11 mai 12
craft tour
Meus armarinhos favoritos em Santos, SP
por Claudia

5 armarinhos de Santos

Eu costumo ir muito para Santos, no litoral de São Paulo, nos finais de semana. E nos passeios pelos bairros e centro acabei descobrindo vários armarinhos interessantes, cada um com sua particularidade. A maioria são antigos e remetem a um tempo em que as pessoas realmente faziam as roupas em casa e precisavam dar um pulo no armarinho perto de casa para comprar uma linha que acabou, um botão que caiu ou o novo lançamento em novelos de lã. Muitos ainda tem a decoração original, com prateleiras de madeira e caixas para guardar aviamentos antigas. Existiam até mais, mas nos últimos anos vi alguns fechar, pena. Em uma tentativa de manter esta memória viva, escolhi 5 lugares que gosto de visitar. Fica a dica para quem estiver de passagem pela cidade e precisar se reabastecer. Vamos lá?

A Original
A Original fica no bairro do Gonzaga, é um armarinho antigo, meu favorito. Fica em uma galeria de rua (sim, mesmo com os shoppings elas ainda existem!), tem fachada de madeira, vitrine cheia de coisas para prestar atenção e milhões de coisas guardadas em caixas encapadas em papel craft. A administração é familiar, sempre tem um parente de alguma geração por lá atendendo – admiro muito! Bom para comprar miudezas específicas – eles se preocupam com a variedade e especificidade do estoque. Tem também muita lã e tecidos e, para quem precisa, uma máquina para bordar nomes e desenhos. A única coisa que me incomoda um pouco é que não é lugar de ficar xeretando – tem que chegar com o pedido bem específico porque funciona no sistema de balcão, por exemplo “por favor, um metro de fita de veludo azul marinho largura 2 cm”. Mas tudo bem, faz parte do clima antigo da loja, self-service é uma invenção recente.

A Original (lãs e linhas para tricô e crochê, meias, tecidos, armarinhos, artigos para presentes)
Av. Mal. Floriano Peixoto, 16 – loja 104 – Gonzaga
Santos, SP
Tel (13) 3284-1434
—————–

Armarinho Dina
Só por causa deste texto descobri que o nome verdadeiro desta loja é Dina Armarinhos. Sempre chamei de Loja Singer (por causa dos milhões de logos da Singer na fachada). É a maior loja de todas que cito aqui na lista. Minha mãe apelidou carinhosamente o lugar de mini-25-de-março. Porque realmente eles têm de tudo, para todas as técnicas, e em quantidade. A minha aquisição mais bizarra foi uma cabeça de coelho de cerâmica, dessas para quem faz bonecos com corpo de tecido. A loja tem vários corredores e é super comprida. Dá para perder horas vendo o que tem em cada canto, cada expositor, sem ninguém te encher. Muitos tecidos, fitas, botões, acessórios para todas as técnicas – de quem faz sutiã até scrapbook.

Dina Armarinhos (autorizada Singer, Janome e Sun Special)
Rua João Pessoa, 165 – Centro
Santos, SP
Tel (13) 3219-1981
www.dinaarmarinhos.com.br
—————–

Armarinho Zig Zag
O Armarinho Zig Zag fica no centro e já foi um dos meus favoritos. Hoje, eles reformaram a loja, diminuíram bem o espaço de armarinho e criaram no fundo um espaço para criar e costurar uniformes. Imagino que assim eles consigam sobreviver por mais tempo. Precisa vender muita linha e botão para conseguir se sustentar… Enfim, mas antes desta reforma, eu tinha achado preciosidades vintage por lá – fazedor de pompom da Pinguim, ponteiras para agulhas de tricô, botões bem antigos e fitas super diferentes. Hoje em dia, pelo menos eles continuaram com as fitas. Uma das maiores variedades que já encontrei. E o melhor de tudo é que elas são guardadas nestes apoios de madeira (formato de H), vendidas por metro. Demais, não? Dá gosto de manusear e escolher.

Zig-Zag (roupas profissionais e bordados computadorizados)
Rua Itororó, 47 – Centro
Santos, SP
Tel (13) 3219-4409
www.zig_zagbordadoseuniformes.com.br
—————–

Carretel do Gonzaga
Carretel do Gonzaga – este armarinho é o meu “local”, ao qual recorro nas horas de emergência. Eles trabalham em um horário bem flexível, se não me engano nos sábados fecham às 7 da noite, imaginem! A loja é bem pequetitica, mas tem um bom estoque. O que eu mais gosto lá é que eles pregam botões de pressão – e tem bastante variedade em materiais, tamanhos e cores – metal, plástico, de calça jeans. Na foto dá para ver os modelos em exposição. Outro ponto forte são os botões comuns. Estão todos expostos no balcão e ficam guardados em caixas plásticas nas prateleiras, organizados por cor – muito prático para escolher. Já comprei até linha de pipa por lá!

