03 abr 14
outros bla bla blas
Passeio pela Brazil Patchwork Show 2014
por Andrea

tecido3

E foi dada a largada para a maratona das feiras de artesanato 2014! Começou ontem aqui em São Paulo mais uma edição da Brazil Patchwork Show, lá no Centro de Convenções Frei Caneca. Fui até lá conferir as novidades, encontrar amigas para colocar o papo em dia e, claro,  aproveitar para dar uma garimpada. Estar cercada de paninhos lindos é uma tentação para qualquer caráter e eu não sou de ferro – embora meu acervo só aumente.

Como era o primeiro dia, tinha uma filona para entrar. Me parece não houve pré venda de ingressos então o jeito era comprar na hora. Será tanta vontade de chegar primeiro e conseguir arrematar os tecidos mais disputados? Lá dentro idem, em alguns estandes era difícil circular e até pagar. Apesar disso a movimentação nos corredores estava tranquila, ufa! Dá sim para visitar na boa, gente.

tecido_abre

Se você faz ou quer começar a fazer patchwork e costurinhas em geral uma feira assim é um prato cheio para garimpar tecidos de algodão. Alerta fabric descontrole no máximo! Tem muita variedade estampas, tanto nacionais como importados. O preço é praticamente igual a fora da feira, tirando uma promoçãozinha ou outra, mas a vantagem é encontrar muita variedade em um só lugar.

Muitos estandes vendem os já famosos ‘rolinhos’ ou pacotinhos de tecido já cortados, basta saber garimpar cores e estampas legais. São ótimo para montar um acervo de estampas para seus futuros projetos. E também para achar tecidinhos básicos, lisos, poazinhos, listrinhas, florzinhas aquelas estampas que são coringas nas composições modernas. A textura dos tecidos também varia muito. Você encontra tanto o algodão mais encorpado, característico dos tecidos americanos, como tricoline nacional mais fino. O bom é que tem para todos os gostos.

estampas3

Cliquei as estampas que mais me chamaram atenção. Seleção totalmente baseada no meu gosto pessoal, ok ;) ?. Desculpe mas não lembro a procedência de todos eles, se vocês souberem ou acharem algum crédito errado, por favor me avisem ;).

Adorei o tecido importado de elefantes. Este florais  da boto logo abaixo não são novidade, acho que já vi vendendo em outras edições mas desta vez os tons de rosa, amarelo e verde me encantaram.

estampas1

Minha estampa TOP favorita da feira são estas com temas Londres!  Todo mundo estava louco por elas que é, na verdade, um trio – a estampa de bandeiras que não apareceu na foto. Acho que vão acabar logo, visto o grau de empolgação da mulherada. É um tricoline nacional que achei no estande do Clube dos Paninhos e em vários outros. Very british indeed!

Também adorei as estampas ‘modernas com carrinha antiga’ nos tecidos nacionais da Cris Mazzer a venda na Poá Paninhos.

Desta vez não curti tanto os tecidos importados. Achei que estavam caros e os nacionais apareceram com estampas bem legais. Será que a febre dos importados ficou pra trás?

estampas2

Estes xadrezes, da Casa Belem são mais grossos, uma espécie de lonita, para decoração. Estavam meio escondidos, as  cores, qualidade e textura eram ótimas.

Eu virei fã dos composês e cartela de estampas da Cris Mazzer. Numa feira cheia como esta, facilita a vida escolher os tecidos já assim combinadinhos, por cor e estampas.  Não era a toa que este era um dos estandes mais cheio.

favo4

Também vi muito tecido nesta pegada de azulejo colonial. Pelo visto a tendência azul e branco também chegou nos tecidos pata patchwork. Vocês gostam?

fada3

Mas nem só de tecidos vive a feira. Também tem muito produto pronto, material e máquinário para quem costura. Vi muitas bonecas fofas, com projetos e moldes para fazer em casa. Estas bailarinas são da Amelie.

