24 fev 14
fashion
DIY: enfeite de cabelo para carnaval
por Claudia

Carnaval: acessório de cabelo

Neste Carnaval, você pode fazer o seu próprio enfeite de cabelo, usando todo seu conhecimento de artes manuais. As peças que ilustram este post são uma produção do coletivo Oniguiri Tropical, trabalho recém-lançado das amigas Patrícia Toyama (Flô di Pá), Patrícia Nakamura (Paty Mimmos), Márcia Tomasini (Cuttin’ Studio) e Renata Ueda (Tupã). Neste fim de semana de ensaios e blocos carnavalescos em São Paulo, elas levaram suas criações para a rua e a gente deu uma espiada no aquecimento para mostrar como se faz.

No carnaval de 2013, a gente ensinou a fazer uma tiara de flores inspirada na Frida Khalo, você vai ver que o processo e os materiais são os mesmos.

Neste tutorial, você vai precisar de:
. acessórios para cabelo (tiara, grampo, tictac, fivela, elástico, piranha)
. flores de plástico
. folhagens de plástico
. passarinhos artificiais
. fitas de cetim
. fio de nylon
. arame

Carnaval: acessório de cabelo

O caminho é improvisar com o que tem – seja no suporte como nos enfeites. Mas se tiver uma visita programada para a 25 de Março (imagine a loucura que deve estar nesses dias pré-Carnaval), vale a pena dar um pulo nas lojas de flores artificiais e levar alguns raminhos.

Elas fizeram várias combinações inusitadas, misturando flores e frutas. Cores também vale tudo: um tom, cores complementares e mistureba total. É carnaval, né? Tá valendo…

Carnaval: acessório de cabelo

As plantas e folhagens chamam a atenção e dão mais volume ao enfeite. Se tiver materiais com brilho e leves, para fazer as vezes das plumas, também pode colocar!

Carnaval: acessório de cabelo

Os acessórios com passarinho fizeram o maior sucesso! Nesta tiara bem fina, o passarinho está apoiado em uma base de feltro e enfeitada com sianinha. A costura foi para a passarela do samba :)

Carnaval: acessório de cabelo

O pente é um outro acessório muito versátil – ele pode ser usado tanto atrás da cabeça em coques como na parte alta ou lateral. A fita de cetim, nos tons da peça, foi usada para esconder os arames e fios que prendem as folhagens e o pássaro, passando em zigzag pelos dentes do pente.

Carnaval: acessório de cabelo

Tictac também é uma boa, mas ele pede enfeites mais leves e menores. A tiara fina fica bem discreta e quase não aparece. Para prender os enfeites, arame e fio de nylon.

Carnaval: acessório de cabelo

Se a tiara for mais grossa ou com uma estampa que não orna com a sua produção, vale encapar. Aqui, a fita degradê faz parte da produção e é para ser vista mesmo!

Carnaval: acessório de cabelo

As meninas capricharam e fizeram vários enfeites para cabelo e cada peça é única.

Carnaval: acessório de cabelo

Você pode acompanhar o trabalho pela fanpage no Facebook, Instagram e acompanhar as fotos para se inspirar. Também vale ficar de olho na programação de carnaval e ir atrás dos blocos e bailes onde elas estão ou comprar o seu na lojinha online!

21 fev 14
piramos nisso
Piramos nisso: Esculturas em feltro de Irina Andreeva
por Andrea

irina_1

Menininhas sem boca que parecem estar vivas e seus gatinhos são o tema favorito da artista plástica russa Irina Andreeva. Conhecemos o surpreendente trabalho de Irina há pouco tempo e achamos que valia a pena compartilhar por aqui.

Veja só o mundo lúdico que ela cria usando apenas  fibras feltradas de lã.

irina6

irina7

Gatinhos fofos e flores estão sempre presentes nas esculturas.

irina2

 

 

irina4

Impressiona o fato que os personagens são tão expressivos  pesar e serem feitos com uma paleta de cores bem limitada, ficando sempre nos tons de cinza e neutros.

irina5

Um mundo misterioso, quieto (os personagens não têm boca e nem raiz) e muito suave.

irina8

irina-9

Um lindo trabalho autoral e um ótimo exemplo de como extrair o máximo potencial de uma técnica artesanal tradicional para fazer arte!

Achamos poucas informações sobre a artista na web mas ela possui uma págine no facebbok e um blog onde compartilha fotos de outros trabalhos encantadores.

Blog Irina Andreeva (em russo)

Facebook Nina Andreeva

19 fev 14
outras técnicas
DIY: envelope de papel fácil de fazer
por Claudia

Envelope dobrado

Descobri um jeito super prático de fazer envelopes em casa, sem usar tesoura ou cola! É tão fácil que chega a ser constrangedor. Mas é ótimo conhecer porque é uma mão na roda.

Eu gosto de comprar coisas pequenas para dar fora de hora, tipo um chocolate, uma caixa de chá, alguma coisinha que eu tenha feito. Muitas vezes nem embrulho, mas um cartãozinho vai bem e dá uma valorizada na lembrança. Estou usando bastante, por isso quis mostrar para vocês.

