02 abr 14
costurareciclagem
DIY: porta-trecos de bicicleta
por Claudia

Bolsa para bicicleta

Faz umas semanas, publiquei aqui no Superziper uma capa de almofada feita com uma camisa que eu não usava – quem não viu, clique aqui para acompanhar o processo! Acontece que eu usei só uns 50% da camisa e sobrou muito tecido. Tudo irregular, claro! Manga, gola, muitos recortes e costuras. Mesmo assim, guardei.

Bolsa para bicicleta

Na verdade, não guardei no armário – deixei ele jogado no sofá. De vez em quando eu pegava aquilo e ficava pensando se ainda renderia alguma coisa. Xadrez tão bonitinho, dó de jogar fora. Daí que um dia veio a luz e pensei que os três botões da parte de cima ainda poderiam servir de “fecho” para uma bolsa ou algo parecido. E a maior sacada… a gola poderia virar uma alça! Afinal, já estava costurada em um ponto estratégico :)

E foi assim que nasceu essa bolsinha para guardar meus trecos de bicicleta. Eu estava precisando mesmo organizar as coisas que preciso levar quando vou pedalar. Se não fica sempre aquela correria, tudo espalhado, tendo que lembrar o que levar e onde está guardado.

Como foi um projeto de impulso, pensei e costurei, não fotografei o passo-a-passo. Então fiz uns desenhos que explicam como fazer esta mágica. O projeto é mega simples, mais um super recomendado para costureiras iniciantes.

Bolsa para bicicleta

Mais algumas coisinhas pra contar:
- neste corte, só usei a parte da frente da camisa
- poderia ter descosturado e recosturado a gola de padre para dar um melhor acabamento, mas só cortei o tecido em volta mesmo, ou seja, ficaram uns fiapos, mas pra mim não é problema
- o tecido era super fino, então costurei um forro por dentro
- os três botões servem de fecho, mas não é uma vedação completa. Como estou usando para objetos grandes/volumosos, não devem escapar pelos espaços. Para este uso também não é um problema
- fiz as costuras à máquina, mas também poderia ter feito à mão. Use o que você tem!

E, para quem ficou curioso, mostro o que eu levo na bolsinha:

Bolsa para bicicleta

Pra terminar, vou contar um segredo! Ainda não descartei o resto da camisa. Tenho duas mangas e uns retalhos que ainda podem render mais um ou dois projetos, rsrs. Isso me lembrou de um texto que li esses dias da Neide Rigo, do Come-se, que tinha fez várias extrações da polpa antes de jogar fora o bagaço da jaboticaba.

10 mar 14
casa craftoutros bla bla blasreciclagem
10 novos usos para objetos do dia-a-dia
por Claudia

Novos usos para objetos

Sabe aqueles emails que você recebe cheio de dicas ‘ótemas’ para você fazer em casa? Normalmente eles chegam com o título que começa com RE:RE:FW:RES:RE:RE:FW:RES… de tanto que foi encaminhado.

Você olha, olha e vai se deliciando a cada dica. Mas nem sempre coloca em prática.

Eu também sou assim na maioria das vezes mas, depois do último que recebi, decidi testar para ver o que funcionava de verdade e fiz minha própria lista dos 10 mais.

A maioria se aplica ao universo craft e do Superziper, confiram!

Novos usos para objetos

1. fecho de pão na ponta do durex
Devo dizer que este é sensacional. Eu era daquelas que sempre dobrava a pontinha e pronto. Mas assim ficou bem mais prático. O difícil hoje em dia é achar este tipo de fecho, acho que o pão pullmann nem usa mais… Eu tinha esse e mais alguns esquecidos em uma gaveta da cozinha.

Novos usos para objetos

2. cartão de crédito na ponta de fita larga
Mesmo princípio do item anterior, mas aqui usando um cartão de crédito para marcar a ponta de fitas mais largas como as de embalagem ou silvertape. Vale carteirinha de estudante, de desconto, de clube, de milhagens, etc desde que esteja vencido e você não precise mais carregar na carteira.

Novos usos para objetos

3. mola de caneta no fio do carregador
Esta era uma das dicas que eu pensava ‘que genial’, mas nunca tinha colocado em prática. A boa notícia é a mola coube no fio. Peguei uma de caneta comum e consegui passar ao redor do fio do iphone. Só não sei dizer ainda o quanto a mais isso garante de durabilidade. Só esperando o tempo passar… [UPDATE: nos comentários, alguém que já fez disse que a medida que você vai usando, a mola desencapa o fio todo. Ou seja, se a ponta da mola for afiada, ela pode machucar o plástico]

Novos usos para objetos

4. caixa de fita cassete (K7) para apoio de celular
Depois dos discos, virou moda resgatar fitas cassete. Aproveita para usar a capinha para apoiar o seu celular. Para uma versão mais avançada, fica a dica de furar a base para passar o fio – mas isso não fizemos. Fica mais legal ainda para quem guardou fitas com músicas gravadas de rádio – provavelmente o papel está marcado com os títulos, anotações, etc. Muito amor!

Novos usos para objetos

5. rolo de papel higiênico para guardar feltro
Esta é bem craft! Vale reaproveitar o tubinho do papel higiênico para estocar seus materiais que não podem ser amassados. Funciona com cartolina, tecido, feltro.

