07 nov. 15
tricô e crochê
Faça você mesmo: Cesta em crochê de malha
por Andrea

IMG_9579

Olha o crochê pintando de novo por aqui, gente! Desenvolvi esta cesta para a oficina de maxi crochê que demos no SESC no mês passado. A ideia dos encontros era aprender os fundamentos básicos do crochê e por fim cada aluno produziria uma cesta destas, como prática da aula. Terminada a oficina achei interessante compartilhar a receita aqui para quem quiser tentar fazer por conta. Trata-se de um projeto bem bacana para quem quer tentar crochetar com malha pela primeira vez. Dá para praticar fundamentos como o círculo/anel mágico e o fundo em círculo perfeito. A cesta fica pronta rápido e vira um recipiente multiuso charmoso e muito funcional para usar em casa. Serve tanto como porta revistas, lã ou o que você quiser guardar – pensei até em ser usá-lo como um cachepô para um vaso de plantas. Aqui em casa virou porta brinquedos de bebê – a minha se diverte sentando no chão e tirando os brinquedos da cesta, um de cada vez.   IMG_9572

E a boa nova (talvez já nem tão nova assim) é que agora ficou fácil encontrar para comprar fio de malha prontos e em várias cores, geralmente vendidos por quilo. Os fios que usei para esta cesta são da Euroroma mas uma outra opção legal são os fios Craft da Pingouin (no caso seria o #3).

Mas se quiser reciclar camisetas velhas e fazer seus próprios fios de malha temos um post ensinando como cortar e outro mostrando como emendar.

Esta é a receita para quem quiser fazer uma para chamar de sua:

Cesta multiuso com alças
(diâmetro do fundo = 27cm, aproximadamente)

Materiais

– Fio de malha em duas cores diferentes – aproximadamente 1 kg da cor principal e 300 g da cor secundária.
– Agulha de crochê #10
– Marcador ou alfinete

Corr.: Correntinha
P.b: ponto baixo
P.bx: ponto baixíssimo

Fundo

Usando a malha na cor principal

Centro: Faça um ‘anel mágico ‘para ser o centro do fundo.

Carreira 1: 6 p.b passando por dentro do anel mágico (6)
( Nota 1: use um marcador para sinalizar o início da carreira)
( Nota 2: para fechar ao final de cada carreira, fazer um p.bx seguido de uma corr.)

Carreira 2: (2 p.b passando por dentro de cada ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (12)

Carreira 3: *(p.b no ponto da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (18)

Carreira 4: (p.b nos 2 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (24)

Carreira 5: (p.b nos 3 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (30)

Carreira 6: (p.b nos 4 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (36)

Carreira 7: (p.b nos 5 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (42)

Carreira 8: (p.b nos 6 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (48)

Carreira 9: (p.b nos 6 pontos da carreira anterior, 2 p.b no ponto da carreira anterior). Repetir até o final da carreira. (54)

Laterais

Carreira 8: p.b. em cada um dos pontos da carreira anterior pegando no meio do ponto. (54)

Carreira 9 a 16: p.b em cada um dos pontos da carreira anterior. Lembrar de, para fechar cada carreira, fazer um p.bx e uma corr. (54)

Usando o fio de cor secundária

Carreira 17: p.b em cada um dos pontos da carreira anterior. Lembrar de, para fechar cada carreira, fazer um p.bx e uma corr. (54)

Alças e arremate

Carreira 18: p.b nos primeiros 9 pontos, 9 corr., pule os próximos 9 pontos, p.b nos próximos 18 pontos, 9 corr., pule os próximos 9 pontos, p.b nos próximos 9 pontos. Feche a carreira. (54)

Carreira 19: p.b nos primeiros 9 pontos, 9 p.b passando por baixo das 9 corr.. P.b nos próximos 18 pontos, 9 p.b passando por baixo das 9 corr., p.b nos próximos 9 pontos. (54)

Feche a carreira passando o fio por dentro do último ponto. Corte o fio e arremate, escondendo a pontas do fio por dentro da trama.

IMG_9574

E a minha cesta ficou assim. A malha rende bastante e com agulha grossa dá para crochetar uma destas bem rapidinho. As cores você decide e o tamanho também. Para uma cesta maior basta adaptar a receita incluindo mais carreiras no fundo e aumentar as laterais, proporcionalmente.

Já coloquei a minha em uso e gostei tanto que estou pensando em fazer mais uma invertendo as cores. Quando os brinquedos estão espalhados pela casa é fácil recolher e jogar tudo na cestinha. Nada como uma bagunça organizada!

03 nov. 15
outros bla bla blastricô e crochê
Oficina de maxi crochê no SESC Pinheiros
por Andrea

foto_abre

Este post está entrando com algum atraso, mas não podia deixar de aparecer aqui no blog.

É que no mês passado participamos da semana Fio a fio no SESC Pinheiros, uma programação especial com oficinas e cursos dedicados as artes têxteis. O tema da nossa oficina foi um dos meus favoritos – o maxi crochê com malha! Desafio lançado, colocamos a mão na massa tecemos uma cesta utilizando os pontos básicos do crochê. Foram duas tardes super agradáveis e com produção a mil. Registramos algumas cenas da oficina, todos na maior concentração.

mosaico_sesc

A turma conseguiu, cada um com o seu conhecimento e em seu tempo, crochetar com a malha de algodão e produzir cestas multiuso para decoração. Entre muitos pontos e arremates deu para trocar muitas ideias e macetes sobre a técnica.