A ideia veio deste convite de casamento que recebi. É grandão, mas nada impede de adaptar o modelo para outros usos. Foi o que fiz!

Envelope dobrado

Você precisará de um quadrado de papel – eu usei papel de origami de 15 cm.

Desenhei o modelo no computador, mas nem precisa deixar para download porque é simples. Olhando o desenho dá para entender. O retângulo que será seu envelope está posicionado no quadrado de forma inclinada. Você só precisará fazer quatro dobras (linhas pontilhadas).

Envelope dobrado

Eu dobrei primeiro os lados opostos. As linhas precisam ficar paralelas. Usei uma régua para marcar melhor as dobras. As dobras maiores (horizontal) farão o “fecho” do envelope, então elas precisam ficar sobrepostas.

Envelope dobrado

Para o cartãozinho de dentro, vale o que você tiver em casa. Usei uma ficha catalográfica rosa, que combinou com os detalhes do papel. Depois de tudo dobrado, passei a régua de novo para assentar tudo no lugar. Repassando: as laterais opostas precisam ser paralelas perfeitas – e as que se cruzam precisam formar um ângulo de 90 graus. Ou seja, as dobras formam um retângulo no meio do papel, que é o lugar onde você vai guardar o cartãozinho.

Envelope dobrado

Para fechar, usei um adesivo de coração. Nesta foto dá para ver a diferença do antes e do depois. De um quadrado de papel para um envelopinho.

Sobre as medidas, de um quadrado de 15 cm, fiquei com um envelope de 10,5 por 8 cm. Recortei o cartãozinho um pouco menor, com 10 por 7,5 cm.

Envelope dobrado

Tirei o pó da máquina de escrever e fiz um bilhete!

Envelope dobrado

Aproveitei que estava com a mão na massa e fiz de várias cores. Assim já tenho um pequeno estoque para os próximos presentes!

Envelope dobrado

 

 

15 fev 14
craft tour
Guia Craft da 25 de Março – parte 1
por Andrea

25_craft

Ah… a Rua 25 de Março, ou apenas 25, para os íntimos! Não há outra igual no mundos virou um endereço amado/odiado pela grande maioria dos das pessoas. Amado porque tem muita coisa boa e barata, principalmente para quem procura materiais artesanais e este é o foco do nosso guia. Odiada porque é sempre super hiper cheia e percorrê-la pode ser uma aventura para os mais desavisados ou quem não curte a multidões.

Então atendendo a pedidos, principalmente de quem não mora em São Paulo, preparamos uma série de posts especiais para você tirar o melhor proveito da sua visita ao Centro mais agitado do país. Esta é a parte 1, vamos bater perna na 25?

guia25_1

Como chegar: A melhor maneira de chegar a 25 é de metrô. Desça na estação São Bento – Linha Azul,  procure a saída da Ladeira Porto Geral. Outra opção seria ir de carro, se precisar comprar coisas pesadas e deixar em algums dos estacionamentos da região. 

Melhor horário: Se você não gosta de multidões chegue cedo. Algumas lojas abrem cedo, a partir das 7h e 8h da manhã. Nem todas as lojas abrem no sábado e poucas abrem no domingo.  Procure evitar ir na 25 nas semanas que antecedem o Carnaval, Natal, e cia. Vá com antecedência.

O que vestir e o que levar: Vá com roupas e sapatos confortáveis. Tome cuidado com as bolsas e carteiras. Sem criar pânico, é sempre bom não bobear em áreas muito cheias onde quer que seja. Se for comprar muita coisa leve uma sacola ou um carrinhos com rodinhas (ou compre um por lá mesmo)  para ajudar no transporte.

guia25_2 cedo.Esta é a Vista Vista da Ladeira Porto Geral logo na saída do metrô.

A região da 25 é, na verdade, formada por várias ruas, além da 25 de Março. Fazem parte do circuito a Ladeira Porto Geral, a Abdo Schain e a Cavelheiro Basilia Jafet, além da 25 de Março propriamente dita.  Tem outras ruas p’roximas mas estas três são as principais e as que concentram a maioria das lojas de materiais para crafts.

guia25_3

Uma das características da região são estes prédios antigos, com galerias e várias lojinhas em cada um dos andares. Quando tiver tempo vale a pena entrar e descobrir novidades. Mas normalmente o que acontece é que as pessoas já vão para a 25 com a visita a uma grande loja em mente para otimizar tempo.

guia_25_bijoux

Este prédio na Ladeira Porto Geral é o meu favorito para peças de bijoux. Em cada andar você descobre muitas lojinhas que vendem peças para montagens e também tem bijous prontas. Nossa dica é subir no elevador vintage até o ultimo andar e ir descendo para passar por todas as lojas.

guia_25_correntes

Algumas lojas que vendem peças só por atacado mas a maioria também faz vendas no varejo a um preço diferente. Estas correntes são da Pink Bijoux, uma das lojas do prédio, que tem uma excelente variedade de peças para montagem.