Carretel do Gonzaga (aviamento, bordados e conserto de roupas)
Rua Goitacazes, 26 – Gonzaga
Santos, SP
Tel (12) 3284-4648
—————–

Proplastik
Por último, a Proplastik. Não é bem um armarinho, porque o foco de lá são materiais para festas e para quem faz bolos, cupcakes, etc. Mas como é uma loja de suprimentos para quem “faz coisas”, sempre tem muitas coisas legais. Mais uma loja gigante (na verdade uma rede com 10 lojas na região) no esquema self-service. Pelo tamanho, lá tem coisas que você não acharia em uma papelaria pequena de bairro. Olha a quantidade de papel krepon (faz tempo que eu não via isso). Eles também trabalham com isopor, caixas para presentes, bicos de confeiteiro, embalagens para comidas, bandejas e até sementes a granel. Mas a descoberta que mais me impressionou foram as varas de pescar – estava esquecidas em um canto atrás da escada!

Proplastik (embalagens, festas, sacos e sacolas, ingredientes para bolos, cupcakes, etc)
Rua Floriano Peixoto, 78 (e mais 9 endereços)
Santos, SP
Tel (13) 3285-9595
www.proplastik.com.br
—————–

Me animei com este formato de dar dicas de armarinhos. Mais um motivo para eu passear por eles e ficarm xeretando… Quem sabe mais para frente não faço o mesmo com meus armarinhos favoritos de São Paulo.

05 mai 12
outros bla bla blas
Coluna Make: Encontros craft na vida real
por Andrea

Todo mundo tem!

Comidinhas deliciosas, toalha xadrez, limonada na garrafa, crianças correndo, sol bonito… Tudo isso fez parte do nosso primeiro piquenique coletivo que aconteceu em janeiro deste ano, para comemorar o aniversário de São Paulo.

Além dos elementos tradicionais de um bom piquenique, demos um toque Superziperiano ao evento. Levamos muitas agulha, linhas de tricô e uma placa perfurada de três metros – imagine uma tela de etamine pronta para receber um bordado em ponto-cruz gigante! O piquenique foi apenas um pretexto para unirmos forças com amigos e leitores do blog na produção de um maxi bordado coletivo. Trabalhamos em duplas: enquanto uma passava a agulha com lã colorida pela frente da placa outra puxava o fio por trás – cada ponto tinha um centímetro. E no borda cá borda lá, muito papo rolou, muitas amizades começaram. Depois de algumas horas, os maxi bordados ficaram prontos. Ficamos com um gosto de quero mais, tanto do bordado como do piquenique. Tanto que já estamos pensando em fazer outros, um a cada estação do ano.

Na toalha

E tem muito mais que bordado e ponto-cruz no movimento do craft coletivo. Cada vez mais as pessoas estão saindo da web e organizando encontros para criarem juntas. Hoje, o craft não precisa mais ser uma atividade solitária, a quatro paredes. Conhecemos vários grupos de tricoteiras se reúnem aqui em São Paulo para tecerem juntas muitos cachecóis, xales e meias. As mais experientes ensinam as mais novatas, cada uma tricota no seu ritmo, numa boa.

Seja tricô ou bordado, a ordem do dia é encontrar o seu grupo e criar em conjunto. É muito bacana para conhecer gente talentosa, trocar ideias e dar um up na inspiração. Se na sua cidade não existe nenhum grupo, não perca tempo e organize o seu. As redes socias são super úteis para mobilizar pessoas com interesses comuns, aproveite.

Tags de cestinha

Empolgou? Estes blogs também organizam eventos em São Paulo:

Tricô e crochê: tricotarde.com e tricoteiras.com
Patchwork e quilt moderno: spmodernquiltguild.blogspot.com
Bordados e afins: clubedoutero.blogspot.com

Se você conhece outras iniciativas de encontros coletivos que nasceram na Internet e migraram para a vida real, mande um email para nós. Ou se você mesma formou um grupo que promove encontros craft de qualquer tipo, não esqueça de nos contar.

