15 jul 11
craft tour
Uma livraria especial em NY
por Andrea

McNally Jackson

Como qualquer cidade grande Nova Iorque é repleta de redes de lojas mas, ufa,  ainda sobra espaço para o comércio independente brilhar. Lojinhas de personalidade, que têm muito orgulho de ser um negócio único e local. Um exemplo é  a McNally Jackson, uma livraria que descobrimos bem por acaso, andando pelo beirro do Soho numa manhã. Eu disse acaso? Ou destino?

McNally Jackson

O que chamou a atenção na vitrine foi o serviço de impressão de livros self service. A gente já tinha ouvido falar  que isso existia mas nunca tinha visto  um lugar fazendo o serviço ao vivo.  É assim, você chega lá escolhe e imprime livros na hora – eles têm uma lista de títulos disponíveis. Ou  se for autor, paga para imprimir o seu próprio livro em quantidade ou disponibiliza a versão digital para as pessoas imprimirem on demand.

McNally Jackson
Esta máquina que nem é tão grande faz toda a mágica da impressão. Uma cópia do livro Ready Made 100 Projetos pode ser impressa lá, na hora, por dez dólares.

Mas ao lado da máquina é que fica área que fez a gente quase hiperventilar  de tão bacana: o café.

Desktop19-1
Reparem na parede do café, toda forrada  com páginas de livros. Viram os pedaços de madeira? São carteiras que desdobradas servem para apoiar o seu objeto na hora da leitura – pode ser um livro, revista ou tablet. Me senti  naquele filme  Sociedade dos Poetas Mortos.

IMG_2162

Livros por todos os lados. Inclusive flutuando no teto.

McNally Jackson
Eles fazem a entrega de encomendas em Manhattan usando bikes. “Entregas de livro assados diariamente”,  diz a placa.  Esta bike aí da foto realmente era usada para entregas no começo mas acabou virando objeto de decoração.

McNally Jackson

Como toda livraria legal ela também tem outras coisas além de livros. Achamos estas canecas  em formato de coruja  muto fofas e curtimos estas Postcups, uma caneca que queria ser cartão-postal. Vêm até com caneta acoplada.

McNally Jackson

Com esta moldura, o seu Kurt Vonnegut  favorito vira peça de decoração. Ideia legal e super reproduzível, certo ?  Já vi moldura enquadrar vinil  em quadro mas para livro de bolso foi a primeira vez.

McNally Jackson

Apesar de ser independente, não se trata de uma livraria pequena.  São dois andares bem amplos e completos, inclusive uma sessão infantil e outra de papelaria com uma seleção muito boa de produtos desenvolvido por  designers locais. E, claro,  muitos livros e revistas para todos os gostos,  principalmente títulos de arte e design.

Muita gente nos escreve pedindo dicas de locais legais para ir em NY. Esta livraria é um que já entrou para a nossa lista de visitas recomendadas, seja para comprar ou apenas folhear e tomar um café num lugar lindo e bacana, sem pressa.

Ah, por último o atendimento é extremamente simpático. Batemos altos papos com os vendedores e saímos de lá com vontade de voltar mil vezes. Pena que não moramos perto.

McNally Jackson

52 Prince Street  (entre a Lafayette e a  Mulberry) New York City, NY 10012

07 jul 11
casa craftoutras técnicas
Me aqueça nesse inverno!
por Claudia

Truque para acender lareira

Vou ensinar um truquezinho básico para quem tem como se aquecer com uma lareira no frio fenomenal deste inverno. Eu adoro brincar com fogo, mas nunca soube direito como manter a chama acessa com facilidade. Eu era daquelas que tinha que ficar plantada ao lago da lareira, remexendo na madeira, empurrando as brasas, colocando mais álcool, trocando as toras. Em resumo, sempre foi um processo de alta manutenção e pouco aproveitamento.

Até que eu aprendi os truques… e eles sempre existem, não é?

