18 mar 07
outros bla bla blas
Craft em alta
por Claudia

Aqui em Londres tem um jornal muito bom chamado The Guardian. Sábado é o dia mais legal, quando vem junto com o jornal uma revistinha com a programação cultural da semana, uma revista colorida em papel bom e um guia temático. É como se fosse uma mistura da Folha de S.Paulo da sexta e do domingo. Particularmente gostei muito mais deste esquema porque você acaba tendo 2 dias do final de semana pra devorar todo esse conteúdo (bom, eu levo mais do que isso porque em inglês a leitura é mais lenta).

Bom, os guias temáticos são super bem produzidos, completos e detalhados. Em fevereiro, eu ganhei o guia ciclístico, com um be-a-bá da bicicleta e uns 40 roteiros pelo Reino Unido. Folheando o jornal, vi uma propaganda dos guias temáticos. E qual não foi a minha surpresa em descobrir que eles tinham feito um guia de “Crafts”. Fui atrás e descobri que o guia tinha acompanhado o jornal de 2 ou 3 semanas antes. O jeito foi procurá-lo na internet. E não é que achei?

O guia completo está disponível aqui (em inglês): http://lifeandhealth.guardian.co.uk/guides/craft/0,,1998461,00.html. São idéias simples e fáceis pra quem quer arriscar os primeiros passos. Tem projetos para casa, jardim, vestuário e crianças. Muito tem a ver com reciclagem, reaproveitamento de materiais e dar uma cara nova a objetos antigos. O mais curioso é a luva feita de malha de lã encolhida, para os destraídos de plantão como eu que as vezes colocam blusas na secadora. Ao invés de ir pro lixo, o guia dá uma solução criativa.

. Pontos fortes: conteúdo de primeira linha, disponível por completo, grátis, atual, idéias classificadas por dificuldade e estimativa de tempo.

. Pontos fracos: está em inglês, poucas fotos, alguns produtos e lojas não existem no Brasil.

UPDATE 20/03/2007 : E já que estamos falando em reciclar blusas de tricô encolhidas (feltradas), olhem o tutotial de como fazer coelhinhos de malha feltrada que achei hoje. Não é genial ?
Se você não quiser reciclar suas blusas de cashmere pode usar pedaços de feltro. Lembrem-se que apenas malhas de lã 100% feltram na máquina, portanto não vai certo feltrar aquele seu suéter de lã acrílica.

13 mar 07
costuraoutros bla bla blas
Dicionário Ilustrado de Costura Inglês – Português
por Claudia

Nem todo mundo está familiarizado com os termos de costura em inglês. Achei que podia ser uma experiência legal compilar algumas palavras que fui descobrindo aos poucos, visitando lojas de “haberdashery”.

Dicionário de costura

bead = conta, missanga
bias = diagonal, enviesado
(B) bobbins = bobinas (de máquina de costura)
bra cups = enchimento de sutiã
buckle = fivela (de cinto)
(F) button = botão
chalk marker = marcador de tecido
cord = corda
cotton = algodão
crochet hook = agulha de crochê
cross stitch = ponto de cruz
elastic = elástico
embroidered = bordado
fabric = tecido
feather = pena
haberdashery = lojas/ produtos de armarinho (nos EUA se diz “notion stores”)
hem = bainha, barra
knitting = tricô
knitting needles = agulhas de tricô
(C) magnetic snap = fecho de ímã
motifs = apliques, desenho para aplique, desenho de um quilt
needle = agulha
(D) overall-set = fecho de jardineira
(M) pin cushion = alfineteiro
(J) pins = alfinetes
ribbon = fita
(K) ric rac = fita zigue-zague
(H) safety pins = alfinetes de segurança
satin = cetim
scissors = tesoura
(L) sequins = lantejoulas
sew-all thread = linha de costura básica
sewing box = caixa de costura
sewing machine = máquina de costura
shoulder pads = ombreira
silk = seda
(N) tape measure = fita métrica
(E) tassels = borla (procurei no Michaelis a palavra em português)
(I) thimble = dedal
thread = linha, fio
(G) threader = objeto pra passar linha pela agulha ;-)
trim = enfeite, galão, aviamento
velcro = velcro
wool = lã
(A) zip, ziper = ziper

Achou que faltou alguma palavra? Traduzi alguma coisa errada? Escreva pra super_ziper@yahoo.com.br que a gente dá um jeitinho :-)

08 mar 07
outros bla bla blastricô e crochê
Diga aí: O tricô já passou ?
por Andrea
Coisa de dois anos atrás o tricô virou moda. Todo mundo voltou a tricotar e quem ainda não sabia deu um jeito de aprender. Produzimos cachecóis (dúzias deles), torramos nossa grana em lãs e trocamos receitas feito malucas. Mas e hoje ? Continuamos tão apaixonadas pelo tricô ?

Tricoteiras e ex-tricoteiras, colaborem com o Superziper respondendo esta enquete :-)

Você ainda tricota ?
Tricô ?? A última moda agora é a decupagem !
Hum, neste calor não dá. Talvez eu volte a tricotar no inverno.
Sim, continuo mas sem a mesma empolgação.
Claro, e a todo vapor, faça frio ou faça sol ! Tricô FOREVER!
View Results
09 fev 07
nhacoutros bla bla blas
Let’s Bento!
por Andrea

Bento (pronuncia-se bem-tô, o to é a sílaba mais forte, o contrário do nome personagem da Turma da Mônica) é uma palavra japonesa que significa “comida para viagem”, similar à nossa “marmita”.
Mas reparem que o bom bento tem algo que a marmita não tem.

Eu, como descendente de japoneses, convivo desde criança com a idéia do bento. No entando, o que me acostumei a ver em casa até a pouco tempo atrás era uma forma “roots” de bento. Algo sem frescura, o equivalente oriental a uma marmita caprichada de arroz e feijão.

Mas, descobri há pouco tempo através da Internet (sempre ela) que vem surgindo uma febre do bento lá fora entre os jovens ocidentais.

Hoje tem gente fazendo bento muito (coloque ênfase neste *muito*) caprichado e colorido. Isso porque hoje existe uma indústria de acessórios próprios para incrementar o bento (todos importados do Japão) que vai desde as fundamentais bento boxes decoradas até mini molheiras para shoyu, palitos, toalhinhas de mão, sacolinhas porta bento box e até (pasmem !) moldes para ovo cozido, os meus preferidos.


Eu gosto muito da idéia de preparar a sua própria bento box para o almoço no trabalho. A acho louvável que as crianças levem uma bento box preparada em casa ao invés se empanturrarem com lanches industrializados ou de cantina. Fazer o seu próprio bento é valorizar o preparo dos alimento e adquirir consciência sobre o que se come pois as refeições são geralmente bastante balanceadas e as porções são apenas suficientes. Deixo bem claro que fazer bento não é uma tarefa para preguiçosos – exige planejamento e disposição. Mas nada que a prática não ajude. E boa uma panela de arroz elétrica também !


O ato de fazer um bom bento é um ritual a ser cultivado no dia-a-dia, com criatividade e paciência.

Vou falar mais sobre bento aqui no Superziper. Embreve uma entrevista exclusiva com uma expert em bento e uma receita surpresa deliciosa.
Sayonara!
(Todas as fotos que ilustram esta matéria: Yurippe Masuda)

Página 111 de 112Primeira...108109110111112