(Obs: Este texto foi originalmente publicado a Revista Make. As fotos são do segundo piquenique coletivo do Superziper, realizado no Outono de 2012 )

03 mai 12
outros bla bla blas
O que é tão inesquecível quanto amor de mãe ? Valendo uma Singer
por Andrea

Como foi o seu primeiro contato com uma máquina de costura? O meu foi quando criança, olhando minha mãe usar a máquina dela para transformar pedaços de pano em peças de roupas incríveis para mim. E ela foi uma super inspiração para os crafts que você vêem hoje aqui no Superziper.

Em homenagem ao Dia das Mães, a Singer (nossa parceirona aqui no blog) está com um concurso cultural muito bacana e que pode ser a sua chance de ganhar um Nova Facilita 2818 – uma máquina que é super robusta e encara todo tipo de projeto criativo, seja você iniciante ou já com muitos caseados de experiência.

Para participar basta pensar numa resposta bem criativa (e até mirabolante) para a seguinte pergunta:

“O que é tão inesquecível como amor de mãe?”

Clique nesse link para responder, lá na página do concurso, no facebook. Detalhe: O nome Singer não pode estar na resposta, pois são as regras do Concurso Cultural, ok ? Aí é so escrever a sua frase e esperar o resultado. Periga uma Singer Nova Facilita 2818 bater na sua porta. Legal, né ?

Além do concurso vale sempre acompanhar o blog da Minha Singer , com a participação do Superziper e muitas dicas boas para quem curte costura e crafts em geral. E a fanpage da Minha Singer no facebook para ficar por dentrro de todas as novidades, dicas a atualizações.

29 abr 12
outros bla bla blas
Cenas do Bazar Ógente 5
por Andrea

Untitled
Ontem participamos pela segunda vez do Ógente, um bazar de marcas craft. O melhor do seu segmento Brasil, na nossa opinião. Afinal onde mais encontrar este mix de gente talentosa, trabalhos manuais de altíssimo nível e um astral lá em cima? Terminamos o sábado muito cansadas mas incrivelmente felizes.

Clicamos alguns momentos do bazar para quem não pode ir sentir o gostinho e não perder o próximo de jeito nenhum.

Untitled

Bazar bom é bazar cheio. O Ógente lotou e, o mais importante, lotou de gente boa, interessante e que curte crafts e produtos feitos à mão. Assim dá muito gosto de trabalhar o dia todo no sábado.

Untitled

Nossas vizinhas de mesa eram, mais uma vez, as sisters Pat e Pri, da Flô di Pá.

Untitled
Cabide fofo para dar o tom das criações da Costureirinha e Miss Cafeine.

Untitled

Muitas cores na arara da Sacoleira que transforma toalha plástica de mesa em bags incríveis. Kitsch chique, baby.

Untitled
Para quem gosta de crochê e peças exclusivas, tinha fofurinhas de crochê da Mimmos.

Untitled

A seleção de fantasias e acessórios para crianças estilosas, da Jojo, um primor.

Cenas do Bazar Ógente5
Rosa e Ana, mãe e filha que craftam unidas e fazem os acessórios mais incríveis com feltro e cia da Mini Arte. Somos fãs!

Agora a hora da trupe interestadual, que veio para o Ógente.

Untitled

A Lu Cotinha veio de São Lourenço ( do ateliê/estação de trem, lembra ?) e trouxe suas peças lúdicas.

 

IMG_2192

E a Suiane que trouxe a moda e o sotaque Curitibano ao evento.

Untitled

Ainda da trupe interestadual, conhecemos a Laura Pereira que faz acessórios para viagem super bem bolados. De Florianópolis para o mundo.

 

Untitled

Muita moda infantil fofa e colorida para os pequenos.

Untitled
E uma pausa para o Bolito aka Cupcake Ito, que já virou um clássico da parte comestível do evento.

Ó gente, infelizmente não conseguimos tirar foto de todo mundo para o post, peninha pois esta era a nossa intenção :( . Estava muito cheio (ainda bem) e ficou difícil sair da nossa mesa. Mas deixamos aqui os parabéns um abraço para todos os colegas bazaristas que estavam lá no Ógente 5. Muito bacana de estar junto com todos vocês.

E agradecemos a presença maciça de leitores e amigos que foram visitar o Bazar atendendo ao convite do blog e param para bater um papinho conosco.

Foi tão bom que já estamos prontas para o próximo e vocês :D ?

Página 60 de 266Primeira...5859606162...Última