, água e outras coisas para beliscar é melhor. Essas ‘comidinhas’ são do stand do Peter Paiva, de sabonetes artesanais.

Mega Artesanal 2014

Vai lá!
O evento acontece de quarta-feira até sábado (23 até 26 de julho de 2014) no Centro de Convenções Imigrantes, das 10 às 19 horas. O metrô mais próximo é a estação Jabaquara e tem serviço de van que leva até o local.
Ingresso: R$ 20 inteira | R$ 10 meia entrada
IMPORTANTE: menores de 12 anos não poderão entrar na feira, mesmo que acompanhados pelos responsáveis
Site e mais informações: www.megaartesanal.com.br

Página 1 de 10212345...Última