fada1

Mini Tildas anjinhas da Nanatoys, no estande da Ana Leal.

colegos_lugastal

Coelhos para lembrar que a Páscoa já vai chegar, da Lu Gastal.

carimbos

Estes carimbos para tecido são do Atelier das Artes, que bate ponto nas feiras de artesanato. Desta vez elas trouxeram desenhos novos que podem virar etiquetas de tecido para as suas criações. Uma ótima sacada!  O segredo para carimbar com definição? Espalhar bem a tinta (de tecido) com um rolinho de espuma e passar no carimbo, sem encharcar.

serenissima

Mais fofurices com um perfume vintage, do Atelie Sereníssima, no estande da Ana Leal.

make

O sempre presente e querido estande da Revista Make, da nossa parceira Rita Paiva, abusando das cores e com beringelas voadoras que esqueci de fotografar.

milacamila_abre

Trabalho em chochê de malha que sempre surpreende, desta vez as corujas com olhos arregaladíssimos deram o tom dos agulheiros e cachepôs. 

milacamila

Cachepôs de crochê da Milacamila de Botucatu, no estande da Casa de Vovó. Sou suspeita pois amo crochê de malha.

cogu

Para terminar, uma fofura que estava pendurara na porta de um dos estandes.

Gostaram do meu tour? Tinha muito mais…. para encher os olhos e  esvaziar os bolsos. Eu até que resisti as tentações e comprei alguns tecidinhos de estampas básicas para patch e um daqueles alfineteiros com ímã super power ultra forte.

Acho que se pudesse  ficaria mais tempo e daria uma volta pela feira de Scrapbook que rolava no andar de baixo (olha a oportunidade, 2 feiras no mesmo lugar) meus pés aguentaram apenas 3 horas.

A Patchwork Brazil show vai até o dia 05, confira todas as informações no site. 

Centro de Convenções Frei Caneca
R: Rua Frei Caneca, 569 – Consolação – São Paulo – SP – Brasil
Próximo ao Metrô Consolação Ver mapa 

De quarta a sexta: das 13 às 20 horas.
Sábado: das 11 às 17 horas

Ingresso R$ 14,00.

Se você foi nesta edição me conta quais foram os seus achados!

10 mar 14
casa craftoutros bla bla blasreciclagem
10 novos usos para objetos do dia-a-dia
por Claudia

Novos usos para objetos

Sabe aqueles emails que você recebe cheio de dicas ‘ótemas’ para você fazer em casa? Normalmente eles chegam com o título que começa com RE:RE:FW:RES:RE:RE:FW:RES… de tanto que foi encaminhado.

Você olha, olha e vai se deliciando a cada dica. Mas nem sempre coloca em prática.

Eu também sou assim na maioria das vezes mas, depois do último que recebi, decidi testar para ver o que funcionava de verdade e fiz minha própria lista dos 10 mais.

A maioria se aplica ao universo craft e do Superziper, confiram!

Novos usos para objetos

1. fecho de pão na ponta do durex
Devo dizer que este é sensacional. Eu era daquelas que sempre dobrava a pontinha e pronto. Mas assim ficou bem mais prático. O difícil hoje em dia é achar este tipo de fecho, acho que o pão pullmann nem usa mais… Eu tinha esse e mais alguns esquecidos em uma gaveta da cozinha.

Novos usos para objetos

2. cartão de crédito na ponta de fita larga
Mesmo princípio do item anterior, mas aqui usando um cartão de crédito para marcar a ponta de fitas mais largas como as de embalagem ou silvertape. Vale carteirinha de estudante, de desconto, de clube, de milhagens, etc desde que esteja vencido e você não precise mais carregar na carteira.