Novos usos para objetos

6. serrinha na mesa para cortar durex
Mais uma craft que funciona muito bem. Para quem usa washitape, decotape ou outras fitas decorativas, o acabamento de serrinha dá uma cara muito legal. Mas nem sempre a gente tem porta-durex para cada rolo. Eu colei a minha na escrivaninha. Mas se você usa caixa de madeira para armazenar os seus rolos, também dá para colar lá.

Novos usos para objetos

7. bico de garrafa PET para fechar sacos
Ensinamos essa dica em 2010 aqui no Superziper. Uso desde então para saco de açúcar e de farinha. Recomendo! Clique aqui para rever o passo-a-passo.

Novos usos para objetos

8. fita métrica pregada na mesa
Dica muito boa para quem tem um cantinho craft em casa. Basta prender a fita métrica na mesa com tachinha, preguinho ou grampeador de tapeceiro. Mais um post que fizemos em 2010. Para rever o passo-a-passo, clique aqui.

Novos usos para objetos

9. camisa amarrada como avental
Demos esta dica em 2008 e naquela época foi super polêmico. A dica foi republicada em um site gringo, tipo LifeHacks, e o povo caiu matando, dizendo que era bobagem. Será que passados 6 anos ainda pensam assim? Vale para cozinha e para artes, aliás, aprendi com uma professora em Londres que era super antenada e achei o máximo. Até fizemos vídeo, chamava “avental de 1 min” e a camisa é a mesma. Era daquelas largonas, masculinas, que se usava nos anos 80 ou 90. Um último comentário: não precisa dar a volta completa na cintura, só amarrando atrás já é suficiente.

Novos usos para objetos

10. fita para pendurar pano de prato
Muito prático costurar uma fitinha na ponta do pano de prato, toalha de mesa ou até avental. Assim fica fácil de pendurar em qualquer lugar da cozinha. Sugiro fazer uma ‘rapa’ e costurar em todos que você tem de uma vez. A gente ensinou isso em 2012. Clique aqui para relembrar.

Por enquanto, deixamos estes 10. Mas se surgirem mais (os comentários estão aqui também para isso :), a gente lança uma segunda edição!

05 fev 14
outras técnicasreciclagem
Um carretel para seu fone de ouvido
por Claudia

Fone de ouvido sem bagunça

Adorei essa ideia para organizar os fios dos fones de ouvido! Não foi invenção minha, vi um produto à venda da Fred & Friends, e fui buscar meu carretel para fazer a minha versão! Afinal, costureiras e crafters sempre têm um dando sopa…

Fone de ouvido sem bagunça

A única adaptação que fiz foi usar meu Dremel para fazer um corte em diagonal no plástico, seguindo a mesma lógica que existe para prender a ponta da linha. Para quem não tem uma mini-furadeira em casa, recomendo usar uma serrinha ou aquecer uma chave-de-fenda para derreter o plástico no lugar certo, com a pressão certa. Eu fui bem cuidadosa pra não exagerar na dose e perder o carretel. A cada avanço, eu testava com o fone. Não pode deixar muito apertado também para não estragar o fio!

Fone de ouvido sem bagunça

Por último, como tinha perdido a etiqueta original do carretel, colei um enfeite de papel numa cor próxima da linha. Tentei também com washi tape, tem que experimentar mesmo e ver o que funciona melhor.

Fone de ouvido sem bagunça

E ta-dá, só isso… Meu fone já foi pra bolsa, todo arrumadinho!

07 jan 14
casa craftreciclagem
Banquinho revestido de crochê
por Claudia

Banquinho com crochê

Olá, leitores e leitoras, feliz 2014! Estamos de volta à ativa, com a mão na massa, cheia de inspiração. Este projeto é um resquício dos últimos dias de dezembro, quando tudo estava mais tranquilo e aproveitei pra executar esta ideia que há muitos anos estava rondando minhas listas.

Pra ser mais precisa, desde 2009 quando conheci o trabalho do Wood & Wool stool (através da ninainvorm), um estúdio que nasceu encapando banquinhos de madeira rústica reciclada com capas coloridas de crochê da vovó.

A diferença é que meu projeto foi hackeado. Ao invés de pacientemente crochetar a minha própria capa, eu usei uma toalhinha de crochê pronta, que tinha aqui em casa. E que, na verdade, eu comprei em um bazar. Nem tudo precisa ser feito do zero, nâo é? Ainda vou escrever sobre isto.

Banquinho com crochê

O banquinho era desses que acompanha aquelas mesas pequenas de cozinha, era da minha mãe. Quando ganhei, fiz uma capa xadrez. Mas para este projeto, desencapei e voltei ao original.

Precisei apenas de dois materiais para este PAP: uma toalhinha de crochê e um grampeador de tapeceiro.

Banquinho com crochê

O pulo do gato neste projeto foi aplicar uma toalhinha redonda em uma peça quadrada. Para mim, não foi impeditivo. Acredito que sempre dá-se um jeito.

Recomendo que se comece a grampear pelas laterais. Deixe os cantos para o final.

Prendendo as quatro laterais, você consegue posicionar melhor e garantir que o crochê ficará centralizado.

Em seguida, com o grampeador de tapeceiro, prenda as demais partes. Se for preciso, dobre os excessos.

Aproveite o acerto nos cantos serve para deixar o crochê bem esticado e de forma uniforme.

Banquinho com crochê

Pelos tons de azul, levei o banquinho para o banheiro (antes, ficava no meu quarto). Gostei do resultado e principalmente da nova finalidade. Ele está sendo muito usado como apoio para toalhas e roupas. Literalmente, ano novo, vida nova :-)

Página 1 de 1712345...Última