Pink Bijoux
Ladeira Porto Geral, 106 – Centro, São Paulo
Tel: (11) 3227-4105

guia25_17

Além de bijuterias, a Ladeira Porto Geral também é famosa pelas lojas de adereços e fantasias. Se precisa produzir uma roupa de Carnaval com pouco orçamento ou até uma festa, com certeza vai achar coisas interessantes por estes lojas. Muitos boás, chapéus, máscaras, perucas e enfeites plásticos. Muito gliter, cores, plumas e purpurina.

guia25_16

Brilhos
Ladeira Porto Geral, 121 Sé – São Paulo/SP
Tels.: (11) 3229-2261 / 3311-9482 / 3227-3870

guia_25_finos

Apesar do comércio popular ser o forte da 25, a região também tem suas lojas de tecidos finos. Muita gente vai lá para comprar tecidos para fazer vestido de festa, para noivas ou madrinhas. Estas duas lojas de tecidos finos ficam em prédios meio escondidos por isso podem passar desapercebidas. Procure as plaquinhas e sinalização nas portas para não ter erro!

GJ Tecidos
Ladeira Porto Geral, N° 73 – 1°, 2° E 3° andar (3° andar  exclusivo para noivas) São Paulo/SP
Tel: (11) -3325-0000

Lotex
Rua Varnhagen, 26  – São Paulo/SP

 Tel.: (11) 3326-0900 

guia25_7

Uma das lojinhas que mais frequento na região é a Aviamentos Metrópole, que fica no térreo de uma Galeria na R Abdo Schain (paralela à 25). Apesar do espaço apertado, têm uma boa variedade de matérias de costura, inclusive materiais específicos para patchwork e quilt.  Mas não tem tecidos de algodão mas vendem apenas feltros, mantas para quilt, zíperes, botões, linhas e materiais de costura variados…

Aviamentos Metrópole
Rua Comendador Abdo Schahin, 62 Centro – São Paulo – SP
Tel: (11) 3313-1410

guia25_9

No fundo da mesma Galeria dos Aviamentos Metrópole fica esta loja especializada em botões. Pensou em um botão específico? Com certeza eles terão por lá.  Só não espere achar botões antigos como em armarinhos de bairro, aqui o forte são botões importados. Também trabalham com fivelas, materiais para sutiã, bastidores de bordado e outras miudezas.

Vandir Botões
Rua Com. Abdo Schahim, 62 Lj.07 – Centro – São Paulo – SP
Tel: (011) 3229-6190

guia25_6

Esta outra filial mais ‘chique’ da Aviamentos Metrópole, fica fora da galeria, na própria Abdo Schain. É especializada em tecidos e materiais para patchwork. Tem tecidinhos de algodão importados e é uma opção que abre aos sábados.

Metropole Tecidos
Rua Comendador Abdo Schahin, 52 
Centro – São Paulo – SP
Tel: 11 3313-1410 / 11 3228-1503

guia 25_10

Na Rua 25 de Março, quase na esquina com a ladeira Porto Geral existe uma galeria que vale a visita, a Galeria Comercial.

Esta é a visão da entrada. No térreo você irá encontrar lojas especializadas em tecido para fantasias (não vendem os aderereços prontos, estas você encontra na Ledeira Porto Geral) e uma loja de materiais para bonecos.

Subindo de elevador você encontrará mais um montão de lojas de materiais de artesanato, desde embalagens para lembrancinhas, artigos religiosos e peças para bijuterias até materiais para a confecção de perucas.

guia25_12

Estas duas lojas no térreo da Galeria são especializadas tecidos para fantasias. Muitos tules, brocados, cetins, organzas, feltros estampados e lisos, paetês, brilhos, estampadões e plastificados e cia.

Casa do Tule
Rua 25 de março, nº 641 – São Paulo/SP

Não achei o telefone :(

guia25_11

A Gaivota
R. Vinte e Cinco de Março, 641, sl 5/7 – São Paulo/SP
Fones: (11)3228-4375

guia25_13

Esta loja, no fundo da galeria, é a Puppets, especializada em material para confecção de bonecos e artesanato em geral.

É bem curinga, têm isopores, olhos de vários tamanhos, tecidos para fantasias, miniaturas para apliques, cabeças, fibra para enchimento, mini vazinhos, tintas,  material para biscuit e muito mais.

guia25_15

No fundão da Puppets você encontra ainda esta área de tecidos bem voltado para roupa de bonecos e fantasias. Tecidos sintéticos, bobyleen, tules…Nada muito caro e com cores bem legais.

Puppets
Rua 25 Março, 641 lj 10- São Paulo/SP
Tel: (11) 3311-9306

A bateção de perna deu com fome? Faça uma paradinha rápida. Um lugar clássico e em conta para se comer são os salgados árabes do Raful.

Se estiver com energia para andar um pouco mais dá para ir andando até o Mercadão Municipal.

Raful
R Comendados Abdo Schain, 118 – São Paulo/SP

Tel: 11 3229-8406

Esta primeira parte do Guia 25 de Março Craft fica por aqui. Aguardem a segunda parte com mais achados para fazer a sua visita render.

 

Página 22 de 272Primeira...2021222324...Última