Novos usos para objetos

3. mola de caneta no fio do carregador
Esta era uma das dicas que eu pensava ‘que genial’, mas nunca tinha colocado em prática. A boa notícia é a mola coube no fio. Peguei uma de caneta comum e consegui passar ao redor do fio do iphone. Só não sei dizer ainda o quanto a mais isso garante de durabilidade. Só esperando o tempo passar… [UPDATE: nos comentários, alguém que já fez disse que a medida que você vai usando, a mola desencapa o fio todo. Ou seja, se a ponta da mola for afiada, ela pode machucar o plástico]

Novos usos para objetos

4. caixa de fita cassete (K7) para apoio de celular
Depois dos discos, virou moda resgatar fitas cassete. Aproveita para usar a capinha para apoiar o seu celular. Para uma versão mais avançada, fica a dica de furar a base para passar o fio – mas isso não fizemos. Fica mais legal ainda para quem guardou fitas com músicas gravadas de rádio – provavelmente o papel está marcado com os títulos, anotações, etc. Muito amor!

Novos usos para objetos

5. rolo de papel higiênico para guardar feltro
Esta é bem craft! Vale reaproveitar o tubinho do papel higiênico para estocar seus materiais que não podem ser amassados. Funciona com cartolina, tecido, feltro.

Novos usos para objetos

6. serrinha na mesa para cortar durex
Mais uma craft que funciona muito bem. Para quem usa washitape, decotape ou outras fitas decorativas, o acabamento de serrinha dá uma cara muito legal. Mas nem sempre a gente tem porta-durex para cada rolo. Eu colei a minha na escrivaninha. Mas se você usa caixa de madeira para armazenar os seus rolos, também dá para colar lá.

Novos usos para objetos

7. bico de garrafa PET para fechar sacos
Ensinamos essa dica em 2010 aqui no Superziper. Uso desde então para saco de açúcar e de farinha. Recomendo! Clique aqui para rever o passo-a-passo.

Novos usos para objetos

8. fita métrica pregada na mesa
Dica muito boa para quem tem um cantinho craft em casa. Basta prender a fita métrica na mesa com tachinha, preguinho ou grampeador de tapeceiro. Mais um post que fizemos em 2010. Para rever o passo-a-passo, clique aqui.

Novos usos para objetos

9. camisa amarrada como avental
Demos esta dica em 2008 e naquela época foi super polêmico. A dica foi republicada em um site gringo, tipo LifeHacks, e o povo caiu matando, dizendo que era bobagem. Será que passados 6 anos ainda pensam assim? Vale para cozinha e para artes, aliás, aprendi com uma professora em Londres que era super antenada e achei o máximo. Até fizemos vídeo, chamava “avental de 1 min” e a camisa é a mesma. Era daquelas largonas, masculinas, que se usava nos anos 80 ou 90. Um último comentário: não precisa dar a volta completa na cintura, só amarrando atrás já é suficiente.

Novos usos para objetos

10. fita para pendurar pano de prato
Muito prático costurar uma fitinha na ponta do pano de prato, toalha de mesa ou até avental. Assim fica fácil de pendurar em qualquer lugar da cozinha. Sugiro fazer uma ‘rapa’ e costurar em todos que você tem de uma vez. A gente ensinou isso em 2012. Clique aqui para relembrar.

Por enquanto, deixamos estes 10. Mas se surgirem mais (os comentários estão aqui também para isso :), a gente lança uma segunda edição!

07 mar 14
outros bla bla blas
Organizando: caixa de Carnaval
por Claudia

Caixa de carnaval

Quando eu era criança, achava o Carnaval legal porque era quando eu ganhava fantasias inventadas e costuradas pela minha mãe. Eu tinha permissão para passar sombra azul nos olhos, um pouquinho de blush e de batom. E no dia dos bailes, brincava com confete e bisnagas de água. E quando acabava o confete, a gente sentava no chão e ficava juntando uns montinhos para colocar de volta no saquinho e começar a brincadeira de novo.