Trança de jornal

O mais legal (e craft) de todos é essa invenção de dobrar folhas de jornal em formato de trança, que faz a função de manter o calor na parte baixa do fogo. A lição veio dos conhecimentos de uma família irlandesa, mas acho que nem é exclusividade de lá. Esses ensinamentos correm por várias culturas, imagino que devem ser comuns em lugares frios.

Dependendo do tamanho da lareira, umas quatro ou cinco são suficientes para ajudar no começo do processo. É claro que você vai precisar também das madeiras menores e um pouco de álcool. Mas o jornal dobrado desse jeito não faz sujeira e mantém o calor por mais tempo.

É bem facinho de fazer, em 3 etapas:

– depois de dobrar o jornal, segure cada ponta com as mãos e vá puxando e folgando até que elas se separem e formem um “canudo”
– a dobra da trança é alternada, uma “perna” de cada vez, sempre passando por cima do lado que já foi dobrado. Uma vez que você pegar a manha, é tranquilo ir até o final
– reserve um pedaço das pontas para fazer o acabamento final, se você não fizer essa dobra interna, a trança se desfaz. Ah… e quanto mais justa e firme a trança, melhor.

Fizemos um passo-a-passo para quem quiser colocar em prática:

Trança de jornal: como fazer

Se você tem experiência ou quer dividir truques para fogueiras, lareiras e afins, deixe seu recado aqui nos comentários. Com a temperatura despencando, aposto que serão úteis.

06 jul 11
outros bla bla blas
Quem quer virar flickeira?
por Andrea

flickr-make2-4

Aposto que você já teve orkut e provavelmente entrou há pouco tempo para o Facebook. Mas sabia que, para quem gosta de crafts, existe uma rede social ainda mais bacana a ser explorada? Estamos falando do Flickr (pronuncia-se flí-quer). E dizemos que é bacana por experiência própria, pois completamos mais de quatro anos felizes e criativos por lá. Mas o que é o Flickr e porque é tão especial? E porque virou o queridinho no meio craft ? A gente conta.

O Flickr é uma rede social de fotos. Começou com fotógrafos e depois caiu no gosto de praticamente todo mundo, afinal, com tecnologia tão accesível, quem hoje não fotografa?

Especificamente útil para quem faz artesanato, o Flickr virou um lugar para mostrar trabalhos, conhecer gente criativa do mundo todo e buscar referências em qualquer técnica manual. Tudo através de imagens, que você compartilha, comenta, favorita e adiciona à grupos. E haja grupos. Todas as tribos estão lá: bonequeiros, as tricoteiras tradicionais e modernetes, os colecionadores de tecidos vintage, entusiatas de decoração faça-você-mesma, amigurumistas e muitos outros. E todos têm em comum a paixão por fazer trabalhos manuais e fotografá-los para compartilhar na rede.

O dia que nós aqui do Superziper descobrimos o Flickr, lá pelos meados de 2006, foi decisivo. Na época, havia poucos brasileiros e as páginas eram todas em inglês. Mas mesmo assim ficávamos tão empolgadas sobre os trabalhos que víamos na rede que passávamos horas e horas favoritando e fazendo comentários. Com o passar do tempo, o Flickr cresceu e ganhou uma versão em português. Ai é que as crafters brasileiras invadiram de vez a área. Ganharam até apelido, as Flickeiras!

Para estar no Flickr é importante prestar atenção na qualidade de fotos. Nada de fazer um trabalho lindo e fotografá-lo desfocado. Vale caprichar na luz (natural é sempre melhor), na produção e no enquadramento. Uma boa imagem diz muito mais que palavras e isso vale muito para o Flickr.

Como toda rede social é bacana lembrar de algumas regrinhas de netiqueta. Se amou o trabalho de algum membro, sempre deixe um comentário simpático antes de adicionar. Não é de bom tom favoritar muitas de fotos de alguém sem ter ao menos algumas fotos próprias. Pior ainda é fazer comentários perguntando o preço – no Flickr vendas são proibidas e podem causar o cancelamento da sua conta.