IMG_8819

Muito obrigada a todas as alunas e aluno que passaram duas tardes pra lá de inspiradoras crochetando conosco. E agradecemos também ao SESC Pinheiros e equipe por mais este convite incrível :).

IMG_8823

Nos próximos dias vou publicar  aqui a receita da cesta de crochê, para quem perdeu a oficina e quiser fazer sozinho ! Aguarde :).

27 jun. 14
tricô e crochê
Maxi gola em tricô de braço
por Andrea

tricode braço

Agora que esfriou tá todo mundo louco para tricotar, não é mesmo? Mas, quem nunca pegou na agulha, como faz?? Vou contar uma ótima notícia. Existe o tricô de braço, sem agulha! Sim, você ouviu certo, sem agulhas. Hoje mostraremos como usar esta técnica para fazer uma maxi gola que pode ser um primeiro projeto bem bacana para novatos quem quer aprender os fundamentos do tricô sem ter que encarar agulhas intimidantes e pontudas.

Bracinhos prontos? Aperta o play!

No video, usamos dois fios de Topp da Coats/Cisne juntos. É bem difícil achar um fio grosso nacional para fazer projetos de maxi tricô. Anos atrás ficamos apaixonadas pelo Ponto Alto mas depois de um tempo ele saiu e linha e nunca mais voltou (#todaschora).

Mas eis que surge um novelo no fim do túnel! Andamos pesquisando os fios disponíveis atualmente e achamos o Topp. Ele é uma ótima pedida de fio grosso pois vem em cores legais e toque super macio.  Mesmo assim, reparem que no video usei dois fios de Topp para dar a espessura necessária que eu queria para a gola. O preço é bem amigo, paguei 7,90 cada novelo no Rei do Armarinho.

Sem exageros, em no máximo meia hora dá para fazer uma maxi gola no braço e sair usando. O olha só que projeto versátil. Se preferir um maxi cachecol, é só trabalhar até o comprimento desejado e não unir as duas laterais ;).

As crianças também vão aprender rapidinho esta técnica. Aproveite as férias para ensinar tricô para os pequenos.

17 jun. 14
fashiontricô e crochê
Gola de tricô para pedalar no frio
por Claudia

Golona para bike

fotos: Luiz Durante

Consegui começar e terminar este projeto de tricô para este inverno em uma tarde de tricô! Foi a ideia que levei para fazer no encontrinho do dia mundial de tricô que rolou no domingo passado. Eu tinha um cachecolzão que fiz em 2011 em uma de nossas oficinas e não estava usando muito. Como a lã era boa, sem hesitar, desmanchei tudo e fiz um novelão. O que eu tinha em mente era uma golona alta e grossa que eu pudesse usar para pedalar agora no inverno.

O vento castiga no frio e cachecol nem sempre é algo prático porque fica desmanchando. A gola me pareceu algo interessante. Não planejei muito, simplesmente saí fazendo. Mas deixo a receita aqui caso alguém queira repetir.

(parênteses dramático: *infelizmente* essa lã Ponto Alto da Aslan Trends não existe mais. Uma alternativa é a Topp da Cisne, que não é tão grossa, mas pelo menos existe para vender – e em cores lindas!)

Eu fiz a gola bem alta para poder usar de três maneiras:

  • no pescoço normal
  • dobrada ao meio
  • cobrindo as orelhas e o capacete :)

Golona para bike

Vejam a receita:

Golona para bike

Veja que os pontos estão na horizontal, mas ao juntar as pontas do tricô, no pescoço eles ficarão na vertical. Na hora fiquei meio em dúvida se isso ficaria legal, mas depois de pronto eu curti o resultado. A vantagem de tricotar com linha grossa e agulha grandona (essa número 20 é da marca Serend) é que o projeto anda rápido e dá para desfazer sem dó se não estiver ficando legal (afinal, perdeu-se pouco tempo).

Sobre a receita, para as iniciantes, aqui tem dois vídeos que ajudam:

Passo 1: vídeo de como montar pontos na agulha

Passo 2: vídeo ensinando o ponto tricô

Golona para bike

Na finalização, contei com a ajuda de amigas (vantagens de se tricotar com mais pessoas, sempre tem alguém para dar uma mão naquelas horas que a gente trava). A minha xará Cláudia me relembrou como se arremata, ou seja, como se finaliza o tricô para que os pontos não escapem.

Ela também me ajudou a unir as partes, juntando a carreira inicial com a final. Foi preciso usar um fio da própria lã e uma agulha grossa de tapeçaria para fazer a emenda e prender os pontos. No meu caso (tamanho da cabeça e do capacete), 43 carreiras foram suficientes e também foi a quantidade justa que eu tinha de lã… No seu projeto, adapte para mais ou menos se for preciso ou do seu estilo :)

Golona para bike

Como terminei no próprio domingo, no encontro a gola fez o maior sucesso. Mas ainda não estreei minha golona ao vento – depois volto para contar o que achei na prática!

Página 1 de 3112345...Última