De adulta, nunca fiz muita questão. Mas faz uns anos, com o retorno dos blocos, voltei a achar graça no carnaval de rua, com música e marchinhas.

Neste ano, me arrumei, coloquei acessórios, escolhi uma roupa colorida, um pouco de maquiagem e fui para a rua de novo. Logo no primeiro bloco, que era pré-Carnaval, fui olhando as pessoas e lembrando de quantas coisas eu poderia ter feito. Mas como saí um pouco na correria, esqueci de coisas que tinha em casa e poderia ter resgatado sem precisar comprar.

Então decidi que, para me organizar para o ano que vem, eu faria minha “caixa de carnaval”.

Peguei uma caixa de loja, de um presente que ganhei, e guardei lá as coisas que normalmente só uso nessa época do ano.

Caixa de carnaval

Foram pra lá minha peruca azul, o pente de flores, os esmaltes carnavalescos, glitter, serpentina e uma máscara que fiz para um baile alguns anos atrás.

Caixa de carnaval

Coloquei uma etiqueta para lembrar e pronto!

Ideias de organização nunca são revolucionárias, mas depois que você faz, você se pergunta porque não tinha feito antes…

Bem, neste fim de semana ainda tem mais um pouquinho de folia. Mas depois já deixo tudo encaixotado para 2015 (ou alguma outra festa temática que apareça no meio do caminho).

06 mar 14
outros bla bla blas
Resultado sorteio dos sete kits de aniversário
por Andrea

kits_2

Já passou o Carnaval então vamos voltar a falar de coisas craft!

E hoje é o grande dia de conhecer as sortudas que levarão de presente os sete kits do nosso acervo de armarinho vintage. Sete kits para sete crafters, parodiando aquele filme antigo, que passava na Sessão da Tarde, que tinha noivas e irmãos.

Bom,  como não daria para enfiar a mão num saquinho e puxar papéizinhos, usamos o site ramdon.org para sortear aleatoriamente sete números entre os inscritos. Foram 546 inscrições (uau) e nem precisamos dizer o quanto ficamos felizes com a grande adesão.

Cada participante ganhou um número correspondente a data e horário da sua inscrição. Ah, começamos pelo número 3 pois os dois primeiros foram testes nossos e não contaram na hora do sorteio, ok?

Vamos lá ver  quem levou? Dei um print da tela com ‘papeizinhos que saíram do saco’.
ramdon_sorteio

E a lista das ganhadoras (só deu mulher!) é esta, com os números correspondentes:

93: Beatriz Maria Guedes Messias de Oliveira

133: Carla Cristina Alves (Florianópolis -SC)

177: Carmen Schmidt (Lajeado-RS)

278: Fernanda Rodrigues Vieira

287: Iara Regina Januário (São Paulo-SP)

441: Bibiana Porto Fagundes

514: Flavia Rebello Leite Pereira (Rio de Janeiro-RJ)

kit_sz

Cada uma das ganhadoras vai receber em casa um kit misto com os itens acima, escolhidos a dedo por nós. Algumas não colocaram o CEP na inscrições então entraremos em contato por email para pegar o endereço completo, ok?

kits1

Espero que tenham gostado da brincadeira e muito obrigada pelas participações. Estamos lendo uma por uma pois ficamos muito curiosas saber qual o post favorito de cada uma ao longos dos sete anos anos.

E obrigada a todas as que deixaram depoimentos nas inscrições, ficamos emocionadas em saber que ajudamos de alguma forma a deixar a vida de tanta gente mais craft e feliz.

Ah, para quem perdeu, ainda como parte do rá-tim-bum de aniversário, criamos um papertoy de máquina de costura, para baixar e montar. Um pequeno mimo de gratidão para vocês que acompanham e participam as nossas aventuras no incrível  mundo das linhas e botões!

Um beijo e que venham os 8 anos…. O craft compensa e muito :).

Andrea e Cláudia

 

Página 1 de 9712345...Última