No mais, crafts numa mão e câmera na outra, se jogue no Flickr que vale muito a pena. Dá pra começar com uma conta gratuita (com limite de fotos) e só depois partir para um plano pago.

E não esqueça de dar um add na gente por lá .

(Texto original publicado na revista Make, em Junho de 2011)

04 jul 11
outros bla bla blas
Visita à Mega Artesanal 2011
por Andrea

IMG_3450

Sábado visitamos mais uma edição da Mega Artesanal, a maior feira brasileira de materiais de artesanato e afins. Como vocês sabem, trata-se de um evento imenso, quase uma rave, que tem para todos os gostos e técnicas. É muita informação e inspiração num lugar só, o grande segredo é saber olhar e processar tudo aquilo.

Ao visitar a Mega por mais um ano consecutivo, a sensação  que tenho é que materiais e equipamentos não faltam mais aqui no Brasil. A gente já tem acesso à tudo então bora lá caprichar para criar trabalhos originais e de qualidade.

Aí em cima eu e a Cláudia na frente do estade da Revista Make, comandado pela querida Rita Paiva. Tava um clima ótimo, um point! Todo mundo se encontrando por lá, crafters amigos, leitoras queridas da revista e do blog. Difícil foi sair pois quando junta gente criativa é assim mesmo, o papo nunca termina.
Atualizados recentemente14

O tema deste ano foi MAKE LOVE (adoramos) e o espaço estava repleto de corações vermelhos. A parede foi produção da Rita. As almofadas LOVE são um kit  da Lu Gastal,  com letras gigante em  tecido, já prontas para encher.

Lá no estande da Make rolaram também demonstrações de técnicas como feltragem e silk screen.

IMG_3425

Que orgulho estar nesta parede ♥ . Curtiram a foto do pratinho?

Atualizados recentemente13

E já que o assunto é parede… Uma parede de azulejos?  Errou ! Trata-se de tecido adesivo *imitando* azulejo.

Não é o máximo para dar um up rápido na casa sem ter que chamar o pedreiro para quebrar tudo ? São da Floc e dá para comprar pacotes com 12 azulejos de tecido com estampas sortidas. Um dos produtos mais bacanas que vimos na nossa visita deste ano.

Atualizados recentemente10

Outro destaque da Mega foi a Casa Mega de Ideias. De todos os ambientes o que mais tinha a nossa cara era a cozinha da Flávia Ferrari, do  blog Decoracasa.  Super crafty e cheia de ideias para fazer sem gastar muito.

♥ Penduradores de parede com base de madeira. ‘Cake’ feito em letras Compactor  e com colheres de chá (de verdade) dobradas. Chama o Uri Geller !

♥ A caixa de madeira pintada  é sempre um clássico craft. Na região do CEASA  aqui em São Paulo você encontra pilhas destas caixas na rua.

♥ Vidros para açúcar  aromatizado. Os rótulos vêm prontinhos na primeira edição da Manual, a nova revista da Flávia, cheia de boas ideias para decorar seu cafofo. A receita do açúcar com limão a gente ensinou aqui mesmo no Superziper.

Atualizados recentemente11

E estas sainhas de papel para cupcakes ?  Fazem toda a diferença numa produção mais festiva. São da marca americana Wilton, mas dá pra adaptar a ideia para um DIY.

Mega Artesanal 2011

Bike e pneus coloridos, lousa mural de recados e até uma janela antiga que foi hackeada para virar lousa + revisteiro.

Quer ver mais? Subimos um álbum no Flickr com mais fotos da visita.

E por fim, ficamos super felizes com todas as leitoras carinhosas que apareceram lá na Make  para papear consoco. Tão bom  conhecer pessoalmente todas vocês depois de todos estes anos postando e craftando juntas. Rolaram até alguns momentos emocionantes nos encontros, quem estava lá viu.

Que venha a Mega 2012!

 

Página 80 de 268Primeira...7879808182...Última